05/08/2021 Moradores de Santo André poderão descartar gesso na Estação de Coleta Antonina

Resíduo será encaminhado à empresa parceira para destinação e reaproveitamento ambientalmente correto

Santo André, 5 de agosto de 2021 – O Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) começa a receber nesta sexta-feira (6/8), na Estação de Coleta Antonina, resíduos de gesso descartados pela população andreense. Cada morador poderá levar até 1m³ de gesso, ou o equivalente a dez sacos de lixo de 100 litros.

A iniciativa vai funcionar em caráter experimental por 30 dias, mas a expectativa da autarquia é que até o final do ano seja celebrado um convênio com empresas interessadas para expandir a recepção deste tipo de resíduo para, pelo menos, mais dois ecopontos – totalizando três espaços na cidade aptos a receber o descarte deste tipo de produto. O período piloto visa testar a adesão dos moradores e a viabilidade de implantação da coleta.

O superintendente do Semasa, Gilvan Junior, destaca que a iniciativa é fundamental para o meio ambiente, já que o gesso pode contaminar o solo e água – quando descartado incorretamente. “Este é mais um passo importante para a gestão de resíduos sólidos da nossa cidade, e que ocorre com o importante apoio da iniciativa privada, pois ao viabilizar o recebimento deste material nas nossas Estações de Coleta estamos contribuindo para a redução do descarte irregular de lixo nas ruas”, completa.

Neste primeiro momento, a parceria ocorre com a Multiplus, recicladora de gesso e responsável pela destinação e logística reversa destes materiais. Tanto a disponibilização da caçamba própria, quanto à retirada, transporte e reciclagem do resíduo será de responsabilidade da empresa. A empresa faz o processamento do material que pode servir a três nichos de mercado, como matéria prima para empresas cimenteiras, utilização em fertilizantes agrícolas ou mesmo no processo de fabricação do próprio gesso.

O diretor de resíduos sólidos do Semasa, Edinilson Ferreira dos Santos explica que a cidade ainda não tinha uma alternativa para recepção e destinação adequada deste material, pois a reciclagem em grande escala do gesso só passou a ocorrer recentemente por empresas especializadas.  “O Aterro Sanitário não pode recepcionar este tipo de produto, por isso procuramos uma empresa que pudesse dar a destinação ambiental correta para este resíduo, cumprindo mais uma etapa da Política Nacional de Resíduos Sólidos. É uma conquista para cidade e para a própria população”, diz.

Além de munícipes, poderão descartar até 1m³ de gesso os pequenos profissionais do ramo (gesseiros), que atuam em Santo André. O volume é o mesmo já permitido para outros materiais aceitos nas Estações de Coleta. Para realizar a destinação no ecoponto, o gesso deverá estar livre de outros materiais, como cimento ou azulejos.

Futuramente, o Semasa estuda ainda o atendimento a grandes geradores. Neste momento, caso haja interesse em grandes geradores realizarem a destinação junto à autarquia, é necessário que o interessado envie uma mensagem pelo Fale Conosco, disponível no site www.semasa.sp.gov.br.

ImprimirGerar PDFEnvie para um amigo

NOTÍCIAS

Moeda Verde concorre a Prêmio de Tecnologia Social da Fundação Banco do Brasil

14/06/2024: Moeda Verde concorre a Prêmio de Tecnologia Social da Fundação Banco do Brasil

Projetos finalistas estão sendo avaliados por meio de votação popular Santo André, 13 de junho de 2024 – O Programa Moeda Verde é finalista em mais um grande prêmio nacional. Depois de vencer as premiações InovaCidade 2024, ser eleito o segundo melhor programa do Brasil com o Prêmio RAPS de Inovação e Sustentabilidade e integrar o pacote de ações de sustentabilidade que garantiu o bicampeonato de Santo André no Prêmio Band Cidades Excelentes, desta vez a iniciativa que une...

Santo André recebe Prêmio Governador Franco Montoro por projeto ambiental de agricultura urbana

05/06/2024: Santo André recebe Prêmio Governador Franco Montoro por projeto ambiental de agricultura urbana

Solenidade em comemoração ao Dia Mundial do Meio Ambiente reconheceu iniciativas de 19 cidades do Estado Santo André, 5 de junho de 2024 – No Dia Mundial do Meio Ambiente, data celebrada oficialmente nesta quarta-feira (5), Santo André foi premiada pelo Governo do Estado pelo projeto ambiental “Quintal Verde”, desenvolvido pelo Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) com apoio do Núcleo de Inovação Social, e voltado à agricultura urbana, compostagem e educação ambiental. A entrega do...

Santo André é premiada pelo Instituto Trata Brasil por investimento em saneamento básico

28/05/2024: Santo André é premiada pelo Instituto Trata Brasil por investimento em saneamento básico

Município foi destaque na categoria “Investimentos por habitante” Santo André, 27 de maio de 2024 – Santo André é novamente destaque no cenário nacional. Nesta segunda-feira (27), o município foi premiado pelo Instituto Trata Brasil na categoria “Investimentos por habitante”, comprovando o compromisso em atender às metas previstas pelo Plano Nacional de Saneamento Básico (Plansab) e levar qualidade de vida à população. O evento, 8ª edição do Prêmio Casos de Sucesso, ocorreu na sede da Fundação Getúlio Vargas (FGV),...

Comunidades atendidas pelo Moeda Verde recebem representantes de Campinas e Parauapebas

27/05/2024: Comunidades atendidas pelo Moeda Verde recebem representantes de Campinas e Parauapebas

Objetivo da troca de experiências é implementar ações similares nestas cidades Santo André, 24 de maio de 2024 – Mais uma vez, o interesse em expandir ações semelhantes ao programa Moeda Verde, que troca resíduos recicláveis por alimentos hórtifrutis, despertou interesse de outros municípios. Nesta quinta e sexta-feira (23 e 24), Santo André recebeu a visita de dois representantes interessados em implementar ação socioambiental semelhante em suas respectivas cidades. O deputado estadual por Campinas (SP), Rafael Zambaldi, participou da...