Dúvidas frequentes

  • 01 – Como posso tirar a 2ª via da minha conta de saneamento?
    • A segunda via de sua conta de água pode ser emitida das seguintes maneiras:
      – Através de nossos Postos de Atendimento, onde a conta é impressa na hora, sendo cobrado o valor de 1,37 FMP’s (lançados posteriormente em conta).
      – Gratuitamente através desse link. Será solicitada a informação do n° conta.
      Para imprimir a 2ª via de uma conta, é necessário ter um programa leitor de PDF compatível com o do site do Semasa. No link 2ª via existe um atalho para atualização do programa, localizado no final da página.
  • 02 – O que significa o item água no atacado em minha conta de saneamento?
    • Em cumprimento ao estabelecido na Política Nacional de Saneamento Básico (Lei Federal 11.445/2007), o Semasa passou a discriminar na Conta de Saneamento Ambiental os valores destinados à Sabesp pela compra de água no atacado e a parte que se refere aos demais serviços prestados pela autarquia municipal, como tratamento, distribuição etc. Estes valores são os definidos por Decreto municipal. Para saber o valor atual, acesso o link “Entenda a sua conta”.
      A mudança na conta não trouxe qualquer alteração para o usuário. Apenas a apresentação, antes demonstrada com os dois itens englobados, passou a ser discriminada em separado: “Água no atacado” e “Água”. Desta forma, estará bem claro para o usuário de Santo André qual é o valor do total da água consumida que o Semasa está repassando diretamente à Sabesp.
  • 03 – Eu paguei a conta, mas recebi um aviso de que ela não foi paga. Como devo proceder?
    • O munícipe deve apresentar a conta mencionada e seu comprovante de pagamento em um de nossos Postos de Atendimento ou por meio do envio de um fax para o nosso atendimento telefônico. Com o comprovante, o Semasa vai efetuar a baixa manual deste pagamento, evitando assim um possível corte no fornecimento de água de seu imóvel.
      A ordem de serviço para o corte pode ser gerada após 30 dias do vencimento da conta (para imóveis residenciais) e 45 dias (para imóveis comerciais). Caso haja corte no fornecimento, o restabelecimento também deve ser solicitado através da apresentação da conta que gerou o corte e seu comprovante de pagamento em um de nossos Postos de Atendimento, ou através do atendimento telefônico. Se estiver fora de Santo André, o atendimento telefônico deverá ser efetuado através do número: 4433-9300. O prazo para religação é de até 02 dias úteis.
  • 04 – Outros moradores de Santo André recebem suas contas com cálculos diferentes dos meus?
    • As tarifas praticadas pelo Semasa seguem uma tabela escalonada, na qual há alteração de valor conforme a faixa de consumo. Caso o morador considere que o consumo de seu imóvel esteja incorreto, é possível solicitar uma verificação junto ao Semasa. Para isso é necessário seu comparecimento a um de nossos Postos de Atendimento com uma conta de água e a leitura do hidrômetro no dia de seu comparecimento.
  • 05 – Eu posso alterar a data de vencimento da minha conta?
    • O Semasa oferece aos seus clientes as seguintes opções de vencimento para as contas de saneamento ambiental (conta de água): dias 05, 10, 15, 20, 25 e 30 de cada mês. A alteração pode ser efetuada através de um dos Postos de Atendimento; do Fale Conosco ou ainda através do atendimento telefônico 115 (atendimento 24 horas). O morador pode solicitar uma nova mudança um ano depois de ter requisitado a última alteração.
  • 06 – Como posso pagar minha conta de saneamento por meio de débito automático?
    • O cadastro da conta de saneamento ambiental (conta de água) em débito automático deve ser feito junto a agência bancária onde possui conta corrente. Alguns bancos oferecem este serviço por telefone ou internet. O código para cadastramento é o próprio número conta.
  • 07 – Como posso obter uma declaração para Individualização de Hidrômetros?
    • Será necessário o comparecimento do interessado a um dos Postos de Atendimento do Semasa para apresentação dos seguintes documentos:
      Para conclusão de obra (Habite-se):
      – Requerimento solicitando a declaração de individualização de hidrômetros para fins de apresentação na PSA, contendo o endereço, a classificação fiscal e telefone para contato (que poderá ser preenchido no Posto de Atendimento)
      – Do proprietário: Comprovante de propriedade (escritura, ou contrato de compra e venda, ou contrato de cessão de direitos registrados, ou com reconhecimento das assinaturas em cartório, ou averbação da matricula, ou Carta de Arrematação/Adjudicação). Para contratos efetuados por bancos ou por cartórios, não há a necessidade do reconhecimento das assinaturas.
      – Do responsável ou procurador: Apresentar os documentos acima, conforme o caso, e procuração expedida pelo proprietário do imóvel delegando poderes.
