31/08/2022 Semasa lança obra inédita sobre catadores de materiais recicláveis

Livro é um importante instrumento para formulação de políticas públicas aos profissionais, que geralmente vivem e trabalham em situação de vulnerabilidade

Santo André, 30 de agosto de 2022 – Imagine trabalhar há 37 anos na rua, vasculhando e recolhendo resíduos recicláveis em Santo André? Com sol forte ou chuva, frio ou calor, com problemas de saúde ou não, o catador Edmilson Bernardo Balbino está diariamente puxando o seu carrinho feito de ferro. Com 55 anos de idade, ele faz parte dos mais de 1,8 mil profissionais que escolheram o território andreense para ter a sua fonte de renda e sobreviver por meio da reciclagem.

Edmilson foi um dos catadores que participaram de um mapeamento executado pelo Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André), entre o fim de 2021 e o começo de 2022. Essa importante pesquisa originou o livro ‘Um olhar integrado sobre catadores de materiais recicláveis de Santo André’, obra inédita lançada nesta terça-feira (30).

“Este trabalho é importante para dar visibilidade para nós, que fazemos um serviço digno e muito importante. É o reconhecimento de uma boa parte da minha vida dedicada à reciclagem”, comemora Edmilson. A publicação traz informações sobre o perfil socioeconômico dos catadores, trabalho e renda, faixa etária, sexo, escolaridade, além do fluxo de comercialização de resíduos recicláveis e questões relacionadas à saúde, educação, moradia, benefícios sociais, dentre outros. O objetivo é desenvolver políticas públicas para melhorar a vida e o trabalho dos catadores.

“A gente precisa o tempo todo fazer esses diagnósticos, esses estudos, para entender os novos fenômenos sociais e não perder a sensibilidade. Ter um olhar sobre os catadores de materiais recicláveis para iniciar um processo de inclusão produtiva é, sem dúvida nenhuma, um símbolo do equilíbrio, de uma cidade que se preocupa com gestão, finança, a racionalização do uso de recursos públicos e o cuidado com a nossa gente”, explica o prefeito Paulo Serra, destacando que essa iniciativa também integra o Programa Santo André 500 anos, que planeja a cidade a longo prazo para a comemoração do quinto centenário do município, daqui a 31 anos.

O estudo, portanto, é fundamental para compreender a realidade social, as condições de trabalho, dificuldades e necessidades dos trabalhadores, sendo um importante instrumento para desenvolver políticas públicas eficientes e buscar a inserção dos catadores no mercado formal de triagem e venda de recicláveis, por meio de cooperativas, associações ou da regularização do trabalho como microempreendedor Individual.

“Os catadores fazem um brilhante trabalho para o meio ambiente e a qualidade de vida da população. Por isso, o poder público precisa dar proteção social e melhores condições de trabalho e vida para esses trabalhadores, de forma que todos possam ter uma vida mais digna e saudável”, afirma o superintende do Semasa, Gilvan Junior.

Dos 853 catadores que participaram do mapeamento realizado pelo Semasa, 74,4% são do sexo masculino e 23,3% são do sexo feminino. A catadora Gyrlanne Oliveira Alves Rodrigues e o marido trabalham há quase 20 anos pelas ruas de Santo André e fazem parte dos 88,7% dos profissionais que moram na cidade. Ela está orgulhosa de saber que agora uma obra retrata um pouco da sua vida e do seu trabalho. “É saber que valeu a pena todo o esforço para um dia a gente ser reconhecido como um trabalho digno”, comemora.

O livro ‘Um olhar integrado sobre catadores de materiais recicláveis de Santo André’ já está disponível em https://bit.ly/3RoeKXG. A publicação integra o pacote de intervenções do Programa Sanear Santo André, que contempla obras de saneamento, infraestrutura e mobilidade urbana, além de projetos socioambientais com a população.

Plano Municipal de Inclusão Produtiva dos Catadores de Materiais Recicláveis – Além do lançamento do livro ‘Um olhar integrado sobre os catadores de materiais recicláveis’, a Prefeitura de Santo André e o Semasa apresentaram o Plano Municipal de Inclusão Produtiva dos Catadores de Materiais Recicláveis, que está sendo desenvolvido em conjunto com o Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas). O documento visa subsidiar políticas públicas de desenvolvimento humano, capacitação profissional, geração de trabalho e renda para os catadores, além de levar informações para que eles possam, por exemplo, ter acesso a serviços de saúde e avanço na escolaridade.

ImprimirGerar PDFEnvie para um amigo

NOTÍCIAS

Moeda Pet chega aos núcleos Sacadura Cabral, Missionários, Sorocaba e Cruzado

31/01/2023: Moeda Pet chega aos núcleos Sacadura Cabral, Missionários, Sorocaba e Cruzado

Programa que troca garrafas PET por ração ocorrerá junto ao Moeda Verde, que troca recicláveis por alimentos Santo André, 31 de janeiro de 2023 – Em fevereiro, o programa Moeda Pet chega a novas comunidades para beneficiar moradores que já participam do programa Moeda Verde. Nesta quarta-feira (1º), é a vez de os moradores do Núcleo Sacadura Cabral também trocarem garrafas PET por ração para cães e gatos, ao mesmo tempo em que podem trocar recicláveis por alimentos. As...

Melhorias de saneamento e mobilidade são principais marcos do Complexo Cassaquera

31/01/2023: Melhorias de saneamento e mobilidade são principais marcos do Complexo Cassaquera

Prefeitura de Santo André e Semasa comemoram nesta segunda-feira um ano de entrega das obras Santo André, 30 de janeiro de 2023 – Há exato um ano, Santo André celebrava a entrega do Complexo Viário Cassaquera, um pacote de obras de saneamento, infraestrutura e mobilidade que era aguardado há décadas pelos moradores que residem na região da Avenida Professor Luiz Ignácio de Anhaia Mello, entre a Vila Homero Thon e o bairro Centreville.   Passados 365 dias desde o...

Moeda Verde e Moeda Pet chegam às comunidades Lamartine, Eucaliptos e Vila Sá

23/01/2023: Moeda Verde e Moeda Pet chegam às comunidades Lamartine, Eucaliptos e Vila Sá

Trocas conjuntas ocorrerão a cada dois meses Santo André, 23 de janeiro de 2023 – Como parte do processo de expansão do Moeda Pet, nos próximos dias 25 (quarta-feira), 26 (quinta-feira) e 31/1 (terça-feira), a Prefeitura de Santo André, em parceria com o Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André), inicia as trocas conjuntas do Moeda Verde e Moeda Pet nos núcleos Lamartine, Eucaliptos e Vila Sá – respectivamente. Nestes locais, o Moeda Verde já acontece regularmente,...

Semasa retoma visitas ao Aterro Sanitário de Santo André

19/01/2023: Semasa retoma visitas ao Aterro Sanitário de Santo André

Agenda está aberta para todos os segmentos da sociedade Santo André, 19 de janeiro de 2023 – Um dos principais equipamentos de sensibilização ambiental sobre temáticas de resíduos sólidos, o Aterro Sanitário de Santo André retomou a agenda de 2023 para visitas monitoradas ao espaço. Administrado pelo Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André), o complexo do Centro de Tratamento de Resíduos abriga as cooperativas de reciclagem, o ecoponto especial para recolhimento de pneus, as lagoas de...