10/11/2014 ‘Temos de aprender a conviver com menos água’

Santo André, 10 de novembro – O presidente da Assemae (Associação Nacional dos Serviços Municipais de Saneamento), Silvio José Marques, disse hoje que a crise hídrica que afeta mais o Estado de São Paulo, e em particular a Região Metropolitana de São Paulo, traz um recado para todos. “Temos de aprender a conviver com menos água. O padrão vai mudar. Já é outro, se pensarmos nos últimos 10 anos”, disse.

O alerta foi feito durante a cerimônia de abertura do 8º Seminário de Tecnologia em Saneamento Ambiental, promovido pela Regional São Paulo da Assemae em parceria com o Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André). O tema central do evento é a Segurança Hídrica e a Gestão de Serviços de Saneamento Básico em São Paulo.

Também na cerimônia de abertura do evento, que está sendo realizado no Teatro Municipal de Santo André, o superintendente do Semasa, Sebastião Ney Vaz Júnior, falou sobre a importância do encontro para a busca de alternativas para a crise hídrica atual. “Já está na hora de ultrapassarmos barreiras e unirmos ações tecnológica e institucional, além da mobilização social para o enfrentamento do problema”, disse o superintendente do Semasa, Sebastião Ney Vaz Jr.

O presidente da Regional São Paulo da Assemae, Aparecido Hojaij , destacou a importância dos serviços municipais de saneamento, defendendo a titularidade do município. “Temos grandes desafios: a universalização do serviço, o respeito à titularidade municipal, a garantia da gestão pública e a efetiva segurança hídrica. Os municípios possuem plenas condições de praticar as ações de saneamento”, disse. Para Aparecido, a atual crise hídrica na Região Sudeste ilustra bem a necessidade de superar os desafios. “Na realidade, a falta de chuva não é suficiente para explicar a falta de água na Cantareira”, acrescentou.
Vários temas importantes para o saneamento ambiental serão abordados até o dia 12, como segurança hídrica, a questão legal entre as empresas prestadoras de serviço e a coleta seletiva de resíduos sólidos.

Os participantes ainda poderão conhecer quatro exemplos de novas tecnologias utilizadas em cidades do estado, que estão contribuindo para a melhoria da gestão. Uma feira de saneamento, com apresentação de produtos e serviço, completa o evento.

A programação completa do 8º Seminário de Tecnologia em Saneamento Ambiental e as inscrições estão disponíveis no site da Associação em www.assemae.org.br.

Serviço
8º Seminário de Tecnologia em Saneamento Ambiental
Data: 10 a 12 de novembro de 2014
Local: Teatro Municipal de Santo André (SP)
Endereço: Praça IV, Centenário, s/nº, Centro.

ImprimirGerar PDFEnvie para um amigo

NOTÍCIAS

Portal de educação ambiental do Semasa ultrapassa fronteiras e tem acesso em 16 países

15/02/2024: Portal de educação ambiental do Semasa ultrapassa fronteiras e tem acesso em 16 países

Hendu foi criado em 2020 para sensibilizar o público infantil sobre as questões ambientais e estimular o contato com a natureza Santo André, 15 de fevereiro de 2024 – O portal Hendu, espaço de educação e sensibilização ambiental do Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André), ganhou notoriedade nacional e internacional. A plataforma já é acessada em 14 estados brasileiros, além do Distrito Federal, e em 16 países. Lançado em 5 de junho de 2021 para que...

Santo André vence prêmio Cidades Educadoras com projeto de educação ambiental do Semasa

09/02/2024: Santo André vence prêmio Cidades Educadoras com projeto de educação ambiental do Semasa

Trabalho andreense foi reconhecido junto a iniciativas do México e de Portugal Santo André, 8 de fevereiro de 2024 – Sensibilização ambiental, participação e respeito pelo planeta. Estes e outros atributos estão presentes no projeto Água, Câmera e Ação, iniciativa realizada pela Gerência de Educação Ambiental do Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) e que acaba de ser premiada como uma das três melhores no Prêmio Internacional Cidades Educadoras 2024. O trabalho concorreu com outras 66...

Santo André chega ao número de 30 Estações de Coleta

07/02/2024: Santo André chega ao número de 30 Estações de Coleta

Município se tornou o maior do Brasil em quantidade de ecopontos, proporcionalmente à sua população Vídeo: https://we.tl/t-ByIv8z8on6   Santo André, 7 de fevereiro de 2024 – Um ecoponto para cada 25 mil moradores. É isso o que a cidade de Santo André proporciona à sua população, de 748.919 habitantes. Nesta quarta-feira (7), com a abertura da Estação de Coleta Parque Marajoara, a cidade conquista o seu 30⁰ ecoponto, consagrando-se como o município brasileiro, proporcionalmente ao total de residentes, que...

Prefeito da cidade de João Ramalho conhece programa Moeda Verde

02/02/2024: Prefeito da cidade de João Ramalho conhece programa Moeda Verde

Município do interior de São Paulo já é o segundo deste ano a se interessar pela iniciativa andreense Santo André, 1º de fevereiro de 2024 – O programa Moeda Verde segue conquistando os olhares e as atenções dos gestores públicos do Estado. Nesta quinta-feira (1º), representantes da cidade de João Ramalho estiveram em Santo André para conhecer de perto a iniciativa andreense que troca resíduos recicláveis por alimentos hortifrútis, contribuindo para a limpeza do município, o bem-estar e qualidade...