Autarquia realizará até dezembro oficinas de compostagem e visitas ao Aterro Sanitário Municipal e Parque do Pedroso

Santo André, 18 de novembro de 2021 – O Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) está retomando gradativamente as atividades presenciais de educação ambiental. Frequentadores do Crisa (Centro de Referência do Idoso de Santo André) agora têm a oportunidade de participar gratuitamente de oficinas e visitas com temáticas ambientais e de sustentabilidade.

Na próxima quinta-feira (25), das 9h às 11h30, ocorre a oficina ‘Compostagem, transformando lixo em vida’. A atividade visa mostrar a importância ambiental de reaproveitar restos de alimentos para fazer compostagem, ou seja, adubo para hortas, plantas e jardins. O Semasa realizará a mesma oficina em 9 de dezembro (quinta-feira), no mesmo horário. A iniciativa vai ocorrer no Centro de Referência em Educação Ambiental da autarquia, que fica na rua Igarapava, 250, no bairro Valparaíso.  A Prefeitura de Santo André vai disponibilizar veículo para quem deseja participar da ação.

No dia 7 de dezembro (terça-feira), haverá visita ao Parque do Pedroso. Serão realizadas atividades de percepção ambiental para destacar as características da Mata Atlântica, a importância e os benefícios do contato com a natureza. O encontro será das 9h às 12h. Em caso de chuva, a visita será reagendada.

Para fechar o ciclo de atividades deste ano, o último evento é uma visita ao Aterro Sanitário Municipal, que desde 1999 é operado pelo Semasa. O equipamento é um dos mais bem avaliados no Estado de São Paulo e recebe, por dia, cerca de 630 toneladas de resíduos úmidos. O local também abriga as duas cooperativas de reciclagem do município. A visita vai acontecer das 9h às 12h e antes ocorrerá uma sensibilização inicial sobre resíduos sólidos no endereço do Crisa.

As inscrições para as atividades podem ser feitas pessoalmente na sede do Centro de Referência do Idoso, que fica na rua Bernardino de Campos, 300, no Centro de Santo André,  ou por meio do número 4992-8132, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. Idosos que desejam participar das ações precisam levar documento que comprove idade de 60 anos ou mais, além de carteira de vacinação da Covid-19 atualizada e comprovante de residência.

Em 2022, o Semasa pretende realizar diversas outras atividades em parceria com o Crisa e em outras instituições da cidade. Interessados em receber as ações de educação ambiental podem entrar em contato pelo telefone (11) 4433-9855 ou enviar mensagem para o e-mail ea.agendamento@semasa.sp.gov.br.

Educação Ambiental

Autarquia realizará até dezembro oficinas de compostagem e visitas ao Aterro Sanitário Municipal e Parque do Pedroso Santo André, 18 de novembro de 2021 – O Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) está retomando gradativamente as atividades presenciais de educação ambiental. Frequentadores do Crisa (Centro de Referência do Idoso de Santo André) agora têm a oportunidade de participar gratuitamente de oficinas e visitas com temáticas ambientais e de sustentabilidade. Na próxima quinta-feira (25), das 9h às 11h30, ocorre a oficina ‘Compostagem, transformando lixo em vida’. A atividade visa mostrar a importância ambiental de reaproveitar restos de alimentos para fazer compostagem, ou seja, adubo para hortas, plantas e jardins. O Semasa realizará a mesma oficina em 9 de dezembro (quinta-feira), no mesmo horário. A iniciativa vai ocorrer no Centro de Referência em Educação Ambiental da autarquia, que fica na rua Igarapava, 250, no bairro Valparaíso.  A Prefeitura de Santo André vai disponibilizar veículo para quem deseja participar da ação. No dia 7 de dezembro (terça-feira), haverá visita ao Parque do Pedroso. Serão realizadas atividades de percepção ambiental para destacar as características da Mata Atlântica, a importância e os benefícios do contato com a natureza. O encontro será...

Leia mais

Formação gratuita tem inscrições até dia 16/11 Santo André, 8 de novembro de 2021 – A equipe de Educação Ambiental do Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) abriu inscrições para mais uma edição do pocket curso virtual ‘Alimentação Sustentável’. A formação, que é gratuita e dá direito à certificado de participação, tem inscrições até dia 16/11 pelo site www.semasa.sp.gov.br/minicursos. O material abordado do curso procura oferecer informações que ampliem os conhecimentos e discussões sobre os impactos relacionados à alimentação, agropecuária, indústria alimentícia e sistemas agroflorestais, movimento de slow food e também sobre Pancs (Plantas Alimentícias Não Convencionais). A primeira edição do pocket foi realizada no início deste ano e contou com dezenas de participantes. A pandemia acelerou a busca por informações a respeito do tema alimentação, já que as pessoas passaram a ficar mais tempo em casa e passaram a cozinhar mais. Este processo também permite a reflexão sobre a possibilidade de se estabelecer caminhos mais sustentáveis para a produção de alimentos e para a agricultura em larga escala. A formação faz parte da agenda de atividades do Programa “Sensibilizando Olhares, Compartilhando Saberes” e integra também a Escola de Ouro...

