Desde janeiro, 19 ralos grelhas sumiram do calçadão na rua Alcides Maia; falta de dispositivos pode ocasionar acidentes e alagamentos

Santo André, 19 de fevereiro de 2021 – O Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) e a GCM (Guarda Civil Municipal) estão trabalhando juntos para coibir um problema que vem ocorrendo no calçadão da rua Alcides Maia, na Vila Luzita: o furto de ralos grelhas.

Desde janeiro, 19 dispositivos – que são fundamentais para captar a água da chuva – sumiram. A falta da peça pode ocasionar acidentes de pedestres e carreamento de resíduos para dentro das galerias de águas pluviais, o que gera alagamentos.

Além de contar com apoio da GCM para intensificar as rondas na região e dar fim a este problema, o Semasa começou a entregar panfletos para alertar a população e pedir que comerciantes de reciclagem de ferro não comprem ou vendem ralos grelhas. Tal ato configura-se crime, previsto no Código Penal – artigo 180.

Para coibir este crime, a autarquia também tem procedido com a reposição de grelhas por modelos articulados reforçados, que possuem quadro chumbado.  Como medida de prevenção, já foi efetuada a solda de 30 ralos.

Caso a população verifique a ausência desses dispositivos ou flagre casos de furtos, a orientação é para ligar na Central de Atendimento do Semasa (115, 0800-4848-115 e 4433-9300), mandar mensagem por meio do site (Fale Conosco) ou ainda entrar em contato pelo Facebook da autarquia. Também é possível ligar para a GCM (4428-1700).

Drenagem

Desde janeiro, 19 ralos grelhas sumiram do calçadão na rua Alcides Maia; falta de dispositivos pode ocasionar acidentes e alagamentos Santo André, 19 de fevereiro de 2021 – O Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) e a GCM (Guarda Civil Municipal) estão trabalhando juntos para coibir um problema que vem ocorrendo no calçadão da rua Alcides Maia, na Vila Luzita: o furto de ralos grelhas. Desde janeiro, 19 dispositivos – que são fundamentais para captar a água da chuva – sumiram. A falta da peça pode ocasionar acidentes de pedestres e carreamento de resíduos para dentro das galerias de águas pluviais, o que gera alagamentos. Além de contar com apoio da GCM para intensificar as rondas na região e dar fim a este problema, o Semasa começou a entregar panfletos para alertar a população e pedir que comerciantes de reciclagem de ferro não comprem ou vendem ralos grelhas. Tal ato configura-se crime, previsto no Código Penal – artigo 180. Para coibir este crime, a autarquia também tem procedido com a reposição de grelhas por modelos articulados reforçados, que possuem quadro chumbado.  Como medida de prevenção, já foi efetuada a solda de 30 ralos. Caso a população...

Leia mais

Intervenções acontecem atualmente em seis frentes de trabalho; cerca de 40% dos serviços realizados pelo Semasa já foram concluídos Santo André, 1º de fevereiro de 2021 – As obras do Complexo Viário Cassaquera entraram em uma nova etapa e agora acontecem simultaneamente em seis frentes de trabalho. O Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) começou a construir galerias de águas pluviais na avenida Professor Luiz Ignácio de Anhaia Melo, além de novas bocas de lobo, guias e sarjetas. Os novos serviços compõem o sistema de microdrenagem – que ajuda no escoamento de águas superficiais, contribuindo para diminuir a incidência de pontos de alagamento. Serão construídos ao todo 3.200 metros de guias e sarjetas e 1.065 metros de tubulações que vão encaminhar a água da chuva para o córrego Cassaquera. Também vão ser implantadas 71 bocas de lobo. Além desses serviços, as outras cinco frentes de trabalho que ocorrem atualmente nas obras do Complexo Viário Cassaquera são: remoção de camada de terra do córrego; criação da nova base do curso d’água, com aplicação de rachão, brita corrida e lastro de concreto; assentamento de aduelas (estruturas pré-moldadas que formam o novo traçado do córrego); concretagem das vigas de coroamento das aduelas; e compatibilização do...

