23/07/2019 Projetos levam cidadania ambiental para moradores de Santo André

Com apoio do Semasa e recursos do Fumgesan, MDDF e Instituto Siades realizam diversas ações para conscientizar a população

Santo André, 18 de julho de 2019 – Projetos ambientais de organizações da sociedade civil, realizados com o apoio do Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) e recursos do Fumgesan (Fundo Municipal de Gestão e Saneamento Ambiental de Santo André), têm transformado o pensamento e a realidade local de populações de bairros periféricos e de áreas de manancial da cidade.

O MDDF (Movimento de Defesa dos Direitos dos Moradores em Núcleos Habitacionais de Santo André) e o Instituto Siades (Sistema de Informações Ambientais para o Desenvolvimento Sustentável) realizam, desde abril, iniciativas para formar cidadãos sustentáveis e agentes comunitários.

Por meio do projeto ‘No meio da vila: sensibilizando pessoas para o cuidado com a cidade’, o MDDF fez diversas revitalizações de espaços degradados, principalmente onde há descarte irregular de resíduos. Com intervenções ambientais e artísticas, que ocorreram em várias comunidades, a organização e os participantes pintaram paredes, colocaram vasos, cones e mensagens contra o descarte de lixo.

Os espaços que receberam melhorias foram duas áreas no núcleo Tamarutaca (Vila Guiomar), próximas das ruas Garanhuns e Guarapari, além do Centro Comunitário; a escadaria da Rua Odilon Conceição, no núcleo Gonçalo Zarco (Vila Aquilino); uma calçada na avenida dos Estados e uma viela, que ficam, respectivamente, nos núcleos Ipiranga I e II (Parque João Ramalho); e uma calçada da rua Purús, no núcleo Piracanjuba (Parque João Ramalho).

Os materiais utilizados nas melhorias, como tintas e vasos, foram reaproveitados das Estações de Coleta do Semasa. Após as revitalizações, agentes ambientais e moradores passam a monitorar os locais, de forma a preservar as intervenções e verificar se há transferência de pontos de descarte para outros endereços.

O projeto do MDDF, que está previsto para acabar no fim de julho, também contou com formação prática sobre a temática ambiental e visitas ao Aterro Sanitário de Santo André, cooperativas de reciclagem, ecopontos, Parque do Pedroso e à Vila de Paranapiacaba, que são unidades de conservação.

Já o Instituto Siades, por meio do projeto ‘Conexões na mata atlântica: uma rede de oportunidades para a conservação’, busca sensibilizar e mobilizar a população que vive no entorno do Parque do Pedroso e do Parque Nascentes de Paranapiacaba sobre proteção da biodiversidade, desenvolvimento sustentável para os parques, disposição correta de resíduos sólidos, dentre outros.

A iniciativa pretende despertar o olhar dos participantes e moradores para a formação de coletivos ambientais, fortalecendo o protagonismo em ações de proteção, conservação e preservação dos recursos naturais. O projeto acontece por meio de várias oficinas. A partir de setembro, os participantes começam a formular projetos sustentáveis para cada parque, que serão avaliados e monitorados. O encerramento das atividades está previsto para novembro.

O Instituto Siades e o MDDF divulgam boletins e vídeos das ações dos projetos. Confira os materiais em > https://www.semasa.sp.gov.br/comugesan/fumgesan/projetos-fumgesan/.

ImprimirGerar PDFEnvie para um amigo

NOTÍCIAS

Santo André abre inscrições para eleição do Comitê Municipal de Educação Ambiental

29/02/2024: Santo André abre inscrições para eleição do Comitê Municipal de Educação Ambiental

Grupo tem como principal atribuição discutir e propor temas para a educação ambiental municipal Santo André, 29 de fevereiro de 2024 – O Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) abriu processo para escolha dos integrantes do Comitê Municipal de Educação Ambiental. O objetivo é discutir e potencializar as ações de educação e sensibilização ambiental no município. As inscrições para as entidades interessadas podem ser realizadas até 21 de março. O comitê também contribuirá para a elaboração...

Santo André recebe drive-thru para descarte de eletroeletrônicos, pilhas, baterias e lâmpadas

27/02/2024: Santo André recebe drive-thru para descarte de eletroeletrônicos, pilhas, baterias e lâmpadas

Ação do Semasa, que chega à quarta edição, será realizada nos dias 1º e 2 de março, no Paço Municipal Santo André, 27 de fevereiro de 2024 – Para estimular o descarte correto de resíduos eletroeletrônicos, pilhas, baterias e lâmpadas fluorescentes, o Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André), em parceria com a Green Eletron e a Reciclus, realiza a quarta edição do Drive-thru Sustentável na sexta-feira (1º) e no sábado (2), das 9h às 16h. Ao...

Semasa flagra crime ambiental em área do Parque do Pedroso

24/02/2024: Semasa flagra crime ambiental em área do Parque do Pedroso

Autarquia monitorava denúncia de descarte irregular e movimentação de terra; ação contou com apoio da GCM Vídeo: https://we.tl/t-fqXoWC0rjG   Santo André, 24 de fevereiro de 2024 – Uma área verde pertencente ao Parque Natural Municipal do Pedroso, no Recreio da Borda do Campo, em Santo André, foi alvo de crime ambiental de descarte irregular de resíduos de construção civil, movimentação de terra, aterro de vale e supressão de vegetação, além da perturbação e danos à fauna silvestre.   O local...

Portal de educação ambiental do Semasa ultrapassa fronteiras e tem acesso em 16 países

15/02/2024: Portal de educação ambiental do Semasa ultrapassa fronteiras e tem acesso em 16 países

Hendu foi criado em 2020 para sensibilizar o público infantil sobre as questões ambientais e estimular o contato com a natureza Santo André, 15 de fevereiro de 2024 – O portal Hendu, espaço de educação e sensibilização ambiental do Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André), ganhou notoriedade nacional e internacional. A plataforma já é acessada em 14 estados brasileiros, além do Distrito Federal, e em 16 países. Lançado em 5 de junho de 2021 para que...