27/04/2022 Semasa amplia área para disposição de resíduos no Aterro Sanitário

 

Licença de operação emitida pela Cetesb era o último passo para utilização da nova área

Santo André, 27 de abril de 2022 – O Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) obteve da Cetesb a Licença de Operação (LO) para início da disposição de resíduos na fase 2 de ampliação do Aterro Sanitário municipal. O prefeito Paulo Serra realizou vistoria no equipamento nesta quarta-feira (27), quando teve início a operação.

“Começamos hoje a operar a ampliação do aterro municipal. Esta é uma obra que, apesar de não ser perceptível no dia a dia da população, tem impacto direto na qualidade de vida na nossa cidade”, afirma o prefeito Paulo Serra.

O aterro de Santo André é o único equipamento público da região e, ao utilizar o novo espaço – evitando que o lixo seja disposto em um aterro particular – a economia esperada é de aproximadamente R$ 40 milhões (valor equivalente ao período em que o local poderá continuar recebendo resíduos, até que cesse a sua vida útil). A área liberada nesta etapa é de 17.970 metros quadrados, e permitirá receber resíduos por dois anos. Há ainda uma outra etapa de ampliação, cujos estudos e processos serão iniciados ainda este ano. Esta outra área garantirá ao aterro mais três anos de operação, totalizando cinco anos de vida útil nestes dois momentos.

“Seguimos investindo em programas e ações que fomentem e sensibilizem as pessoas para a correta separação de resíduos. Além disso, realizamos recentemente um estudo com os catadores informais da cidade e, a partir deste diagnóstico, pretendemos inserir estas pessoas nas cooperativas de reciclagem, dando mais dignidade ao trabalho delas”, comentou o superintendente do Semasa, Gilvan Junior, também presente na vistoria.

O processo de licenciamento teve início em 2018, sendo que o Semasa desenvolveu diversos estudos técnicos que subsidiariam a Cetesb no parecer técnico, e que permitiram a viabilidade ambiental da ampliação. “As obras de escavação e impermeabilização do solo, essenciais para garantir a segurança do meio ambiente e evitar qualquer tipo de contaminação, duraram seis meses e, em novembro de 2021, a autarquia solicitou a Licença de Operação ao órgão estadual. No total, a autarquia investiu R$ 5 milhões nas obras de expansão”, explica o diretor de resíduos sólidos do Semasa, Edinilson Ferreira dos Santos.

A autarquia desenvolve ainda outras iniciativas para ampliar a vida útil do espaço e melhorar o gerenciamento e a disposição final de resíduos na cidade. Há projeto para instalar uma usina de compostagem, dentro da área do aterro, para processamento e transformação de resíduos orgânicos de feiras-livres e poda em composto orgânico e, em breve, também ocorrerá a implantação de um britador para beneficiamento dos resíduos de construção civil.

Histórico – O aterro andreense recebe 100% dos resíduos úmidos gerados na cidade, ou seja, 19 mil toneladas por mês. As obras de ampliação do espaço foram divididas em três etapas. As intervenções permitiram ampliar a área de disposição de lixo em 30%, passando de 217 mil metros quadrados para os atuais 280 mil.

O local, cuja gestão é do Semasa, é um dos equipamentos públicos mais bem avaliados pela Cetesb, com nota 9,4. Aberto em 1986, o aterro integra o Centro de Tratamento de Resíduos (CTR), que abriga ainda as duas cooperativas de reciclagem parceiras do município, responsáveis pela triagem e venda dos materiais recicláveis oriundos da Coleta Seletiva, o ecoponto especial de pneus de grandes geradores e as lagoas de chorume (líquido percolado proveniente da decomposição do lixo orgânico).

Futuro – Por meio do programa Sanear Santo André, a Prefeitura de Santo André e o Semasa vão implantar uma nova Central de Triagem de Resíduos Recicláveis em uma área contígua ao aterro. Além disso, está em andamento a Parceria Público Privada para proposições de projetos, estudos e alternativas para a modernização e melhoria da gestão de resíduos andreense o que, a médio prazo, poderá apresentar novas metodologias e ferramentas para a disposição final dos resíduos orgânicos gerados no município, tendo em vista que em determinado momento o espaço e a vida útil do aterro se cessarão

ImprimirGerar PDFEnvie para um amigo

NOTÍCIAS

Moeda Pet chega aos núcleos Sacadura Cabral, Missionários, Sorocaba e Cruzado

31/01/2023: Moeda Pet chega aos núcleos Sacadura Cabral, Missionários, Sorocaba e Cruzado

Programa que troca garrafas PET por ração ocorrerá junto ao Moeda Verde, que troca recicláveis por alimentos Santo André, 31 de janeiro de 2023 – Em fevereiro, o programa Moeda Pet chega a novas comunidades para beneficiar moradores que já participam do programa Moeda Verde. Nesta quarta-feira (1º), é a vez de os moradores do Núcleo Sacadura Cabral também trocarem garrafas PET por ração para cães e gatos, ao mesmo tempo em que podem trocar recicláveis por alimentos. As...

Melhorias de saneamento e mobilidade são principais marcos do Complexo Cassaquera

31/01/2023: Melhorias de saneamento e mobilidade são principais marcos do Complexo Cassaquera

Prefeitura de Santo André e Semasa comemoram nesta segunda-feira um ano de entrega das obras Santo André, 30 de janeiro de 2023 – Há exato um ano, Santo André celebrava a entrega do Complexo Viário Cassaquera, um pacote de obras de saneamento, infraestrutura e mobilidade que era aguardado há décadas pelos moradores que residem na região da Avenida Professor Luiz Ignácio de Anhaia Mello, entre a Vila Homero Thon e o bairro Centreville.   Passados 365 dias desde o...

Moeda Verde e Moeda Pet chegam às comunidades Lamartine, Eucaliptos e Vila Sá

23/01/2023: Moeda Verde e Moeda Pet chegam às comunidades Lamartine, Eucaliptos e Vila Sá

Trocas conjuntas ocorrerão a cada dois meses Santo André, 23 de janeiro de 2023 – Como parte do processo de expansão do Moeda Pet, nos próximos dias 25 (quarta-feira), 26 (quinta-feira) e 31/1 (terça-feira), a Prefeitura de Santo André, em parceria com o Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André), inicia as trocas conjuntas do Moeda Verde e Moeda Pet nos núcleos Lamartine, Eucaliptos e Vila Sá – respectivamente. Nestes locais, o Moeda Verde já acontece regularmente,...

Semasa retoma visitas ao Aterro Sanitário de Santo André

19/01/2023: Semasa retoma visitas ao Aterro Sanitário de Santo André

Agenda está aberta para todos os segmentos da sociedade Santo André, 19 de janeiro de 2023 – Um dos principais equipamentos de sensibilização ambiental sobre temáticas de resíduos sólidos, o Aterro Sanitário de Santo André retomou a agenda de 2023 para visitas monitoradas ao espaço. Administrado pelo Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André), o complexo do Centro de Tratamento de Resíduos abriga as cooperativas de reciclagem, o ecoponto especial para recolhimento de pneus, as lagoas de...