Leia mais

Um dos maiores programas de obras de saneamento da história da cidade também conta com redes sociais próprias O Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) lança à população o website do Sanear Santo André, um dos maiores programas de obras de saneamento, drenagem e infraestrutura que o município já teve. Serão executadas diversas intervenções com financiamento internacional de US$ 50 milhões por meio da CAF – Banco de Desenvolvimento da América Latina. As primeiras obras começaram em junho do ano passado, com a canalização do córrego Cassaquera.    O portal – que conta com versão mobile – contextualiza, explica e mostra todas as intervenções que serão realizadas até 2024, abordando os benefícios dos trabalhos para os moradores, o meio ambiente e a mobilidade urbana. Além da canalização de um trecho de 1,7 quilômetro do córrego Cassaquera, as obras incluem um novo viário na avenida Professor Luiz Ignácio de Anhaia Melo – que terá três faixas de cada lado do córrego, iluminação LED e projeto paisagístico –, 20 novas Estações de Coleta, um piscinão na sub-bacia do córrego Guarará e a modernização do sistema de monitoramento de chuvas da cidade. Para que a população possa acompanhar de perto os serviços, o website explora o uso de...

Leia mais

Semasa está efetuando capina, roçada e desassoreamento de córregos, além de remoção de resíduos em bocas de lobo Santo André, 7 de janeiro de 2021 – Para evitar que o Jardim Bom Pastor sofra com os efeitos ocasionados por fortes chuvas do período de verão, o Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) está realizando diversas ações de limpeza em equipamentos que compõem o sistema de drenagem.A autarquia executa, desde dezembro, serviços de remoção de resíduos e desassoreamento do tanque de retenção de águas pluviais na avenida Sarina e na rua Xingu, além de capina e roçada nos córregos Araçatuba e dos Meninos. Os serviços de desassoreamento são feitos com o uso de máquina e escavadeira hidráulica. Já foram retirados desses locais mais de 84 metros cúbicos de resíduos.As ruas Inverno e Jordão, além das avenidas Bom Pastor e Sarina, dentre outros locais, também estão sendo contempladas com serviços de prevenção para garantir o bom funcionamento dos equipamentos e controlar possíveis enchentes e pontos de alagamento. Nesses locais, está sendo feita a limpeza de bocas de lobo.Durante todo o ano, o Semasa realiza manutenções e ações preventivas nos bairros da cidade. Com a chegada do período de fortes precipitações, no entanto,...

Leia mais

Encontro possibilitou mostrar avanços e quais serão as próximas intervenções realizadas na cidade Santo André, 9 de dezembro de 2020 – O Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) realizou a segunda missão técnica com representantes da CAF (Corporação Andina de Fomento), o Banco de Desenvolvimento da América Latina responsável por financiar o Programa Sanear Santo André – uma das maiores obras de saneamento, drenagem e infraestrutura da história da cidade, no valor de US$ 50 milhões. O encontro, realizado de forma virtual, teve como objetivo informar o estágio das intervenções, bem como o escopo do programa. As primeiras obras começaram em junho, com a canalização de 1,7 km do córrego Cassaquera. Cerca de 35% das intervenções já foram concluídas, o que inclui serviços de movimentação de terra, preparação da base, colocação de aduelas (estruturas de concreto armado que formam o novo traçado do curso d’água) e compatibilização do leito. Essas intervenções fazem parte do Complexo Viário Cassaquera, que também contempla a criação de um novo sistema viário na avenida Luiz Ignácio de Anhaia Melo, além de projeto paisagístico na região. A reunião com representantes da CAF também visou mostrar quais serão as próximas melhorias realizadas na...

Leia mais

Equipamentos passaram a substituir o uso de papel em vistorias e serviços Santo André, 8 de dezembro de 2020 – Para facilitar o trabalho em campo realizado por técnicos e engenheiros da equipe de drenagem do Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André), os funcionários da autarquia agora contam com tablets com acesso a todo o cadastro da rede de águas pluviais da cidade. Em tempo real e sem uso de papel, os técnicos conseguem consultar as informações completas sobre a extensão de uma tubulação, quantidade de bocas de lobo em determinada área e localização de poços de visita. Antes, a cada serviço, as equipes tinham de levar o cadastro impresso até o local de execução dos trabalhos. Os tablets permitem agilizar os atendimentos e facilitar o acesso a informações. Além disso, por meio do cadastro digitalizado é possível também consultar se há alguma interferência no local, como redes de água e esgoto, por exemplo. A equipe do Semasa tem realizado vistorias em conjunto com os engenheiros responsáveis pelas obras do Complexo Cassaquera e os tablets já têm sido utilizados nas verificações. Atualmente, Santo André conta com cerca de 450 km de redes de drenagem. O sistema...

Leia mais