Iniciativa do Semasa foi reconhecida pela Associação Internacional de Cidades Educadoras

Santo André, 24 de maio de 2024 – Educação ambiental para além das fronteiras de Santo André, com reconhecimento mundial. A Prefeitura de Santo André, por meio do Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André), recebeu nesta sexta-feira (24) o Prêmio Internacional Cidades Educadoras 2024, pelo projeto Água, Câmera e Ação.

O prêmio foi recebido pelo prefeito Paulo Serra, presente no Congresso Internacional das Cidades Educadoras, que acontece em Curitiba (PR). O superintendente do Semasa, Ajan Marques de Oliveira, também participou da cerimônia.

Para o prefeito, o Água, Câmera e Ação traz, além da questão educacional um outro ponto primordial, que é a gestão e a educação ambiental. Durante o discurso da premiação, Paulo Serra ressaltou que Santo André foi uma das primeiras cidades do Brasil a levantar a pauta ambiental, o que demonstra o compromisso com diversas políticas públicas de resiliência e sustentabilidade. “Somos a única cidade do Brasil premiada com esta certificação. Esse projeto traz um componente importante, mais especial ainda, que é o pertencimento, o sentimento que as pessoas passaram a ter de enxergar a cidade como uma extensão da nossa casa, criando uma cidade única, com uma qualidade de vida cada vez melhor”, diz.

Santo André dividiu o palco do congresso com outras duas iniciativas, que também foram premiadas, uma da Cidade do México (México) e outra de Odivelas (Portugal). O trabalho inscrito pelo Semasa concorreu com outras 66 candidaturas de 11 países e 55 cidades.

“É um orgulho muito grande poder estar aqui, recebendo este reconhecimento por uma iniciativa de educação ambiental. Só tenho a agradecer e parabenizar a toda equipe envolvida e que fez deste projeto um grande sucesso”, elogia o superintendente da autarquia, Ajan Marques de Oliveira.

Além da premiação, a gerente de educação e mobilização ambiental do Semasa e coordenadora do projeto, Elaine Cristina da Silva Colin, apresentou os resultados do trabalho também nesta sexta-feira, em um painel compartilhado com outras experiências do Brasil, México e Portugal.

“Para nós é uma alegria estar aqui compartilhando e conhecendo outras experiências. Observamos que os desafios são similares, mas que a educação ambiental pode transformar o mundo em diversas formas. Que outras cidades se sintam inspiradas pelas ações que desenvolvemos em Santo André”, diz Elaine.

Sobre o projeto – O Água, Câmera e Ação foi promovido entre 2020 e 2022 com recursos do Fehidro (Fundo Estadual de Recursos Hídricos do Estado de São Paulo) e contou com apoio e parcerias em diversas frentes, entre as quais a Secretaria Estadual de Educação, o Instituto Cultural Social Brasil e a Secretaria Municipal de Educação.

Ao longo do projeto, os jovens participaram de três módulos formativos que envolviam conhecimentos e práticas sobre meio ambiente, recursos hídricos, audiovisual e empreendedorismo digital. No total, foram 48 curtas-metragens produzidos e 12 making-ofs. O Semasa também promoveu diversos cinedebates, com apresentação das produções e bate-papo sobre as temáticas de sustentabilidade e recursos hídricos. O encontro final ocorreu em formato de seminário, que contou com a presença de 150 pessoas.

O Água, Câmera e Ação também ganhou um livro, lançado em março deste ano, e que traz a trajetória completa da iniciativa, compartilhando os acertos e dificuldades ao longo do desenvolvimento das atividades.

Todas as informações estão disponíveis no site www.semasa.sp.gov.br/aca e a playlist com os vídeos produzidos está no YouTube da autarquia, no link http://bit.ly/youtubesemasa.

Aice – A Associação Internacional de Cidades Educadoras (Aice) é uma organização sem fins lucrativos, constituída como uma estrutura permanente para a colaboração entre os governos locais comprometidos com a Carta das Cidades Educadoras, que é o roteiro utilizado pelos municípios que integram o grupo.

A sede em Barcelona é responsável pelo suporte e monitoramento das cidades educadoras, faz a adesão de novos municípios, divulga experiências, além de apoiar e acompanhar a cidade que sedia o Congresso Internacional de Cidades Educadoras.

