17/07/2022 Programa de saneamento e infraestrutura de Santo André é referência internacional

Representantes da CAF, o Banco de Desenvolvimento da América Latina, vieram nesta sexta conhecer as obras do Programa Sanear Santo André, financiado em US$ 50 milhões

Santo André, 27 de maio de 2022 – O Sanear Santo André, um dos maiores programas de saneamento, combate às enchentes e infraestrutura urbana da história do município, é referência internacional. O reconhecimento ocorreu nesta sexta-feira (27) por representantes da CAF (Banco de Desenvolvimento da América Latina), que vieram ao município para conhecer as obras em andamento e já finalizadas. O programa recebe financiamento de US$ 50 milhões pela instituição. Como contrapartida, Santo André investirá mais US$ 12,5 milhões em melhorias.

“Mais uma vez, recebemos um reconhecimento internacional pelas boas práticas de gestão. Hoje, dirigentes da CAF vieram conhecer as obras realizadas na cidade. Com trabalho e planejamento, estamos construindo uma Santo André que dá certo, onde os investimentos chegam à nossa gente, através de melhorias e obras”, afirma o prefeito Paulo Serra.

O prefeito recebeu a comitiva técnica do banco para visitar o Complexo Viário Cassaquera –  a primeira intervenção  executada, com coordenação do Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) – e a Estação de Coleta Ana Maria, a primeira unidade a ser implantada dentro do pacote de obras que contempla a construção de mais dez ecopontos.

“Para a CAF, como Banco de Desenvolvimento da América Latina, é muito gratificante poder ver as obras, os resultados e que a população está recebendo benefícios para melhorar a qualidade de vida. Santo André é um exemplo para outros municípios do Brasil e da América Latina”, destaca o representante da CAF no Brasil, Jaime Manuel Holguín Torres.

O Complexo Viário Cassaquera era aguardado há mais de 30 anos pelos moradores dos bairros Vila Homero Thon, Centreville e Parque Gerassi. As intervenções, que começaram em junho de 2020 e foram entregues em janeiro deste ano, envolveram a construção de uma nova avenida na Professor Luiz Ignácio de Anhaia Mello, canalização do córrego Cassaquera, entre outras obras.

Foram realizados implantação de diversos dispositivos de drenagem para melhorar o escoamento da água da chuva e diminuir a ocorrência de enchentes e alagamentos, instalação de iluminação de LED, construção de calçadas largas e com acessibilidade, faixa para ciclistas, projeto paisagístico e plantio de cerca de 700 árvores, arbustos e plantas na região, além da construção de duas travessias para motoristas e pedestres. Os quase dois quilômetros do córrego Cassaquera que foram canalizados também receberam obras de coleta e tratamento de esgoto, contribuindo para a despoluição do canal e a melhora da qualidade de vida da população.

Estações de Coleta – Em junho, Santo André iniciará a construção de mais três Estações de Coleta, localizadas nos bairros Centro, Jardim Alvorada e Jardim Cristiane. Atualmente, além da Estação de Coleta Ana Maria, ocorrem as obras dos ecopontos Bangu e Palmeiras. A previsão é de que a partir de novembro os dez novos equipamentos públicos já estejam em funcionamento, contribuindo para ampliar a coleta seletiva e diminuir pontos de descarte irregular de resíduos. No site do Programa Sanear Santo André (www.semasa.sp.gov.br/sanearsantoandre) é possível consultar o endereço de todas as unidades.

Próximas obras e ações – A Prefeitura de Santo André, por meio da Secretaria de Manutenção e Serviços Urbanos, está finalizando o projeto executivo do piscinão subterrâneo do Parque da Juventude, com expectativa de iniciar a construção do reservatório de detenção até o começo de 2023. O piscinão será o maior equipamento municipal, sendo fundamental para minimizar a possibilidade de ocorrer o transbordamento do córrego Guarará, problema histórico da cidade.

Em junho, a Prefeitura e o Semasa vão lançar um livro sobre o trabalho e a vida de catadores autônomos de materiais recicláveis, fruto do diagnóstico realizado para mapear a quantidade de pessoas que recolhem resíduos recicláveis pelas ruas do município e trabalham com a compra e venda desses materiais. Além disso, nas próximas semanas, começam as primeiras intervenções do Programa Sanear Santo André para ampliar e modernizar o sistema de monitoramento e alerta de chuva do município, com a instalação de mais 25 câmeras para monitorar os córregos da cidade e o rio Tamanduateí.

O município também está desenvolvendo o projeto básico para construir uma nova Central de Triagem de Resíduos Recicláveis, espaço para abrigar as duas cooperativas de reciclagem que atuam no município. O novo galpão terá equipamentos mais modernos e que atendam às necessidades atuais dos cooperados. O projeto prevê o processamento de 35 toneladas por dia de resíduos secos, com três turnos de trabalho.

ImprimirGerar PDFEnvie para um amigo

NOTÍCIAS

Santo André recebe drive-thru para descarte de eletroeletrônicos, pilhas, baterias e lâmpadas

27/02/2024: Santo André recebe drive-thru para descarte de eletroeletrônicos, pilhas, baterias e lâmpadas

Ação do Semasa, que chega à quarta edição, será realizada nos dias 1º e 2 de março, no Paço Municipal Santo André, 27 de fevereiro de 2024 – Para estimular o descarte correto de resíduos eletroeletrônicos, pilhas, baterias e lâmpadas fluorescentes, o Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André), em parceria com a Green Eletron e a Reciclus, realiza a quarta edição do Drive-thru Sustentável na sexta-feira (1º) e no sábado (2), das 9h às 16h. Ao...

Semasa flagra crime ambiental em área do Parque do Pedroso

24/02/2024: Semasa flagra crime ambiental em área do Parque do Pedroso

Autarquia monitorava denúncia de descarte irregular e movimentação de terra; ação contou com apoio da GCM Vídeo: https://we.tl/t-fqXoWC0rjG   Santo André, 24 de fevereiro de 2024 – Uma área verde pertencente ao Parque Natural Municipal do Pedroso, no Recreio da Borda do Campo, em Santo André, foi alvo de crime ambiental de descarte irregular de resíduos de construção civil, movimentação de terra, aterro de vale e supressão de vegetação, além da perturbação e danos à fauna silvestre.   O local...

Portal de educação ambiental do Semasa ultrapassa fronteiras e tem acesso em 16 países

15/02/2024: Portal de educação ambiental do Semasa ultrapassa fronteiras e tem acesso em 16 países

Hendu foi criado em 2020 para sensibilizar o público infantil sobre as questões ambientais e estimular o contato com a natureza Santo André, 15 de fevereiro de 2024 – O portal Hendu, espaço de educação e sensibilização ambiental do Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André), ganhou notoriedade nacional e internacional. A plataforma já é acessada em 14 estados brasileiros, além do Distrito Federal, e em 16 países. Lançado em 5 de junho de 2021 para que...

Santo André vence prêmio Cidades Educadoras com projeto de educação ambiental do Semasa

09/02/2024: Santo André vence prêmio Cidades Educadoras com projeto de educação ambiental do Semasa

Trabalho andreense foi reconhecido junto a iniciativas do México e de Portugal Santo André, 8 de fevereiro de 2024 – Sensibilização ambiental, participação e respeito pelo planeta. Estes e outros atributos estão presentes no projeto Água, Câmera e Ação, iniciativa realizada pela Gerência de Educação Ambiental do Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) e que acaba de ser premiada como uma das três melhores no Prêmio Internacional Cidades Educadoras 2024. O trabalho concorreu com outras 66...