11/11/2021 Estudo de catadores subsidiará políticas públicas em Santo André

Semasa está desenvolvendo pesquisa para mapear o contingente de pessoas que recolhem e comercializam recicláveis no município

Santo André, 11 de novembro de 2021 –  Santo André iniciou nesta quinta-feira (11) uma pesquisa de campo que visa mapear o contingente de pessoas que recolhem recicláveis pelas ruas do município e trabalham com a compra e venda desses materiais, a exemplo de profissionais que atuam em ferro velho. É uma iniciativa realizada pelo Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) para que a cidade possa criar políticas públicas e compreender o cenário e o fluxo de comercialização de resíduos secos.

“O estudo de catadores informais possibilitará a atuação integrada de diversos setores da administração municipal, permitindo que Santo André crie ações e projetos de assistência social, saúde pública, cuidado e bem-estar animal, economia solidária, qualificação dos profissionais e empreendedorismo”, afirma a primeira-dama e presidente do Fundo Social de Solidariedade da Prefeitura de Santo André, Ana Carolina Barreto Serra.

O diagnóstico também é uma importante ferramenta para que a cidade possa inserir os profissionais no mercado formal de triagem e venda de recicláveis. “Queremos trazer mais dignidade para os catadores e fazer com que eles possam trabalhar em melhores condições. Por isso, a nossa ideia é que os profissionais possam sair da informalidade e atuar nas cooperativas de reciclagem do município”, explica o superintendente do Semasa, Gilvan Junior. Com o estudo em mãos, a autarquia projeta criar a terceira cooperativa de Santo André.

O estudo, que será realizado em todos os bairros, vai possibilitar que a cidade possa traçar o panorama completo do perfil socioeconômico dos catadores, da renda, faixa-etária, etnia, sexo, escolaridade, sistema de coleta de setores do município, sistema de compra e venda de recicláveis, além de diversas outras informações. A pesquisa ainda permitirá o fortalecimento de políticas públicas para a causa animal, já que o levantamento inclui perguntas como quantidade de bichos de estimação, cobertura vacinal, alimentação e etc.

Com investimento de R$ 169 mil e prazo estimado de seis meses, o estudo de catadores informais é desenvolvido pelo Semasa por meio do Programa Sanear Santo André, que inclui intervenções para otimizar a gestão de resíduos sólidos, ampliar a coleta seletiva e diminuir e até mesmo combater pontos de descarte irregular de lixo.

O programa prevê a construção de mais 20 Estações de Coleta e de um Centro de Controle Operacional – espaço que reunirá câmeras de segurança instaladas nos ecopontos, software de gerenciamento, dentre outras intervenções de infraestrutura.

ImprimirGerar PDFEnvie para um amigo

NOTÍCIAS

Moeda Verde concorre a Prêmio de Tecnologia Social da Fundação Banco do Brasil

14/06/2024: Moeda Verde concorre a Prêmio de Tecnologia Social da Fundação Banco do Brasil

Projetos finalistas estão sendo avaliados por meio de votação popular Santo André, 13 de junho de 2024 – O Programa Moeda Verde é finalista em mais um grande prêmio nacional. Depois de vencer as premiações InovaCidade 2024, ser eleito o segundo melhor programa do Brasil com o Prêmio RAPS de Inovação e Sustentabilidade e integrar o pacote de ações de sustentabilidade que garantiu o bicampeonato de Santo André no Prêmio Band Cidades Excelentes, desta vez a iniciativa que une...

Santo André recebe Prêmio Governador Franco Montoro por projeto ambiental de agricultura urbana

05/06/2024: Santo André recebe Prêmio Governador Franco Montoro por projeto ambiental de agricultura urbana

Solenidade em comemoração ao Dia Mundial do Meio Ambiente reconheceu iniciativas de 19 cidades do Estado Santo André, 5 de junho de 2024 – No Dia Mundial do Meio Ambiente, data celebrada oficialmente nesta quarta-feira (5), Santo André foi premiada pelo Governo do Estado pelo projeto ambiental “Quintal Verde”, desenvolvido pelo Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) com apoio do Núcleo de Inovação Social, e voltado à agricultura urbana, compostagem e educação ambiental. A entrega do...

Santo André é premiada pelo Instituto Trata Brasil por investimento em saneamento básico

28/05/2024: Santo André é premiada pelo Instituto Trata Brasil por investimento em saneamento básico

Município foi destaque na categoria “Investimentos por habitante” Santo André, 27 de maio de 2024 – Santo André é novamente destaque no cenário nacional. Nesta segunda-feira (27), o município foi premiado pelo Instituto Trata Brasil na categoria “Investimentos por habitante”, comprovando o compromisso em atender às metas previstas pelo Plano Nacional de Saneamento Básico (Plansab) e levar qualidade de vida à população. O evento, 8ª edição do Prêmio Casos de Sucesso, ocorreu na sede da Fundação Getúlio Vargas (FGV),...

Comunidades atendidas pelo Moeda Verde recebem representantes de Campinas e Parauapebas

27/05/2024: Comunidades atendidas pelo Moeda Verde recebem representantes de Campinas e Parauapebas

Objetivo da troca de experiências é implementar ações similares nestas cidades Santo André, 24 de maio de 2024 – Mais uma vez, o interesse em expandir ações semelhantes ao programa Moeda Verde, que troca resíduos recicláveis por alimentos hórtifrutis, despertou interesse de outros municípios. Nesta quinta e sexta-feira (23 e 24), Santo André recebeu a visita de dois representantes interessados em implementar ação socioambiental semelhante em suas respectivas cidades. O deputado estadual por Campinas (SP), Rafael Zambaldi, participou da...