Santo André é cidade-membro da Aice desde 2006, conforme Lei Nº 8.870/2006, sob responsabilidade da Secretaria de Educação.

Mais informações sobre a Associação Internacional de Cidades Educadoras estão disponíveis no site https://www.edcities.org/pt/.

Educação – A Secretaria de Educação de Santo André também participou do congresso. Na última quarta-feira (22), entre os painéis apresentados no espaço Diálogo Direto, foram destacadas as ações dos 12 Centros Educacionais de Santo André (Cesas), reforçando o foco dos equipamentos no desenvolvimento integral dos alunos e comunidade, além de atividades sistematizadas como recreação, ludicidade, esporte, cultura, artes, meio ambiente e cultura de paz com caráter pedagógico.

Na ocasião, representaram a pasta a secretária de Educação, Erica Ferreira, o gerente dos Cesas, Márcio Fernando Ribeiro, a assistente pedagógica, Daniela Assensio Galdi, e Vilma Moreira, responsável técnica de Santo André na Associação Internacional de Cidades Educadoras.

Educação Ambiental

Iniciativa do Semasa foi reconhecida pela Associação Internacional de Cidades Educadoras Santo André, 24 de maio de 2024 – Educação ambiental para além das fronteiras de Santo André, com reconhecimento mundial. A Prefeitura de Santo André, por meio do Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André), recebeu nesta sexta-feira (24) o Prêmio Internacional Cidades Educadoras 2024, pelo projeto Água, Câmera e Ação. O prêmio foi recebido pelo prefeito Paulo Serra, presente no Congresso Internacional das Cidades Educadoras, que acontece em Curitiba (PR). O superintendente do Semasa, Ajan Marques de Oliveira, também participou da cerimônia. Para o prefeito, o Água, Câmera e Ação traz, além da questão educacional um outro ponto primordial, que é a gestão e a educação ambiental. Durante o discurso da premiação, Paulo Serra ressaltou que Santo André foi uma das primeiras cidades do Brasil a levantar a pauta ambiental, o que demonstra o compromisso com diversas políticas públicas de resiliência e sustentabilidade. “Somos a única cidade do Brasil premiada com esta certificação. Esse projeto traz um componente importante, mais especial ainda, que é o pertencimento, o sentimento que as pessoas passaram a ter de enxergar a cidade como uma extensão da nossa casa, criando...

Leia mais

Evento do Semasa visa estimular a criatividade e contato das crianças com a natureza Santo André, 22 de maio de 2024 – A equipe da Gerência de Educação e Mobilização Ambiental do Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) promove no próximo domingo (26) uma agenda cheia de atividades e brincadeiras em celebração à Semana Mundial do Brincar. O evento ocorrerá no Parque do Pedroso, das 9h às 11h e das 14h às 16h, e terá contação de histórias, brincadeiras com água e elementos naturais além de outras ações, garantindo que todas as crianças possam desfrutar plenamente do brincar ao ar livre. Além de proporcionar momentos de alegria, as atividades oferecem uma oportunidade única para explorar a natureza, estimular os sentidos, a criatividade e desenvolver habilidades motoras. Brincar ao ar livre também alimenta a imaginação, permitindo que os pequenos criem seus próprios jogos e aventuras. Estudos apontam que o contato com a natureza também é benéfico por permitir um estilo de vida mais saudável, além de contribuir para o desenvolvimento cognitivo, emocional e social das crianças. A Semana Mundial do Brincar é promovida no Brasil pela Aliança pela Infância no Brasil. Neste ano, o evento chega à...

Leia mais

  Ação do Governo Federal está na 13ª edição e produções andreenses foram escolhidas entre iniciativas de todo o país Santo André, 15 de maio de 2024 – De Santo André para todo o Brasil. Três curtas-metragens do projeto Água, Câmera e Ação, realizado pelo Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André), foram selecionados para integrar as produções da Mostra Circuito Tela Verde, ação promovida pelo Ministério do Meio Ambiente e Mudança do Clima (MMA) e que chega em sua 13ª edição. Ao longo do Água, Câmera e Ação foram desenvolvidos 48 vídeos, sendo os filmes ‘Água e Gênero’, ‘Mancha Urbana’ e ‘Reflorestar’ os escolhidos para serem exibidos nas salas verdes e outros espaços exibidores que serão selecionados pelo Governo Federal até o final do mês de maio. O objetivo do Circuito Tela Verde é divulgar, estimular e promover atividades de educação ambiental, por meio do audiovisual, a partir de produções sobre temáticas socioambientais. No total, o MMA selecionou 48 filmes de 17 estados e o Distrito Federal com temas sobre florestas, ambiente urbano, biodiversidade e povos e comunidades tradicionais. A seleção dos curtas do projeto Água, Câmera e Ação pelo Circuito Tela Verde contribui com o...

