23/11/2021 Moeda Verde completa quatro anos e muda realidade de quase 100 mil pessoas em Santo André

Programa inovador que troca recicláveis por alimentos atende 18 comunidades carentes da cidade

Santo André, 23 de novembro de 2021 – Faz quatro anos que o sonho de implementar um projeto que unisse sustentabilidade e segurança alimentar se tornou realidade. O Moeda Verde, iniciativa do Fundo Social de Solidariedade em parceria com o Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André), cresceu e se consolidou. Hoje, são atendidas 18 comunidades, beneficiando, direta e indiretamente, 100 mil pessoas.

“Essa é uma das ações mais importantes para melhorar a qualidade de vida da população e deixar a cidade mais limpa e sustentável. Além disso, ampliou a educação ambiental e o sentimento de cuidado com os espaços públicos. A troca de recicláveis por frutas, hortaliças e legumes de qualidade se mostrou uma das ferramentas de melhoria da autoestima e de resgate da cidadania dos andreenses. Vamos seguir em frente. Este trabalho não para mais”, afirma a primeira-dama e presidente do Fundo Social de Solidariedade, Ana Carolina Barreto Serra.

Neste ano, o programa se expandiu para mais quatro comunidades: Sacadura Cabral, Lamartine (Jardim Santo André), Chácara Baronesa (Jardim Las Vegas) e Maurício de Medeiros (Jardim Irene). “Nosso objetivo é continuar crescendo. Queremos chegar a 30 locais de trocas nos próximos três anos. Com a pandemia, muitas famílias tiveram queda na renda e têm dificuldades até para se alimentar. O Moeda Verde ajuda a amenizar essa situação, trazendo dignidade a quem mais precisa”, avalia o superintendente do Semasa, Gilvan Junior.

Até o momento, os participantes do programa já entregaram 515 toneladas de recicláveis, contribuindo para o aumento da coleta seletiva e a diminuição de materiais que poderiam ser destinados ao aterro da cidade. Em troca, foram distribuídas aos moradores 103 toneladas de hortifrútis como cenoura, tomate, couve, alface, laranja, maçã, banana, mamão e melão, entre outros.

Com o Moeda Verde, foi possível também a recuperação de locais que sofriam com o despejo de entulho, móveis e outros materiais. A eliminação de pontos de descarte de resíduos possibilitou a transformação destes espaços em áreas verdes, praças ou estacionamentos, trazendo mais saúde e bem-estar para a população – que tinha de lidar com o aparecimento de ratos, insetos e baratas, além do odor do lixo – e aumentando a sensação de pertencimento nos locais onde os moradores vivem.

Todos os resíduos recicláveis entregues pelos participantes são encaminhados às duas cooperativas de reciclagem que existem em Santo André, o que contribui para melhorar a renda de mais de 120 cooperados.

A programação do Moeda Verde e outras informações podem ser encontradas em www.semasa.sp.gov.br/moedaverde.

ImprimirGerar PDFEnvie para um amigo

NOTÍCIAS

Educação Ambiental do Semasa oferece atividades de sensibilização para crianças neste sábado (4)

29/11/2021: Educação Ambiental do Semasa oferece atividades de sensibilização para crianças neste sábado (4)

Ação do projeto ConheSendo ocorre em parceria com a autarquia e tem programação gratuita Santo André, 24 de novembro de 2021 – A equipe de educação ambiental do Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) participa neste sábado (4/12) de uma tarde de atividades de sensibilização ambiental realizada pelo Projeto ConheSendo. A programação desenvolvida pela instituição é totalmente gratuita e voltada especialmente para crianças entre 3 e 10 anos. A ação é uma iniciativa do Projeto ConheSendo,...

Semasa leva atividades de educação ambiental para Centro de Referência do Idoso

18/11/2021: Semasa leva atividades de educação ambiental para Centro de Referência do Idoso

Autarquia realizará até dezembro oficinas de compostagem e visitas ao Aterro Sanitário Municipal e Parque do Pedroso Santo André, 18 de novembro de 2021 – O Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) está retomando gradativamente as atividades presenciais de educação ambiental. Frequentadores do Crisa (Centro de Referência do Idoso de Santo André) agora têm a oportunidade de participar gratuitamente de oficinas e visitas com temáticas ambientais e de sustentabilidade. Na próxima quinta-feira (25), das 9h às...

Santo André é a primeira cidade do ABC a aderir a sistema que reduz descarte irregular de entulho

16/11/2021: Santo André é a primeira cidade do ABC a aderir a sistema que reduz descarte irregular de entulho

Iniciativa vai realizar gerenciamento de resíduos de construção civil Santo André, 16 de novembro de 2021 – Em cumprimento ao Plano Municipal de Gestão de Resíduos de Construção Civil, Santo André, por meio do Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André), aderiu ao Sigor (Sistema de Gerenciamento Online de Resíduos Sólidos) módulo RCC, gerenciado pela Cetesb. Agora, o município contará com mais uma ferramenta de controle da geração e destinação dos resíduos de construção de empreendimentos na...

Estudo de catadores subsidiará políticas públicas em Santo André

11/11/2021: Estudo de catadores subsidiará políticas públicas em Santo André

Semasa está desenvolvendo pesquisa para mapear o contingente de pessoas que recolhem e comercializam recicláveis no município Santo André, 11 de novembro de 2021 –  Santo André iniciou nesta quinta-feira (11) uma pesquisa de campo que visa mapear o contingente de pessoas que recolhem recicláveis pelas ruas do município e trabalham com a compra e venda desses materiais, a exemplo de profissionais que atuam em ferro velho. É uma iniciativa realizada pelo Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de...