      Para tratar de assuntos relacionados ao atendimento em órgãos públicos; para tratar de assuntos relacionados ao SEMASA ou delegando plenos poderes para tratar qualquer tipo de assunto:
      – Para todos os itens acima a procuração deverá estar com reconhecimento das assinaturas em cartório ou registrada em cartório
      – Cópia e original do CPF e RG ou CNH, nos casos de procurador apresentar cópias de ambos, representante e representado;
      – Cópia da Planta do Projeto Aprovada (Completa/na integra)
      – Cópia das Contas de Saneamento Ambiental.
      Para Regularização de Obra ou Conclusão de Obra com Processo em tramitação na PSA:
      – Apresentar os documentos já citados e Cópia Planta de Projeto (Completa/na integra), neste caso não será necessário possuir aprovação pela PSA.
  • 08 – Minha casa sofreu uma inundação. Eu posso ter desconto na conta de saneamento ou no IPTU por causa disso?
    • Sim. As leis municipais 8.217, de 13 de julho de 2001; 9.304, de 15 de fevereiro de 2011; e 9.038, de 16 de maio de 2008 concedem aos usuários descontos nas contas de saneamento ambiental cujos imóveis sofreram consequências das inundações. O desconto será concedido sobre as tarifas de água e esgoto, em valor correspondente àquele que ultrapasse a média de consumo dos últimos 06 meses.
      Já as leis municipais 7.157, de 29 de junho de 1994; 7.396, de 04 de julho de 1996; 9.111, de 17 de dezembro de 2008 e o decreto municipal 15.965, de 18 de novembro de 2009, concedem aos munícipes isenções no pagamento do IPTU, em consequência de inundações.
      Interessados em obter um dos benefícios ou ambos deverão comparecer aos Postos de Atendimento do SEMASA, à Praça de Atendimento da Prefeitura de Santo André ou a um dos Postos SIM da cidade para retirada de requerimento padrão, munido dos documentos:
      – Cópia do RG, CPF ou CNH do responsável;
      – Se for o procurador, deverá juntar cópia CPF e RG e procuração com fins específicos ou delegando plenos poderes com firma reconhecida;
      – Cópia de capa do IPTU ou da conta de saneamento ambiental (conta de água);
      – Cópia do documento que comprova o vínculo com o imóvel, por exemplo: escritura pública, contrato de compra e venda ou contrato de locação (sem necessidade de firmas reconhecidas ou registro em cartório);
      – Para imóvel emprestado, apresentar além dos documentos relacionados, procuração com reconhecimento de firmas das assinaturas. Para requerer os benefícios em questão, o solicitante deverá: Para isenção de IPTU:
      – Ser proprietário ou compromissário comprador do imóvel;
      – Ser o responsável pelo pagamento do IPTU no exercício fiscal da ocorrência;
      – Para solicitações direcionadas ao SEMASA, ser titular da conta de saneamento ambiental (conta de água).
      A isenção de IPTU será de 60 (sessenta) dias a partir da data da ocorrência. O desconto na conta de saneamento ambiental (conta de água) será de 90 (noventa) dias a partir da data da ocorrência.
  • 09 – Está faltando água na minha casa, mas não consta que falta água no meu bairro. O que está acontecendo?
    • Neste caso, é bom verificar se o registro do cavalete de seu imóvel está aberto. Para isso, o Semasa pede que o munícipe entre em contato através de um canal de atendimento. Será aberta uma solicitação de serviço para verificação de baixa pressão.
  • 10 – Moro em um condomínio e quero individualizar o hidrômetro. Como posso proceder?
    • O Semasa não efetua individualização de hidrômetros em condomínios. A responsabilidade da autarquia, nesse caso, é a de executar a ligação de água para abastecimento total do local. A individualização de hidrômetros é de responsabilidade do próprio condomínio.
  • 11 – Como posso solicitar a reabertura da minha ligação de água?
    • Para solicitar o restabelecimento de seu fornecimento, é necessário apresentar-nos a conta que gerou o corte e seu comprovante de pagamento, através de um dos seguintes canais de atendimento:
      – pessoalmente em um de nossos Postos de Atendimento.
      – enviando Fax para o atendimento telefônico 115 (atendimento 24 horas). Se estiver fora da cidade de Santo André no momento de seu contato, o atendimento telefônico deverá ser efetuado através do número: 4433-9300 (ligação tarifada).
      – enviando um e-mail para comprovante@semasa.sp.gov.br juntamente com o nº de sua conta, telefone para contato e seu nome, informando se é um pedido de religação ou apenas informação de pagamento de conta em atraso.
      Após o envio, entre em contato através do atendimento telefônico 115 para verificar o recebimento de seu e-mail e confirmar sua solicitação. O prazo para religação é de até 2 dias úteis.
