Releases de agosto de 2007

Veja as principais notícias do mês

Tim e Semasa fecham parceria para
coleta de resíduos recicláveis


O Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André (Semasa) tem um novo parceiro para incrementar a coleta seletiva na cidade e beneficiar os cinco projetos sociais ligados à reciclagem. Desde julho, os resíduos gerados pela fábrica de softwares e pelo call center da TIM, instalados no município de Santo André, são recolhidos pelo Semasa.

Por gerar mais de 100 litros diários de lixo, a empresa é enquadrada como uma grande geradora de resíduos, o que a torna responsável pela destinação do material. Antes da parceria com o Semasa, a TIM mantinha contrato com uma empresa privada, encarregada do transporte dos resíduos ao Aterro Municipal de Santo André, que era pago.

A iniciativa dos grandes geradores em procurar o serviço do Semasa vai além da preocupação ambiental das empresas, já que a parceria garante a continuidade e ampliação dos projetos sociais do município ligados à reciclagem – Coopcicla, Cooperativa Cidade Limpa, Usina de Triagem e Reciclagem de Papel, Estação Bosque e Refazer. Os resíduos recicláveis coletados pelo Semasa junto aos grandes geradores são enviados a esses projetos, gerando renda para os participantes.

Outro grande gerador, a Fundição Prats separava apenas papelão e vidro para venda e transportava os demais materiais recicláveis ao Aterro junto com o lixo orgânico. Em janeiro deste ano, a empresa firmou parceria com a autarquia, em que realizou um treinamento para 480 funcionários. Hoje é um dos principais parceiros do Semasa no programa de grandes geradores de resíduos, gerando mensalmente cerca de 6 toneladas de recicláveis. Além disso, doa 900 kg mensais de madeiras para a Usina de Beneficiamento de Madeira, operada pelas cooperativas dentro do Aterro Municipal de Santo André.

O trabalho junto aos grandes geradores já envolve mais de 400 parceiros que, em julho, descartaram cerca de 125 toneladas de resíduos. Além do serviço de coleta, o Semasa oferece treinamento, formação para multiplicadores, bags (recipiente) para coleta de recicláveis e painéis informativos. As empresas também podem solicitar instalação pontos de entrega voluntária do Semasa em suas dependências, para recolher recicláveis. Interessados devem ligar no 115.

Santo André intensifica ações contra
descarte irregular de lixo


Rua Leonilda recebe tubos de concreto para impedir depósito irregular de resíduos e Semasa planeja novas Estações de Coleta Seletiva

O Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André (Semasa) implementou novas ações de combate ao descarte irregular de lixo. Além de medidas para impedir o acúmulo de lixo em locais impróprios, a Autarquia irá ampliar o número de Estações de Coleta Seletiva.

Na rua Leonilda, bairro Camilópolis, duas intervenções reduziram a zero a quantidade de resíduos depositados irregularmente em um ponto de acúmulo na via. Foram instalados tubos de concreto para impedir o acesso de veículos à área de descarte e placas de sinalização para orientar os munícipes a não jogarem lixo no local.

Os tubos foram instalados dia 27 de julho e, desde então, não há descarte irregular de lixo na área, que acumulava uma média diária de 30 m3 de resíduos. O Semasa possui cadastrados 86 pontos irregulares de descarte em Santo André. Mesmo com a coleta periódica nesses locais, a quantidade de resíduos acumuladados tem aumentado.

Para não trazer prejuízo ao meio ambiente e à saúde humana, os resíduos recicláveis, inservíveis, entulhos, pneus e podas de jardim em Santo André devem ser depositados nas Estações de Coleta Seletiva, preparadas com caçambas para armazenar os materiais e operadas por membros das cooperativas de reciclagem. As caçambas das estações são esvaziadas diariamente pelo Semasa.

Santo André conta hoje com 11 Estações de Coleta Seletiva (lista abaixo). O Semasa estuda a criação de outras sei

     
Busca:     Capa Fale Conosco Voltar