04/02/2019 Comunicado Importante

Atualizada em 5/2/19 às 17h50

Desde o último dia 17/1/19, a vazão de água da Sabesp para Santo André, nos horários de maior consumo, tem sido muito menor do que a necessidade da cidade.

É uma situação motivada pelo alto calor e consumo, sem relação com a dívida que o Semasa tem com a Sabesp, problema que está sendo negociado em outra esfera.

A baixa adução prejudicou, em princípio, as regiões mais altas e vulneráveis, mas depois, com a dificuldade de recuperação dos reservatórios e a necessidade da realização de manobras para atender a todos os munícipes, toda cidade passou a ter, em algum momento a  interrupção no fornecimento de água.

Um primeiro agravante ocorreu na madrugada de sexta-feira (1/2). O apagão que atingiu o ABC e a Zona Leste da capital na noite anterior refletiu no funcionamento de bombas da Sabesp, e Santo André recebeu pouca água mesmo durante a madrugada.

Neste último sábado (2/2), a vazão estava estável e os reservatórios caminhavam para a normalização quando uma bomba da Sabesp, na Estação Elevatória de Sapopemba que atende o sistema Rio Claro, queimou. A companhia estadual parou de enviar água para Santo André por este sistema entre as 15h de sábado e meio-dia de domingo (3/2).

Desde ontem (4/2) o Semasa está conseguindo normalizar o sistema, mas este processo é lento porque os reservatórios da cidade estão baixos e a água que chega é consumida imediatamente.

Na tarde desta terça-feira (5/2), a maior parte da cidade já está com o abastecimento normalizado. No entanto, os reservatórios Miami, Clube de Campo, Erasmo (Zonas Baixa e Alta), Vila Suíça (Zonas Baixa, Alta e Altíssima), Camilópolis (Zona Baixa) e Gonzaga (Zona Alta) ainda apresentam alguma deficiência, mas estão enviando água para as regiões que atendem.

Importante salientar que para que o abastecimento se normalize é necessário que a Sabesp mantenha a adução regular. Sem essa regularidade, também é difícil para o Semasa manter uma previsão de retorno de água precisa para seus usuários.

Quanto a isso, o prefeito Paulo Serra tem feito gestões pessoalmente junto ao Governo do Estado, enquanto os técnicos do Semasa também cobram da área técnica da Sabesp a normalização do abastecimento.

O Semasa também solicita a todos os munícipes para fazer uso racional da água, principalmente aqueles que moram em regiões mais baixas e que já estão com o fornecimento normalizado.

ImprimirGerar PDFEnvie para um amigo

NOTÍCIAS

Semasa abre inscrições para curso gratuito de extensão em agroecologia

12/04/2024: Semasa abre inscrições para curso gratuito de extensão em agroecologia

Formação teórico-prática tem encontros até dezembro e é voltada especialmente para os agricultores urbanos de Santo André Santo André, 11 de abril de 2024 – O Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André), por meio do programa Composta Santo André, abre vagas para o curso de extensão em agroecologia. A formação é totalmente gratuita, ocorrerá de abril a dezembro, e é especialmente voltada aos agricultores urbanos que atuam na cidade, também conhecidos como hortelões. Haverá certificado para...

Semasa promove 14ª edição da Gincana Ecológica no Jardim Alzira Franco

09/04/2024: Semasa promove 14ª edição da Gincana Ecológica no Jardim Alzira Franco

Evento ocorrerá neste sábado, das 10h às 15h, na Praça Alzira Franco Santo André, 9 de abril de 2024 – Como parte das comemorações do aniversário de Santo André, o Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André), em parceria com o Fundo Social de Solidariedade, promove mais uma edição da Gincana Ecológica no sábado (13), no Jardim Alzira Franco. O evento, que ocorre das 10h às 15h, tem como objetivo dar um novo destino aos brinquedos em...

Santo André interdita dois estabelecimentos em Utinga por excesso de ruído

05/04/2024: Santo André interdita dois estabelecimentos em Utinga por excesso de ruído

Locais acumulavam infrações e registravam reclamações frequentes da população Santo André, 5 de abril de 2024 – O Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André), por meio da equipe de Fiscalização Ambiental, interditou dois estabelecimentos comerciais em Utinga por problemas recorrentes de excesso de ruído. Os locais foram lacrados com a colocação de barreiras de concreto (new jersey). A ação contou com apoio da Guarda Civil Municipal, por meio da Romu (Rondas Ostensivas Municipais). O primeiro, localizado...

Semasa abre inscrições para minicursos e atividades de Educação Ambiental gratuitas

04/04/2024: Semasa abre inscrições para minicursos e atividades de Educação Ambiental gratuitas

Ações ocorrem ao longo do mês de abril, em comemoração ao aniversário de 471 anos de Santo André Santo André, 4 de abril de 2024 – Para celebrar o aniversário de Santo André, o Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André), por meio da Gerência de Educação e Mobilização Ambiental, promove diversas atividades gratuitas ao longo do mês. São minicursos e oficinas que têm o objetivo de tornar os cidadãos cada vez mais engajados com as causas...