08/06/2021 Projeto De Volta pra Sala abre inscrições extras para oficinas de capacitação

Semasa também realizará exposição, no próximo dia 22, com peças já produzidas pelos participantes

Santo André, 8 de junho de 2021 – O Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) vai retomar as aulas e oficinas de capacitação do projeto De Volta pra Sala, que transforma sofás velhos descartados nas Estações de Coleta em novos mobiliários. Para marcar o retorno, a autarquia vai disponibilizar novas vagas aos munícipes interessados em participar da formação e também realizará uma exposição das peças que já foram produzidas pelos participantes.

O projeto “De Volta pra Sala – transformando sofás em cidadania” é inspirado no projeto Okavango, de Diadema. A iniciativa do Semasa é financiada pelo Fumgesan (Fundo Municipal de Gestão e Saneamento Ambiental) e teve início em 2019, mas, por causa da pandemia, em 2020 o projeto precisou ser paralisado e os encontros serão retomados em 2 de julho. A exposição, que acontecerá no dia 22 de junho no novo Calçadão da rua Senador Flaquer, faz parte da programação do Junho Verde.

Durante a exposição, moradores de toda a cidade poderão conhecer o trabalho desenvolvido pelo projeto, acompanhar a montagem e produção de peças e ver de perto algumas das criações. A mostra é ao ar livre e seguirá todos os protocolos de segurança e prevenção à Covid-19.

“Neste ano, já recebemos 5.458 sofás nas Estações de Coleta e outros 120 foram removidos das ruas, descartados irregularmente. O projeto viabiliza uma alternativa ambientalmente sustentável para o reaproveitamento deste tipo de produto, o que favorece a limpeza da cidade, a ampliação da vida útil do Aterro Municipal e ainda propicia uma formação profissional a moradores da cidade”, pondera o superintendente do Semasa, Gilvan Junior.

Inscrições para novos interessados – Munícipes interessados em participar das aulas do De Volta pra Sala podem se inscrever até o dia 18 de junho pelo email devoltaprasala@semasa.sp.gov.br ou pelo telefone 4433-9041.

O Semasa está disponibilizando 15 novas vagas. Para participar, basta ser morador de Santo André, possuir mais de 18 anos, ser alfabetizado e ter disponibilidade para participar dos encontros presenciais. O projeto promove conscientização socioambiental e os participantes têm a oportunidade de aprender um novo ofício, com possibilidade de geração de renda. A iniciativa da autarquia, seu formato e objetivos estão integrados às premissas dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS), da Organização das Nações Unidas, que faz parte do compromisso municipal pelas Cidades Sustentáveis.

Segundo Diolindo Sousa, criador do projeto Okavango, o objetivo é que a pessoa consiga visualizar no móvel descartado uma possibilidade de trabalho. “Começamos ensinando as técnicas para produção de um modelo básico e com o tempo eles já começam a aprender a produção de mobiliários mais modernos e que estejam de acordo com a demanda do mercado”, explica Sousa, que é consultor no projeto de Santo André.

A meta final é que seja implementada uma oficina de recuperação e produção de sofás e poltronas ambientalmente corretos, por meio de um empreendimento de economia solidária, que terá apoio técnico da autarquia. As aulas são teórico-práticas e os participantes recebem formação em cooperativismo, tapeçaria e empreendimento solidário.

Serviço

  • Exposição ‘De Volta pra Sala’

Dia: 22/6, das 10h às 16h, no novo Calçadão da rua Senador Flaquer (Centro)

  • Inscrições para vagas extras

De 8 a 18/6, pelo e-mail devoltaprasala@semasa.sp.gov.br ou pelo telefone 4433-9041.

Requisitos para participar: ser morador de Santo André, possuir mais de 18 anos, ser alfabetizado e ter disponibilidade para participar dos encontros presenciais

ImprimirGerar PDFEnvie para um amigo

NOTÍCIAS

Santo André estreia Moeda Verde Itinerante para beneficiar novas comunidades

24/09/2022: Santo André estreia Moeda Verde Itinerante para beneficiar novas comunidades

Jardim Utinga recebeu neste sábado novo modelo da ação realizada pelo Fundo Social de Solidariedade e Semasa   Santo André, 24 de setembro de 2022 – Principal política pública socioambiental de Santo André, o programa Moeda Verde começou a ser realizado em um novo formato neste sábado (24) para fazer com que mais pessoas possam trocar recicláveis por frutas, legumes e verduras, ampliando a segurança alimentar e a reciclagem, ao mesmo tempo em que contribui para a limpeza da...

ProAr vistoria e aprova 98% da frota municipal de ônibus

21/09/2022: ProAr vistoria e aprova 98% da frota municipal de ônibus

Emissões dos veículos foram aferidas pelo Semasa Santo André, 21 de setembro de 2022 – As aferições do ProAr (Programa de Qualidade do Ar) realizadas nos ônibus que compõem a frota pública municipal chegaram ao fim e aprovaram 98% dos veículos em atividade. Os agentes da Fiscalização Ambiental do Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) vistoriaram 311 ônibus, sendo que 307 receberam o selo de aprovação, o que significa que as emissões estavam dentro dos padrões...

Doações nas Estações de Coleta de Santo André ultrapassam 95 mil itens no primeiro semestre

20/09/2022: Doações nas Estações de Coleta de Santo André ultrapassam 95 mil itens no primeiro semestre

Volume é 70% superior ao mesmo período de 2021 e demonstra o espírito de solidariedade da cidade Santo André, 20 de setembro de 2022 – Os andreenses seguem engajados em espalhar o bem e ajudar quem mais precisa. Demonstração disso é que as doações recebidas nas Estações de Coleta do Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) subiram 70% neste primeiro semestre de 2022, na comparação com o mesmo período do ano passado, com mais de 95...

Semasa inicia operação de Estações de Coleta nos bairros Jardim Ana Maria, Jardim e Bangu

12/09/2022: Semasa inicia operação de Estações de Coleta nos bairros Jardim Ana Maria, Jardim e Bangu

Novos equipamentos foram abertos nesta segunda-feira, com horário de funcionamento das 9h às 17h Santo André, 12 de setembro de 2022 – A partir desta segunda-feira (12), os moradores dos bairros Jardim Ana Maria, Jardim e Bangu podem fazer uso das novas Estações de Coleta que foram construídas para ampliar a reciclagem e o descarte correto de diversos tipos de materiais. O engenheiro aposentado Dario Tartarin, de 66 anos, foi o primeiro a utilizar a Estação de Coleta Bangu....