Leia mais

  Evento de saneamento ocorre no fim deste mês em Ribeirão Preto Santo André, 7 de maio de 2024 – Multiplicar as boas práticas de gestão pública voltadas ao manejo de resíduos sólidos e à educação ambiental, e compartilhar conhecimento com outras cidades do país são os objetivos das apresentações que os técnicos do Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) farão durante o 52º Congresso Nacional da Assemae (Associação Nacional dos Serviços Municipais de Saneamento). O evento ocorre entre os dias 20 e 24 de maio em Ribeirão Preto, interior de São Paulo. Os dois trabalhos inscritos pela autarquia foram selecionados pela comissão da entidade para apresentações orais durante os dias de evento. Esta é mais uma oportunidade do Semasa mostrar as iniciativas de sucesso desenvolvidas em solo andreense. O primeiro projeto a ser apresentado traz a trajetória do trabalho técnico socioambiental desenvolvido pela Gerência de Educação e Mobilização Ambiental do Semasa na execução dos dez novos ecopontos do município. Entre as atividades desenvolvidas durante os trabalhos, destacam-se a pesquisa para compreender os hábitos da população sobre o descarte de resíduos e a formação com cooperados sobre manejo de resíduos eletroeletrônicos. O segundo trabalho trata dos...

Leia mais

Ações ocorrem ao longo do mês de abril, em comemoração ao aniversário de 471 anos de Santo André Santo André, 4 de abril de 2024 – Para celebrar o aniversário de Santo André, o Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André), por meio da Gerência de Educação e Mobilização Ambiental, promove diversas atividades gratuitas ao longo do mês. São minicursos e oficinas que têm o objetivo de tornar os cidadãos cada vez mais engajados com as causas ambientais, ajudando a construir uma cidade mais sustentável. As ações começam no dia 12 (sexta-feira), com os minicursos “Mata Atlântica: encantos, desafios e oportunidades”, que ocorre de forma híbrida e traz uma visão abrangente deste bioma; “De flor em flor: a importância dos polinizadores”, atividade totalmente on-line para ressaltar a importância da conservação dos animais polinizadores para um ecossistema saudável; e uma visita guiada de percepção ambiental ao Parque Natural do Pedroso, que destaca os benefícios da reconexão com a natureza e a importância de preservar a Unidade de Conservação. Na segunda quinzena do mês, outras oficinas e minicursos serão realizados com diferentes temas. A primeira é a oficina “Nossa mata e seus frutos: curiosidades e usos do cambuci”, que...

Leia mais

Iniciativa de educomunicação do Semasa foi recentemente premiada pela Associação Internacional das Cidades Educadoras Santo André, 27 de março de 2024 – Para compartilhar a experiência de Santo André no desenvolvimento e na trajetória do projeto Água, Câmera e Ação, o Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) lançou nesta quarta-feira (27) um livro sobre o trabalho e os resultados do projeto. A publicação “Água, Câmera e Ação, o futuro da água é agora! Uma experiência de educomunicação socioambiental em Santo André” completa o ciclo de reconhecimentos da iniciativa, que foi recentemente premiada como uma das três melhores no Prêmio Internacional Cidades Educadoras. O Água, Câmera e Ação foi promovido pela Gerência de Educação e Mobilização Ambiental do Semasa entre 2020 e 2022 com recursos do Fehidro (Fundo Estadual de Recursos Hídricos do Estado de São Paulo) e teve a participação efetiva de 325 jovens andreenses. O evento de lançamento ocorreu em formato de sarau, com a participação de estudantes do curso técnico de meio ambiente da Etec (Escola Técnica Estadual) Júlio de Mesquita, servidores, moradores e os diversos autores do livro. “A educação ambiental é a principal ferramenta para a transformação do mundo e da sociedade...

Leia mais