10/03/2014 Semasa alerta população para cuidados na hora de descartar material cortante

Folhetos informativos estão sendo entregues pelos coletores de lixo nos bairros de maior incidência

 

Santo André, 10 de março de 2014 – O descarte de materiais cortantes, como vidros, louças e até seringas, envolve muito mais cuidado do que parte da população acaba adotando. Por conta da falta de atenção, muitas vezes os coletores de lixo se machucam durante o trabalho. Em Santo André, os dados revelam que um coletor se acidenta por dia ao executar o trabalho de coleta de lixo doméstico.

 

Para melhorar esta situação e garantir condições mais favoráveis aos trabalhadores, o Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) está investindo na distribuição de folhetos informativos à população. O material alerta para a problemática e dá dicas de como proceder para evitar estes acidentes.

 

Por exemplo, na hora de descartar materiais cortantes procure envolvê-los em papel, como jornais e revistas antigos e já destinados ao descarte. Se possível, faça o embrulho com papelão ou coloque-o dentro de caixas, evitando o contato dos coletores com os materiais.

 

Para o diretor do Departamento de Resíduos Sólidos, Edi Ferreira dos Santos, a ação da autarquia propõe medidas simples para garantir a segurança destes trabalhadores tão essenciais para o município. “A atitude dos moradores com relação a estes procedimentos faz toda a diferença. São pequenos cuidados que não demandam muito tempo e permitem a continuidade dos serviços com mais qualidade, uma vez que não precisamos ausentar o coletor por conta de acidentes, além de garantir a qualidade de vida dos trabalhadores”, explica.

 

Dados alarmantes – De acordo com uma pesquisa realizada pelo doutor e perito do Ministério Público do Trabalho do Mato Grosso do Sul, Luiz Carlos Alves da Luz, a realidade dos acidentes de trabalho provocada por materiais cortantes em condições inadequadas de armazenamento é alarmante e extrapola os números de Santo André. Em sua pesquisa para a tese de doutorado, o perito constatou que nos municípios de Campo Grande (MS) e Penápolis (SP) o índice de acidentes por material perfuro cortante com coletores chegava a 76%, sendo 7% dos casos provocados por agulhas.

 

Em entrevista para a edição do segundo semestre do ano passado da revista Senac Ambiental, o especialista afirma ainda que 65% das enfermidades e dores relatadas pelos trabalhadores destas cidades, utilizados na pesquisa, se referiam a micoses, larvas e ao famoso bicho geográfico.

 

ImprimirGerar PDFEnvie para um amigo

NOTÍCIAS

Santo André é premiada pelo Instituto Trata Brasil por investimento em saneamento básico

28/05/2024: Santo André é premiada pelo Instituto Trata Brasil por investimento em saneamento básico

Município foi destaque na categoria “Investimentos por habitante” Santo André, 27 de maio de 2024 – Santo André é novamente destaque no cenário nacional. Nesta segunda-feira (27), o município foi premiado pelo Instituto Trata Brasil na categoria “Investimentos por habitante”, comprovando o compromisso em atender às metas previstas pelo Plano Nacional de Saneamento Básico (Plansab) e levar qualidade de vida à população. O evento, 8ª edição do Prêmio Casos de Sucesso, ocorreu na sede da Fundação Getúlio Vargas (FGV),...

Comunidades atendidas pelo Moeda Verde recebem representantes de Campinas e Parauapebas

27/05/2024: Comunidades atendidas pelo Moeda Verde recebem representantes de Campinas e Parauapebas

Objetivo da troca de experiências é implementar ações similares nestas cidades Santo André, 24 de maio de 2024 – Mais uma vez, o interesse em expandir ações semelhantes ao programa Moeda Verde, que troca resíduos recicláveis por alimentos hórtifrutis, despertou interesse de outros municípios. Nesta quinta e sexta-feira (23 e 24), Santo André recebeu a visita de dois representantes interessados em implementar ação socioambiental semelhante em suas respectivas cidades. O deputado estadual por Campinas (SP), Rafael Zambaldi, participou da...

Santo André recebe prêmio internacional pelo projeto socioambiental Água, Câmera e Ação

27/05/2024: Santo André recebe prêmio internacional pelo projeto socioambiental Água, Câmera e Ação

Iniciativa do Semasa foi reconhecida pela Associação Internacional de Cidades Educadoras Santo André, 24 de maio de 2024 – Educação ambiental para além das fronteiras de Santo André, com reconhecimento mundial. A Prefeitura de Santo André, por meio do Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André), recebeu nesta sexta-feira (24) o Prêmio Internacional Cidades Educadoras 2024, pelo projeto Água, Câmera e Ação. O prêmio foi recebido pelo prefeito Paulo Serra, presente no Congresso Internacional das Cidades Educadoras,...

Santo André realiza atividades em comemoração à Semana Mundial do Brincar

22/05/2024: Santo André realiza atividades em comemoração à Semana Mundial do Brincar

Evento do Semasa visa estimular a criatividade e contato das crianças com a natureza Santo André, 22 de maio de 2024 – A equipe da Gerência de Educação e Mobilização Ambiental do Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) promove no próximo domingo (26) uma agenda cheia de atividades e brincadeiras em celebração à Semana Mundial do Brincar. O evento ocorrerá no Parque do Pedroso, das 9h às 11h e das 14h às 16h, e terá contação...