Projetos finalistas estão sendo avaliados por meio de votação popular

Santo André, 13 de junho de 2024 – O Programa Moeda Verde é finalista em mais um grande prêmio nacional. Depois de vencer as premiações InovaCidade 2024, ser eleito o segundo melhor programa do Brasil com o Prêmio RAPS de Inovação e Sustentabilidade e integrar o pacote de ações de sustentabilidade que garantiu o bicampeonato de Santo André no Prêmio Band Cidades Excelentes, desta vez a iniciativa que une sustentabilidade e segurança alimentar da Prefeitura de Santo André está na etapa final da 12ª Edição do Prêmio Fundação Banco do Brasil de Tecnologia Social, que visa reconhecer ações que surgem para solucionar algum tipo de problema e que são de fácil aplicabilidade e replicabilidade.

Além dos votos de uma banca de jurados especialistas, os projetos finalistas estão sendo avaliados pelo público por meio de votação popular, que está disponível no link: https://transforma.fbb.org.br/votacao-popular-categoria/46 para quem quiser votar.

“Para nós é uma alegria o Moeda Verde ter esse reconhecimento como tecnologia social da Fundação Banco do Brasil. Desde sua implantação, em 2017, temos acompanhado a transformação que esta iniciativa trouxe para tantos andreenses e o que mais queremos é poder continuar expandindo o programa para alcançar cada vez mais pessoas da nossa cidade, contribuindo para a sustentabilidade do meio ambiente, o aumento de renda para as famílias dos cooperados e garantindo a segurança alimentar da população mais vulnerável da nossa cidade. Por isso, o voto de todos é muito importante para conquistarmos mais este prêmio”, explica Ana Cláudia de Fabris, presidente do Núcleo de Inovação Social.

Idealizado pela Prefeitura, por meio do Núcleo de Inovação Social, e pelo Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André), o programa concorre com outras nove iniciativas de todo o Brasil na categoria Tecnologias Sociais certificadas nesta edição. Os cinco primeiros colocados vão ganhar apoio de até R$ 500 mil cada para ampliação de seus projetos.

“Com esta premiação, conseguiremos fortalecer ainda mais o programa e promover a  integração de atores importantes para o ciclo da reciclagem, como os trabalhadores das cooperativas e os agricultores urbanos, além de envolver estudantes de escolas municipais”, explica Edinilson Ferreira dos Santos, superintendente-adjunto do Semasa.

A premiação ocorrerá no encerramento da Semana Nacional de Tecnologia Social, realizada de 17 e 21 de junho, em Brasília.  Além disto, a Semana Nacional de Tecnologia Social terá palestras, mesas, debates e exposições de tecnologias e produtos de economia solidária e sociobiodiversidade.

Certificado de tecnologia social – Em abril, o programa Moeda Verde foi uma das 87 iniciativas certificadas pela Fundação Banco do Brasil como novas tecnologias sociais, entre 888 programas e projetos de todo o Brasil que foram inscritos.

Com isso, agora o Moeda Verde faz parte do acervo da Plataforma Transforma!, que reúne milhares de programas e projetos nas áreas de meio ambiente, alimentação, renda, saúde, energia, recursos hídricos, educação e habitação que possuem a mesma certificação.

Releases

Projetos finalistas estão sendo avaliados por meio de votação popular Santo André, 13 de junho de 2024 – O Programa Moeda Verde é finalista em mais um grande prêmio nacional. Depois de vencer as premiações InovaCidade 2024, ser eleito o segundo melhor programa do Brasil com o Prêmio RAPS de Inovação e Sustentabilidade e integrar o pacote de ações de sustentabilidade que garantiu o bicampeonato de Santo André no Prêmio Band Cidades Excelentes, desta vez a iniciativa que une sustentabilidade e segurança alimentar da Prefeitura de Santo André está na etapa final da 12ª Edição do Prêmio Fundação Banco do Brasil de Tecnologia Social, que visa reconhecer ações que surgem para solucionar algum tipo de problema e que são de fácil aplicabilidade e replicabilidade. Além dos votos de uma banca de jurados especialistas, os projetos finalistas estão sendo avaliados pelo público por meio de votação popular, que está disponível no link: https://transforma.fbb.org.br/votacao-popular-categoria/46 para quem quiser votar. “Para nós é uma alegria o Moeda Verde ter esse reconhecimento como tecnologia social da Fundação Banco do Brasil. Desde sua implantação, em 2017, temos acompanhado a transformação que esta iniciativa trouxe para tantos andreenses e o que mais queremos é poder continuar...

Leia mais

Solenidade em comemoração ao Dia Mundial do Meio Ambiente reconheceu iniciativas de 19 cidades do Estado Santo André, 5 de junho de 2024 – No Dia Mundial do Meio Ambiente, data celebrada oficialmente nesta quarta-feira (5), Santo André foi premiada pelo Governo do Estado pelo projeto ambiental “Quintal Verde”, desenvolvido pelo Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) com apoio do Núcleo de Inovação Social, e voltado à agricultura urbana, compostagem e educação ambiental. A entrega do ciclo 2024 do Prêmio Governador Franco Montoro, que integra o Programa Município Verde e Azul, ocorreu na manhã desta quarta no Parque Villa Lobos, (zona oeste da capital paulista), e contou com a presença do governador de São Paulo, Tarcísio de Freitas, e da secretária estadual de Meio Ambiente, Infraestrutura e Logística, Natália Resende. A premiação certificou ainda outros 18 municípios dentro das quatro categorias, gestão de água, reflorestamento urbano, agricultura urbana e periurbana e proteção da biodiversidade, que foram divididos por grupo populacional. Santo André foi representada pela deputada estadual e primeira-dama da cidade, Ana Carolina Barreto Serra, que recebeu o certificado da premiação do governador Tarcísio de Freitas.  Os municípios de Cruzália, Pedreira, Louveira e Americana também foram...

