16/11/2021 Santo André é a primeira cidade do ABC a aderir a sistema que reduz descarte irregular de entulho

Iniciativa vai realizar gerenciamento de resíduos de construção civil

Santo André, 16 de novembro de 2021 – Em cumprimento ao Plano Municipal de Gestão de Resíduos de Construção Civil, Santo André, por meio do Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André), aderiu ao Sigor (Sistema de Gerenciamento Online de Resíduos Sólidos) módulo RCC, gerenciado pela Cetesb. Agora, o município contará com mais uma ferramenta de controle da geração e destinação dos resíduos de construção de empreendimentos na cidade.

O Sigor – módulo resíduos de construção civil – é um sistema digital que permite aos municípios e ao Estado monitorar a movimentação dos resíduos de construção. Ou seja, é mais um instrumento para coibir o descarte irregular de lixo, principalmente de entulho de canteiros de obras. A plataforma está dividida para utilização por quatro tipos de usuários: gerador, transportador, destino e prefeituras, permitindo o rastreamento desde a origem até o destino deste tipo de resíduo.

“Santo André é a primeira cidade do ABC a adotar o sistema estadual e esta é mais uma ferramenta de gestão que vai complementar o importante e reconhecido trabalho do Semasa na área de resíduos sólidos. Além disso, vai contribuir para a redução do descarte irregular de lixo em nossa cidade”, explica o superintendente do Semasa, Gilvan Junior. A adesão à plataforma também está em consonância com a legislação estadual e federal, como o Plano Nacional de Resíduos Sólidos.

A partir desta terça-feira (16) começa a fase de transição para adesão ao sistema. Em 6 de dezembro, a utilização da plataforma torna-se obrigatória. Os responsáveis por empreendimentos necessitam apresentar Estudo de Impacto de Vizinhança junto à Prefeitura e ao Semasa para intervenções com movimentação de terra passíveis de licenciamento ambiental junto à autarquia (acima de 3 mil m³).

A cidade já conta com o Plano Municipal de Gestão de Resíduos de Construção Civil (PMGRCC), aprovado em março de 2021, e que apresenta as diretrizes para a geração, coleta e destinação final deste tipo de resíduo. O documento incorpora instruções tanto para as obras executadas pelo poder público quanto para aquelas geridas pelos entes particulares. A legislação foi implementada em razão das problemáticas que decorrem dos pontos de disposição ilegal de entulho, principalmente do ponto de vista ambiental, de saúde pública e desenvolvimento urbano sustentável do município. A apresentação do PGRCC pelos responsáveis por empreendimentos deverá ocorrer de forma digital pelos sistemas já existentes de licenciamento e EIV, e também deverá ser cadastrado no Sigor, assim como toda a movimentação posterior.

O Sigor é resultado de uma parceria entre o Governo do Estado, por meio da Cetesb e da Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente, e o Sinduscon (Sindicato da Construção Civil). Em caso de dúvidas, os interessados e responsáveis poderão entrar em contato com os técnicos do Semasa pelo e-mail sigor.rcc@semasa.sp.gov.br.

ImprimirGerar PDFEnvie para um amigo

NOTÍCIAS

Educação Ambiental do Semasa oferece atividades de sensibilização para crianças neste sábado (4)

29/11/2021: Educação Ambiental do Semasa oferece atividades de sensibilização para crianças neste sábado (4)

Ação do projeto ConheSendo ocorre em parceria com a autarquia e tem programação gratuita Santo André, 24 de novembro de 2021 – A equipe de educação ambiental do Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) participa neste sábado (4/12) de uma tarde de atividades de sensibilização ambiental realizada pelo Projeto ConheSendo. A programação desenvolvida pela instituição é totalmente gratuita e voltada especialmente para crianças entre 3 e 10 anos. A ação é uma iniciativa do Projeto ConheSendo,...

Moeda Verde completa quatro anos e muda realidade de quase 100 mil pessoas em Santo André

23/11/2021: Moeda Verde completa quatro anos e muda realidade de quase 100 mil pessoas em Santo André

Programa inovador que troca recicláveis por alimentos atende 18 comunidades carentes da cidade Santo André, 23 de novembro de 2021 – Faz quatro anos que o sonho de implementar um projeto que unisse sustentabilidade e segurança alimentar se tornou realidade. O Moeda Verde, iniciativa do Fundo Social de Solidariedade em parceria com o Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André), cresceu e se consolidou. Hoje, são atendidas 18 comunidades, beneficiando, direta e indiretamente, 100 mil pessoas. “Essa...

Semasa leva atividades de educação ambiental para Centro de Referência do Idoso

18/11/2021: Semasa leva atividades de educação ambiental para Centro de Referência do Idoso

Autarquia realizará até dezembro oficinas de compostagem e visitas ao Aterro Sanitário Municipal e Parque do Pedroso Santo André, 18 de novembro de 2021 – O Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) está retomando gradativamente as atividades presenciais de educação ambiental. Frequentadores do Crisa (Centro de Referência do Idoso de Santo André) agora têm a oportunidade de participar gratuitamente de oficinas e visitas com temáticas ambientais e de sustentabilidade. Na próxima quinta-feira (25), das 9h às...

Estudo de catadores subsidiará políticas públicas em Santo André

11/11/2021: Estudo de catadores subsidiará políticas públicas em Santo André

Semasa está desenvolvendo pesquisa para mapear o contingente de pessoas que recolhem e comercializam recicláveis no município Santo André, 11 de novembro de 2021 –  Santo André iniciou nesta quinta-feira (11) uma pesquisa de campo que visa mapear o contingente de pessoas que recolhem recicláveis pelas ruas do município e trabalham com a compra e venda desses materiais, a exemplo de profissionais que atuam em ferro velho. É uma iniciativa realizada pelo Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de...