11/11/2021 Estudo de catadores subsidiará políticas públicas em Santo André

Semasa está desenvolvendo pesquisa para mapear o contingente de pessoas que recolhem e comercializam recicláveis no município

Santo André, 11 de novembro de 2021 –  Santo André iniciou nesta quinta-feira (11) uma pesquisa de campo que visa mapear o contingente de pessoas que recolhem recicláveis pelas ruas do município e trabalham com a compra e venda desses materiais, a exemplo de profissionais que atuam em ferro velho. É uma iniciativa realizada pelo Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) para que a cidade possa criar políticas públicas e compreender o cenário e o fluxo de comercialização de resíduos secos.

“O estudo de catadores informais possibilitará a atuação integrada de diversos setores da administração municipal, permitindo que Santo André crie ações e projetos de assistência social, saúde pública, cuidado e bem-estar animal, economia solidária, qualificação dos profissionais e empreendedorismo”, afirma a primeira-dama e presidente do Fundo Social de Solidariedade da Prefeitura de Santo André, Ana Carolina Barreto Serra.

O diagnóstico também é uma importante ferramenta para que a cidade possa inserir os profissionais no mercado formal de triagem e venda de recicláveis. “Queremos trazer mais dignidade para os catadores e fazer com que eles possam trabalhar em melhores condições. Por isso, a nossa ideia é que os profissionais possam sair da informalidade e atuar nas cooperativas de reciclagem do município”, explica o superintendente do Semasa, Gilvan Junior. Com o estudo em mãos, a autarquia projeta criar a terceira cooperativa de Santo André.

O estudo, que será realizado em todos os bairros, vai possibilitar que a cidade possa traçar o panorama completo do perfil socioeconômico dos catadores, da renda, faixa-etária, etnia, sexo, escolaridade, sistema de coleta de setores do município, sistema de compra e venda de recicláveis, além de diversas outras informações. A pesquisa ainda permitirá o fortalecimento de políticas públicas para a causa animal, já que o levantamento inclui perguntas como quantidade de bichos de estimação, cobertura vacinal, alimentação e etc.

Com investimento de R$ 169 mil e prazo estimado de seis meses, o estudo de catadores informais é desenvolvido pelo Semasa por meio do Programa Sanear Santo André, que inclui intervenções para otimizar a gestão de resíduos sólidos, ampliar a coleta seletiva e diminuir e até mesmo combater pontos de descarte irregular de lixo.

O programa prevê a construção de mais 20 Estações de Coleta e de um Centro de Controle Operacional – espaço que reunirá câmeras de segurança instaladas nos ecopontos, software de gerenciamento, dentre outras intervenções de infraestrutura.

ImprimirGerar PDFEnvie para um amigo

NOTÍCIAS

Educação Ambiental do Semasa oferece atividades de sensibilização para crianças neste sábado (4)

29/11/2021: Educação Ambiental do Semasa oferece atividades de sensibilização para crianças neste sábado (4)

Ação do projeto ConheSendo ocorre em parceria com a autarquia e tem programação gratuita Santo André, 24 de novembro de 2021 – A equipe de educação ambiental do Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) participa neste sábado (4/12) de uma tarde de atividades de sensibilização ambiental realizada pelo Projeto ConheSendo. A programação desenvolvida pela instituição é totalmente gratuita e voltada especialmente para crianças entre 3 e 10 anos. A ação é uma iniciativa do Projeto ConheSendo,...

Moeda Verde completa quatro anos e muda realidade de quase 100 mil pessoas em Santo André

23/11/2021: Moeda Verde completa quatro anos e muda realidade de quase 100 mil pessoas em Santo André

Programa inovador que troca recicláveis por alimentos atende 18 comunidades carentes da cidade Santo André, 23 de novembro de 2021 – Faz quatro anos que o sonho de implementar um projeto que unisse sustentabilidade e segurança alimentar se tornou realidade. O Moeda Verde, iniciativa do Fundo Social de Solidariedade em parceria com o Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André), cresceu e se consolidou. Hoje, são atendidas 18 comunidades, beneficiando, direta e indiretamente, 100 mil pessoas. “Essa...

Semasa leva atividades de educação ambiental para Centro de Referência do Idoso

18/11/2021: Semasa leva atividades de educação ambiental para Centro de Referência do Idoso

Autarquia realizará até dezembro oficinas de compostagem e visitas ao Aterro Sanitário Municipal e Parque do Pedroso Santo André, 18 de novembro de 2021 – O Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) está retomando gradativamente as atividades presenciais de educação ambiental. Frequentadores do Crisa (Centro de Referência do Idoso de Santo André) agora têm a oportunidade de participar gratuitamente de oficinas e visitas com temáticas ambientais e de sustentabilidade. Na próxima quinta-feira (25), das 9h às...

Santo André é a primeira cidade do ABC a aderir a sistema que reduz descarte irregular de entulho

16/11/2021: Santo André é a primeira cidade do ABC a aderir a sistema que reduz descarte irregular de entulho

Iniciativa vai realizar gerenciamento de resíduos de construção civil Santo André, 16 de novembro de 2021 – Em cumprimento ao Plano Municipal de Gestão de Resíduos de Construção Civil, Santo André, por meio do Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André), aderiu ao Sigor (Sistema de Gerenciamento Online de Resíduos Sólidos) módulo RCC, gerenciado pela Cetesb. Agora, o município contará com mais uma ferramenta de controle da geração e destinação dos resíduos de construção de empreendimentos na...