02/05/2023 Moeda Verde alcança 1 milhão de quilos de recicláveis recebidos

Programa criado pela Prefeitura de Santo André em 2017 chegou nesta sexta ao Núcleo Apucarana, 25º local a ser beneficiado na cidade

Santo André, 28 de abril de 2023 – O Moeda Verde, programa da Prefeitura de Santo André que troca material reciclável por alimentos, chegou à marca de 1 milhão de quilos de recicláveis recebidos. Desde 2017, quando a iniciativa foi criada pelo Fundo Social de Solidariedade e pelo Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André), foram entregues mais de 200 toneladas de hortifrúti a famílias em situação de vulnerabilidade.

Nesta sexta-feira (28), o Moeda Verde chegou ao Núcleo Apucarana, 25º local a ser beneficiado pela ação. Nem a garoa que caiu pela manhã espantou os moradores da comunidade localizada no Jardim do Estádio, que participaram da primeira troca do programa. Cerca de 250 famílias vão poder participar das trocas de recicláveis por alimentos na região.

“O Moeda Verde é uma das práticas que fizeram com que a nossa cidade se tornasse referência também na educação ambiental, na questão de manutenção e nas práticas criativas de baixo custo e alto impacto. No programa está presente um conceito muito especial que é a limpeza da comunidade, a cultura, a economia de recursos para a Prefeitura e, na outra ponta, quanto mais os moradores reciclarem, mais empregos geramos nas cooperativas de reciclagem”, explica o prefeito Paulo Serra, que participou do lançamento do programa no Núcleo Apucarana.

Além do prefeito Paulo Serra, estiveram presentes a deputada estadual e primeira-dama, Ana Carolina Serra, e o superintendente do Semasa, Ajan Marques de Oliveira. Também participaram alunos da Emeief (Escola Municipal de Educação Infantil e Ensino Fundamental) Professor Antonio Virgilio Zaniboni. Animadas, as crianças juntaram os recicláveis na escola e trocaram por laranjas. Além disso, a equipe da Secretaria de Meio Ambiente, por meio do Departamento de Bem-Estar Animal, também este presente promovendo o Moeda Pet e trocando garrafas plásticas por ração para cães e gatos.

“Temos muito orgulho em falar do Moeda Verde, um programa que está transformando comunidades e já foi reconhecido nacionalmente. É uma iniciativa que idealizamos em 2017, juntamente com o Núcleo de Inovação Social, Banco de Alimentos e Semasa, e que se tornou uma política de governo”, afirma a deputada estadual e primeira-dama, Ana Carolina Serra.

No Núcleo Apuracana residem aproximadamente 250 famílias, ou seja, quase mil pessoas. A partir de agora, a cada quinze dias – sempre às sextas-feiras, das 9h às 10h, na Rua Abrantes (atrás do campo de futebol do Grêmio Esportivo Aliança) – os moradores poderão trocar cinco quilos de resíduos recicláveis por legumes, frutas e uma hortaliça.

“Temos muito orgulho do Moeda Verde, um programa reconhecido nacional e internacionalmente. Uma conquista desta administração e que temos satisfação em participar e ver crescer pelo nosso município”, comenta o superintendente do Semasa, Ajan Marques.

A moradora Maria do Rosário Cruz, de 63 anos, reside no local há 25 anos, e estava entusiasmada para a troca. “Às vezes a gente vai acumulando os resíduos sem saber bem o que fazer com eles. Agora, temos como fazer essa ‘limpeza’ e trocar esses objetos por alimento, o que vai nos ajudar em casa, pois os alimentos estão muito caros também”. Dona Rosário levou diversos resíduos, incluindo alguns pequenos móveis já antigos, como cadeira plástica e mesinha de ferro, que seguiram para reciclagem. No total, ela trocou 24,4 quilos de resíduos por 5 quilos de legumes e frutas.

Nesta primeira troca, os participantes juntaram quase 300 quilos de resíduos e puderam levar para casa quase 60 quilos de laranjas, bananas, cenouras, batatas-doces e espinafres. Todos os resíduos reciclados recolhidos são encaminhados integralmente para as duas cooperativas de reciclagem parceiras do município, gerando renda para cerca de 100 pessoas.