Leia mais

Atividades, destinadas a crianças de 3 a 12 anos, mesclam histórias e reflexões sobre a temática ambiental   Santo André, 29 de outubro de 2021 – Buscando sempre inovar e trazer mais ferramentas de sensibilização ambiental, o Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) estreou uma nova seção no portal Hendu. Trata-se dos “Jogos Hendu”, que traz atividades para crianças de 3 a 12 anos aprenderem e refletirem sobre a temática ambiental. Para a faixa-etária de 3 e 4 anos, o Semasa já disponibilizou jogos sobre economia de água, descarte correto de resíduos domésticos e de conhecimento sobre os elementos que pertencem à natureza. Para crianças que têm entre 5 e 8 anos, há jogos que abordam sobre os tipos de resíduos que existem, como forma de incentivar a coleta seletiva. Também há uma atividade sobre limpeza da cidade, em que os pequenos ajudam a coletar os resíduos que foram jogados irregularmente no meio ambiente. O portal Hendu oferece quatro jogos para quem tem entre 9 e 12 anos. São eles: caça-palavras de resíduos orgânicos (úmidos) e recicláveis (secos), verdadeiro ou falso sobre o tempo em que os materiais recicláveis demoram para se decompor e quiz de...

Leia mais

Interessados em realizar cursos de audiovisual, percepção ambiental e empreendedorismo ainda podem se inscrever até 22 de outubro Santo André, 19 de outubro de 2021 – O Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) deu início ao Água, Câmera e Ação, projeto de educomunicação que visa à sensibilização e formação socioambiental de jovens da Vila de Paranapiacaba e da região do bairro Condomínio Maracanã. A iniciativa promove cursos gratuitos de audiovisual, percepção ambiental e empreendedorismo. A primeira ação ocorreu na última segunda-feira (18), no Centro de Visitantes do Parque Nascentes, localizado em Paranapiacaba.  Os participantes já puderam aprender sobre questões técnicas de audiovisual, como ângulos para filmagens, enquadramentos e equipamentos de iluminação, filmagem e áudio. Jovens das duas regiões que ainda têm interesse em participar do projeto, preferencialmente com idades entre 15 e 29 anos, podem se inscrever até esta sexta-feira (22). Para isso, basta acessar wwww.semasa.sp.gov.br/aca. O Água, Câmera e Ação é composto por 13 cursos, divididos em três módulos. O primeiro, ‘Percepção ambiental, educomunicação e audiovisual’, ocorre de forma presencial até dezembro deste ano, com encontros uma vez por semana, das 14h às 17h. A carga horária é de 35h. Além do Centro de Visitantes do...

Leia mais

Com a melhora do cenário de pandemia, autarquia explora atividade em campo para sensibilizar e estimular a reflexão de crianças sobre diversos assuntos Santo André, 16 de outubro de 2021 – A Tuca, contadora de histórias do portal infantil Hendu, saiu de trás das telas e começou a realizar apresentações de forma presencial. Com a queda de contágios e de internações pelo coronavírus, o Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) vem retomando o trabalho em campo para fazer com que atividades de educação ambiental possam atingir o maior número de crianças. A primeira apresentação presencial ocorreu neste sábado (16) para “lobinhos” do Grupo Escoteiro Jaçatuba, que fica no Parque Jaçatuba. A personagem Tuca contou uma história que trabalha o tema consumismo infantil. Quem nunca escutou a famosa frase “todo mundo tem e eu não tenho”? Baseada nesse pedido incessante, a narrativa abordou sobre uma criança que cobra dos pais os seus desejos e que quer ser “igual a todo mundo”. “Um dos princípios de trabalhar a educação ambiental é fazer com que as crianças se movimentem, brinquem, tenham contato com a natureza e estímulos à imaginação. A Tuca, ao sair das telas, tem como objetivo proporcionar...

Leia mais

Formação on-line e gratuita tem inscrições abertas até o dia 18/10 Santo André, 4 de outubro de 2021 – Estudos científicos apontam que o contato com a natureza ajuda no desenvolvimento neuropsicomotor, reduz problemas comportamentais, melhora o controle de doenças crônicas (como obesidade e diabetes), equilibra os níveis de vitamina D, dentre diversos outros benefícios.  Para falar sobre este assunto, o Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) realiza em outubro o pocket curso ‘Bem-me-quer! Vivenciando a natureza na infância’. No minicurso, os participantes vão poder saber mais como a aproximação com a natureza contribui para a saúde, educação e formação das crianças. As inscrições para a atividade, que será realizada de forma on-line, podem ser realizadas em www.semasa.sp.gov.br/minicursos, até o dia 18 de outubro. As vagas são limitadas. Com carga horária de 5h, haverá emissão de certificado. O início da turma ocorre no dia seguinte e a atividade pode ser feita em até 15 dias. Outros benefícios que o contato com a natureza propicia são: redução do sedentarismo, controle da hiperatividade e desenvolvimento da motricidade. Esses problemas integram o conceito de ‘Transtorno de Déficit de Natureza’, criado pelo jornalista e escritor americano Richard Louv para abordar consequências físicas, mentais e emocionais, além de doenças, que podem ser agravadas pela falta de contato...

Leia mais