Leia mais

Município foi destaque na categoria “Investimentos por habitante” Santo André, 27 de maio de 2024 – Santo André é novamente destaque no cenário nacional. Nesta segunda-feira (27), o município foi premiado pelo Instituto Trata Brasil na categoria “Investimentos por habitante”, comprovando o compromisso em atender às metas previstas pelo Plano Nacional de Saneamento Básico (Plansab) e levar qualidade de vida à população. O evento, 8ª edição do Prêmio Casos de Sucesso, ocorreu na sede da Fundação Getúlio Vargas (FGV), em parceria com o Centro de Estudos de Infraestrutura e Soluções Ambientais da FGV, e contou com a presença do secretário de Ações Governamentais, Gilvan Junior, que representou o prefeito Paulo Serra, e do superintendente adjunto do Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André), Edinilson Ferreira dos Santos. O secretário ressaltou a importância do prêmio como reconhecimento para a cidade, valorizando o convênio com a Sabesp, que teve como uma das prioridades acabar com a falta de água e melhorar o sistema de esgotamento sanitário. “A parceria com a Sabesp permitiu avanços significativos tanto na coleta quanto no tratamento de esgoto. São obras e investimentos que fazem sentido, pois melhoram a vida das pessoas e promovem inclusão social,...

Leia mais

Objetivo da troca de experiências é implementar ações similares nestas cidades Santo André, 24 de maio de 2024 – Mais uma vez, o interesse em expandir ações semelhantes ao programa Moeda Verde, que troca resíduos recicláveis por alimentos hórtifrutis, despertou interesse de outros municípios. Nesta quinta e sexta-feira (23 e 24), Santo André recebeu a visita de dois representantes interessados em implementar ação socioambiental semelhante em suas respectivas cidades. O deputado estadual por Campinas (SP), Rafael Zambaldi, participou da troca no Jardim Cristiane, acompanhado da também deputada estadual e primeira-dama de Santo André, Ana Carolina Barreto Serra, da presidente do Núcleo de Inovação Social, Ana Claudia de Fabris, e da coordenadora operacional do Moeda Verde e gerente de coleta de resíduos sólidos do Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental e Santo André), Flávia Gomes Donon. “Hoje, tive a oportunidade de conhecer esse projeto social fantástico que tem transformado a vida de muitas pessoas aqui no município de Santo André. Além de impactar na vida de outras pessoas, a ação contribui com a retirada dos resíduos das ruas e dá uma destinação mais adequada. Nós precisamos ter mais exemplos como esse espalhados por todo o Brasil”, destacou o parlamentar. Já...

Leia mais

Iniciativa do Semasa foi reconhecida pela Associação Internacional de Cidades Educadoras Santo André, 24 de maio de 2024 – Educação ambiental para além das fronteiras de Santo André, com reconhecimento mundial. A Prefeitura de Santo André, por meio do Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André), recebeu nesta sexta-feira (24) o Prêmio Internacional Cidades Educadoras 2024, pelo projeto Água, Câmera e Ação. O prêmio foi recebido pelo prefeito Paulo Serra, presente no Congresso Internacional das Cidades Educadoras, que acontece em Curitiba (PR). O superintendente do Semasa, Ajan Marques de Oliveira, também participou da cerimônia. Para o prefeito, o Água, Câmera e Ação traz, além da questão educacional um outro ponto primordial, que é a gestão e a educação ambiental. Durante o discurso da premiação, Paulo Serra ressaltou que Santo André foi uma das primeiras cidades do Brasil a levantar a pauta ambiental, o que demonstra o compromisso com diversas políticas públicas de resiliência e sustentabilidade. “Somos a única cidade do Brasil premiada com esta certificação. Esse projeto traz um componente importante, mais especial ainda, que é o pertencimento, o sentimento que as pessoas passaram a ter de enxergar a cidade como uma extensão da nossa casa, criando...

Leia mais

Evento do Semasa visa estimular a criatividade e contato das crianças com a natureza Santo André, 22 de maio de 2024 – A equipe da Gerência de Educação e Mobilização Ambiental do Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) promove no próximo domingo (26) uma agenda cheia de atividades e brincadeiras em celebração à Semana Mundial do Brincar. O evento ocorrerá no Parque do Pedroso, das 9h às 11h e das 14h às 16h, e terá contação de histórias, brincadeiras com água e elementos naturais além de outras ações, garantindo que todas as crianças possam desfrutar plenamente do brincar ao ar livre. Além de proporcionar momentos de alegria, as atividades oferecem uma oportunidade única para explorar a natureza, estimular os sentidos, a criatividade e desenvolver habilidades motoras. Brincar ao ar livre também alimenta a imaginação, permitindo que os pequenos criem seus próprios jogos e aventuras. Estudos apontam que o contato com a natureza também é benéfico por permitir um estilo de vida mais saudável, além de contribuir para o desenvolvimento cognitivo, emocional e social das crianças. A Semana Mundial do Brincar é promovida no Brasil pela Aliança pela Infância no Brasil. Neste ano, o evento chega à...

Leia mais