  • 12 – Preciso que seja mudada a posição ou o local de instalação de meu cavalete. Como posso solicitar esse serviço?
    • A mudança de cavalete em até 5 metros pode ser efetuada pelo atendimento telefônico 115 ou em um dos Postos de Atendimento do Semasa. Mudanças com metragens maiores só podem ser solicitadas através de seu comparecimento a um de nossos Postos de Atendimento munido de RG, CPF, conta de água e informando em qual medida (metragem) ficará posicionado o cavalete.
  • 13 – Qual devia ser a média de consumo da minha casa?
    • A expectativa de consumo varia conforme o número de moradores de um imóvel. Confira abaixo a tabela de consumo. Se o seu imóvel consome muito acima dessa média, cuidado: você pode estar com vazamento
      Quantidade de Pessoas Consumo Diário Consumo Mensal
      1 120/180 litros 4/6 m³
      2 240/360 litros 7/11 m³
      3 360/540 litros; 11/16 m³
      4 480/720 litros 14/22 m³
      5 600/900 litros 18/27 m³
      6 720/1080 litros 22/32m³
      7 840/1260 litros 25/38 m³
      8 960/1440 litros 29/43 m³
      9 1080/1620 litros 32/49 m³
      10 1200/1800 litros 36/54 m³
      11 1320/1980 litros 40/59 m³
      12 1440/2160 litros 43/65m³
      13 1560/2340 litros; 47/70 m³
      14 1680/2520 litros 50/76 m³
      15 1800/2700 litros 54/81 m³
      16 1920/2880 litros 58/86 m³
      17 2040/3060 litros 61/92 m³
      18 2160/3240 litros 65/97 m³
      19 2280/3420 litros 68/103 m³
      20 2400/3600 litros 72/108 m³
      21 2520/3780 litros 76/113 m³
      22 2640/3960 litros 79/119 m³
      23 2760/4140 litros 83/124 m³
      24 2880/4320 litros 86/130 m³
      25 3000/4500 litros 90/135 m³
      26 3120/4680 litros 94/140 m³
      27 3240/4860 litros 97/146 m³
      28 3360/5040 litros 101/151m³
      29 3480/5220 litros 104/157m³
      30 3600/5400 litros 108/162m³
  • 14 – Como é cobrada a taxa de drenagem?
    • Ela se refere ao serviço de drenagem de águas pluviais, relativo à operação e à manutenção dos sistemas micro e macrodrenagem do Município. A taxa é calculada sobre a área coberta do imóvel. Foi lançada de acordo com a Lei 7.606, de 23 de dezembro de 1997, segundo Artigo 2º. Esta lei estabelece que:
      – a taxa de drenagem é devida em razão da utilização efetiva ou da possibilidade de utilização, pelo usuário, dos serviços públicos de drenagem de águas pluviais, decorrentes da operação e manutenção dos sistemas de micro e macrodrenagem existentes no Município.
      – Tratando-se de classificação fiscal com mais de um lançamento de conta de saneamento ambiental, a divisão dos valores da taxa de drenagem é dividida em partes iguais entre as contas.
      Caso o munícipe considere que a metragem base para cálculo esteja incorreta, é necessário seu comparecimento a um de nossos Postos de Atendimento para apresentação dos seguintes documentos:
      Do imóvel:
      – conta de Saneamento Ambiental
      – carnê de IPTU do ano atual ou certidão atualizada fornecida pela PSA que comprove área construída e coberta do imóvel.
      Do condomínio:
      – conta de Saneamento Ambiental
      carnê de IPTU do ano atual de cada apartamento ou certidão atualizada fornecida pela PSA que comprove área construída e coberta.
  • 15 – Meu consumo está mais alto do que antigamente e não houve um aumento de moradores no meu imóvel nem a instalação de equipamento que aumentasse o gasto de água. O que aconteceu?
    • Seu hidrômetro pode estar muito antigo e será necessária a troca.
  • 16 – Como posso solicitar a troca de meu hidrômetro?
    • A solicitação deve ser efetivada em um de nossos postos de atendimento ou através do atendimento telefônico 115 (atendimento 24 horas). Para solicitar esse serviço é necessário informar o número conta do imóvel. Se o hidrômetro tiver menos de 5 anos de uso, o usuário deverá arcar com os custos da troca.
  • 17 – Solicitei a troca de meu hidrômetro porque considerava minha conta alta demais. Posso pedir a revisão?
    • Sim: 10 dias após a da troca do hidrômetro de seu imóvel, compareça a um de nossos postos de atendimento munido da conta de água e da leitura atual do novo hidrômetro (leitura do dia de seu comparecimento), para análise e possível revisão da conta.

ImprimirGerar PDFEnvie para um amigo