04/03/2015 Padaria muda hábitos, reduz consumo de água em 25% e vira inspiração

Estabelecimentos comerciais também devem ser exemplo de boas práticas em prol do bom uso e economia de água. Afinal, eles lidam com público e podem, sim, inspirar seus clientes e funcionários.

DSC_0099

Funcionário mostra máquina de lavar louça

A padaria Bella Vitória, da Vila Floresta, é um desses exemplos. A direção do local empreendeu desde o ano passado uma série de adaptações para reduzir o consumo da água, que inclui compra de máquinas de lavar louça, ampliação da caixa de água e uso de redutores de pressão em todas as torneiras.
Mas, além do investimento, o dono da padaria, Fortunato José de Queiróz, explica que o importante também foi conversar e mudar os hábitos de seus funcionários. Afinal, são 123 pessoas que trabalho local.

“Tenho essa preocupação (de economia de água) desde 2008. Porque o gasto de água em uma padaria e restaurante é muito alto e tem muito desperdício. Sempre fui, por exemplo, conversando com funcionários e colocando na cabeça deles que tem de ensaboar xícaras com a torneira fechada, ou só lavar quando a pia está mais cheia”, contou.

DSC_0096

Talheres ficam de molho antes de entrarem na máquina

Sujeira no molho – Em 2014, o empresário resolveu investir mais e adquiriu duas máquinas de lavar louças. Uma delas, de balcão, gasta 18 litros de água durante 6 horas de operação lavando principalmente xícaras. Uma outra, industrial, gasta 100 litros a cada duas horas quando está operando e é utilizada para as louças das refeições. “Antes, porém, retiramos os resíduos e deixamos os talheres de molho, porque assim a sujeira amolece e fica mais fácil para lavar”, explica Queiroz. O investimento, segundo ele, foi alto, mas compensou por causa da economia alcançada ao longo de 2014.
“Com tudo, a economia de água foi de 25%”, disse.

DSC_0111

Luiz Cortez toma conta dos recicláveis

Reciclagem – A preocupação da padaria com o meio ambiente não se restringe à economia de água. O estabelcimento tem também uma área de descarte de resíduos recicláveis bem limpa e organizada.

Todo material é separado e fica em gaiolas suspensas enquanto não é vendido ou doado. Cada gaiola tem um tipo de produto: papelão, alumínio, plástico, vidros. A ideia foi do manobrista Luiz Cortez, de 54 anos, que também se incumbiu de fazer a separação dos materiais e dar a destinação correta a eles.
“Valorizo todas essas ações porque sei que estou fazendo a minha parte. E são nossos filhos que vão colher o que estamos plantando hoje”, diz Queiroz.

ImprimirGerar PDFEnvie para um amigo

NOTÍCIAS

Santo André abre inscrições para eleição do Comitê Municipal de Educação Ambiental

29/02/2024: Santo André abre inscrições para eleição do Comitê Municipal de Educação Ambiental

Grupo tem como principal atribuição discutir e propor temas para a educação ambiental municipal Santo André, 29 de fevereiro de 2024 – O Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) abriu processo para escolha dos integrantes do Comitê Municipal de Educação Ambiental. O objetivo é discutir e potencializar as ações de educação e sensibilização ambiental no município. As inscrições para as entidades interessadas podem ser realizadas até 21 de março. O comitê também contribuirá para a elaboração...

Santo André recebe drive-thru para descarte de eletroeletrônicos, pilhas, baterias e lâmpadas

27/02/2024: Santo André recebe drive-thru para descarte de eletroeletrônicos, pilhas, baterias e lâmpadas

Ação do Semasa, que chega à quarta edição, será realizada nos dias 1º e 2 de março, no Paço Municipal Santo André, 27 de fevereiro de 2024 – Para estimular o descarte correto de resíduos eletroeletrônicos, pilhas, baterias e lâmpadas fluorescentes, o Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André), em parceria com a Green Eletron e a Reciclus, realiza a quarta edição do Drive-thru Sustentável na sexta-feira (1º) e no sábado (2), das 9h às 16h. Ao...

Semasa flagra crime ambiental em área do Parque do Pedroso

24/02/2024: Semasa flagra crime ambiental em área do Parque do Pedroso

Autarquia monitorava denúncia de descarte irregular e movimentação de terra; ação contou com apoio da GCM Vídeo: https://we.tl/t-fqXoWC0rjG   Santo André, 24 de fevereiro de 2024 – Uma área verde pertencente ao Parque Natural Municipal do Pedroso, no Recreio da Borda do Campo, em Santo André, foi alvo de crime ambiental de descarte irregular de resíduos de construção civil, movimentação de terra, aterro de vale e supressão de vegetação, além da perturbação e danos à fauna silvestre.   O local...

Portal de educação ambiental do Semasa ultrapassa fronteiras e tem acesso em 16 países

15/02/2024: Portal de educação ambiental do Semasa ultrapassa fronteiras e tem acesso em 16 países

Hendu foi criado em 2020 para sensibilizar o público infantil sobre as questões ambientais e estimular o contato com a natureza Santo André, 15 de fevereiro de 2024 – O portal Hendu, espaço de educação e sensibilização ambiental do Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André), ganhou notoriedade nacional e internacional. A plataforma já é acessada em 14 estados brasileiros, além do Distrito Federal, e em 16 países. Lançado em 5 de junho de 2021 para que...