Os doze alunos da Emeief Professor Antonio Virgilio Zaniboni levaram 60 quilos de materiais recolhidos na unidade de ensino e, cada um representando uma sala, pôde levar um quilo de laranja. A diretora da Emeief, Silvia Alessandra Pill, conta que todos ficaram muito empolgados.

“Quando os colegas voltaram à escola, compartilharam com os que não puderam ir como estavam contentes com a ação. Os alunos do Ensino Fundamental entenderam este movimento de troca e pedimos que expliquem o porquê de estarem levando a fruta para casa”, diz.

Além de contribuir para o sustento destas famílias, ao separar e descartar corretamente o material no Moeda Verde, os moradores colaboram para a ampliação da vida útil do Aterro Sanitário e também permitem que as comunidades se tornem mais limpas. Como parte do Plano de Metas municipal, a expectativa é que o programa esteja presente em 30 comunidades até o final da gestão.

ImprimirGerar PDFEnvie para um amigo

NOTÍCIAS

Moeda Verde concorre a Prêmio de Tecnologia Social da Fundação Banco do Brasil

14/06/2024: Moeda Verde concorre a Prêmio de Tecnologia Social da Fundação Banco do Brasil

Projetos finalistas estão sendo avaliados por meio de votação popular Santo André, 13 de junho de 2024 – O Programa Moeda Verde é finalista em mais um grande prêmio nacional. Depois de vencer as premiações InovaCidade 2024, ser eleito o segundo melhor programa do Brasil com o Prêmio RAPS de Inovação e Sustentabilidade e integrar o pacote de ações de sustentabilidade que garantiu o bicampeonato de Santo André no Prêmio Band Cidades Excelentes, desta vez a iniciativa que une...

Santo André recebe Prêmio Governador Franco Montoro por projeto ambiental de agricultura urbana

05/06/2024: Santo André recebe Prêmio Governador Franco Montoro por projeto ambiental de agricultura urbana

Solenidade em comemoração ao Dia Mundial do Meio Ambiente reconheceu iniciativas de 19 cidades do Estado Santo André, 5 de junho de 2024 – No Dia Mundial do Meio Ambiente, data celebrada oficialmente nesta quarta-feira (5), Santo André foi premiada pelo Governo do Estado pelo projeto ambiental “Quintal Verde”, desenvolvido pelo Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) com apoio do Núcleo de Inovação Social, e voltado à agricultura urbana, compostagem e educação ambiental. A entrega do...

Santo André é premiada pelo Instituto Trata Brasil por investimento em saneamento básico

28/05/2024: Santo André é premiada pelo Instituto Trata Brasil por investimento em saneamento básico

Município foi destaque na categoria “Investimentos por habitante” Santo André, 27 de maio de 2024 – Santo André é novamente destaque no cenário nacional. Nesta segunda-feira (27), o município foi premiado pelo Instituto Trata Brasil na categoria “Investimentos por habitante”, comprovando o compromisso em atender às metas previstas pelo Plano Nacional de Saneamento Básico (Plansab) e levar qualidade de vida à população. O evento, 8ª edição do Prêmio Casos de Sucesso, ocorreu na sede da Fundação Getúlio Vargas (FGV),...

Comunidades atendidas pelo Moeda Verde recebem representantes de Campinas e Parauapebas

27/05/2024: Comunidades atendidas pelo Moeda Verde recebem representantes de Campinas e Parauapebas

Objetivo da troca de experiências é implementar ações similares nestas cidades Santo André, 24 de maio de 2024 – Mais uma vez, o interesse em expandir ações semelhantes ao programa Moeda Verde, que troca resíduos recicláveis por alimentos hórtifrutis, despertou interesse de outros municípios. Nesta quinta e sexta-feira (23 e 24), Santo André recebeu a visita de dois representantes interessados em implementar ação socioambiental semelhante em suas respectivas cidades. O deputado estadual por Campinas (SP), Rafael Zambaldi, participou da...