05/08/2021 Moradores de Santo André poderão descartar gesso na Estação de Coleta Antonina

Resíduo será encaminhado à empresa parceira para destinação e reaproveitamento ambientalmente correto

Santo André, 5 de agosto de 2021 – O Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) começa a receber nesta sexta-feira (6/8), na Estação de Coleta Antonina, resíduos de gesso descartados pela população andreense. Cada morador poderá levar até 1m³ de gesso, ou o equivalente a dez sacos de lixo de 100 litros.

A iniciativa vai funcionar em caráter experimental por 30 dias, mas a expectativa da autarquia é que até o final do ano seja celebrado um convênio com empresas interessadas para expandir a recepção deste tipo de resíduo para, pelo menos, mais dois ecopontos – totalizando três espaços na cidade aptos a receber o descarte deste tipo de produto. O período piloto visa testar a adesão dos moradores e a viabilidade de implantação da coleta.

O superintendente do Semasa, Gilvan Junior, destaca que a iniciativa é fundamental para o meio ambiente, já que o gesso pode contaminar o solo e água – quando descartado incorretamente. “Este é mais um passo importante para a gestão de resíduos sólidos da nossa cidade, e que ocorre com o importante apoio da iniciativa privada, pois ao viabilizar o recebimento deste material nas nossas Estações de Coleta estamos contribuindo para a redução do descarte irregular de lixo nas ruas”, completa.

Neste primeiro momento, a parceria ocorre com a Multiplus, recicladora de gesso e responsável pela destinação e logística reversa destes materiais. Tanto a disponibilização da caçamba própria, quanto à retirada, transporte e reciclagem do resíduo será de responsabilidade da empresa. A empresa faz o processamento do material que pode servir a três nichos de mercado, como matéria prima para empresas cimenteiras, utilização em fertilizantes agrícolas ou mesmo no processo de fabricação do próprio gesso.

O diretor de resíduos sólidos do Semasa, Edinilson Ferreira dos Santos explica que a cidade ainda não tinha uma alternativa para recepção e destinação adequada deste material, pois a reciclagem em grande escala do gesso só passou a ocorrer recentemente por empresas especializadas.  “O Aterro Sanitário não pode recepcionar este tipo de produto, por isso procuramos uma empresa que pudesse dar a destinação ambiental correta para este resíduo, cumprindo mais uma etapa da Política Nacional de Resíduos Sólidos. É uma conquista para cidade e para a própria população”, diz.

Além de munícipes, poderão descartar até 1m³ de gesso os pequenos profissionais do ramo (gesseiros), que atuam em Santo André. O volume é o mesmo já permitido para outros materiais aceitos nas Estações de Coleta. Para realizar a destinação no ecoponto, o gesso deverá estar livre de outros materiais, como cimento ou azulejos.

Futuramente, o Semasa estuda ainda o atendimento a grandes geradores. Neste momento, caso haja interesse em grandes geradores realizarem a destinação junto à autarquia, é necessário que o interessado envie uma mensagem pelo Fale Conosco, disponível no site www.semasa.sp.gov.br.

ImprimirGerar PDFEnvie para um amigo

NOTÍCIAS

Gestão de resíduos sólidos de Santo André é destaque em guia internacional para cidades sustentáveis

07/12/2022: Gestão de resíduos sólidos de Santo André é destaque em guia internacional para cidades sustentáveis

6 de dezembro de 2022 – A gestão de resíduos sólidos de Santo André obteve mais um reconhecimento por práticas inovadores e sustentáveis, que transformam a vida da população. A CAF (Banco de Desenvolvimento da América Latina) menciona obras e ações socioambientais desenvolvidas no município no ‘Guia para cidades mais saudáveis – princípios e instrumentos para promover a saúde através do planejamento e gestão urbana’, documento elaborado pela instituição financeira com o objetivo de retratar boas ideias e soluções...

Campanha de sensibilização sobre descarte correto e vandalismo em lixeiras públicas ganha ruas de Santo André

01/12/2022: Campanha de sensibilização sobre descarte correto e vandalismo em lixeiras públicas ganha ruas de Santo André

Ação do Semasa também tem abordagem educativa nas redes sociais Santo André, 1º de dezembro de 2022 – Quem anda pelas ruas de Santo André e precisa descartar algum resíduo tem a certeza de que em seu caminho encontrará uma ‘amarelinha’ para jogar o lixo. As lixeiras públicas, também conhecidas como papeleiras, são equipamentos fundamentais que garantem uma cidade mais limpa. O problema é que estes dispositivos são constantemente alvos de vandalismo e depredação, especialmente no fim do ano...

Semasa tem vagas abertas para oportunidades de estágio

30/11/2022: Semasa tem vagas abertas para oportunidades de estágio

Para início imediato, há disponibilidade aos estudantes dos cursos de gestão ambiental, direito, jornalismo e engenharia ambiental Santo André, 30 de novembro de 2022 – O Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André), por meio do CIEE (Centro de Integração Empresa Escola), está com diversas vagas abertas de estágio. No total, são 11 áreas de atuação disponíveis: administração de empresas, arquitetura, pedagogia, biologia, ciências sociais, economia, engenharia civil, além de gestão ambiental, direito, engenharia ambiental e jornalismo...

Prefeitura inicia construção de  segundo ecoponto no Jardim Santo André

25/11/2022: Prefeitura inicia construção de segundo ecoponto no Jardim Santo André

Santo André, 25 de novembro de 2022 – A Prefeitura de Santo André, por meio da Secretaria de Manutenção e Serviços Urbanos, está construindo mais um ecoponto no Jardim Santo André. O bairro é um dos que mais sofrem com descarte irregular de resíduos, o que agrava problemas de enchentes, alagamentos e a poluição do meio ambiente. As obras ocorrem na Rua da Visão e a nova unidade será batizada de Estação de Coleta Jardim Santo André. Com a...