09/08/2019 Com música e outros materiais, jovens da Fundação Casa propõem soluções para problemas ambientais

Reflexões sobre o tema são fruto do projeto ‘Formar para Ressocializar’, desenvolvido pelo Semasa com adolescentes da unidade de Santo André

Santo André, 9 de agosto de 2019 – O projeto ‘Formar para Ressocializar’, iniciativa do Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) que visa compartilhar informações sobre meio ambiente e formar jovens críticos e com ações sustentáveis, chegou à sua quinta edição na Fundação Casa em Santo André. Como fruto do trabalho desenvolvido entre março e agosto, cerca de 60 adolescentes que cumprem medida socioeducativa pela primeira vez fizeram materiais que trazem soluções para problemas ambientais.

Os trabalhos, feitos a partir de temas que correlacionam o homem, a natureza e o desenvolvimento sustentável, envolveram a criação de maquetes, poemas, cartazes e música com foco em assuntos sobre resíduos, recursos hídricos, poluição do ar, desmatamento e enchente. Eles foram expostos durante a cerimônia de encerramento do projeto, que aconteceu nesta sexta-feira (9) e foi aberta aos familiares dos adolescentes.

Um dos trabalhos desenvolvidos pelos rapazes foi a letra de um funk, que adverte sobre o equívoco de não se preocupar com o futuro do planeta e com a preservação ambiental. Diz um trecho da letra: “Tô fazendo esse funk pra deixar vocês cientes. Vamos cuidar do planeta e colaborar com a gente. Jogar o lixo no lixo, pra não causar enchente. Pra não prejudicar o nosso meio ambiente! Vou explicar pra vocês o motivo do alagamento. Pessoas não pensam no futuro, elas só vivem de momento”.

Durante a formação, a encarregada de extensão ambiental do Semasa, Cleonice de Almeida Pinto, destacou que os garotos tiveram facilidades em trabalhar com a temática. “O resultado final do projeto foi muito interessante. Eles conseguiram correlacionar as problemáticas ambientais e refletir as soluções para os problemas. Eu espero que eles sejam multiplicadores de práticas sustentáveis e ajudem a conservar e a melhorar o nosso meio ambiente”, disse.

Para um dos jovens participantes, o Semasa “foi uma luz no fim do túnel” porque a conscientização ambiental dele estava “escondida”. “Quando a gente destrói o meio ambiente, estamos nos autodestruindo”, refletiu.

O evento de encerramento dos trabalhos ambientais também teve apresentação instrumental com o grupo musical do Instituto São Jerônimo, composto por jovens da comunidade Cata Preta e do entorno, em Santo André, que vivem em situação de vulnerabilidade social.

 

ImprimirGerar PDFEnvie para um amigo

NOTÍCIAS

Santo André estreia Moeda Verde Itinerante para beneficiar novas comunidades

24/09/2022: Santo André estreia Moeda Verde Itinerante para beneficiar novas comunidades

Jardim Utinga recebeu neste sábado novo modelo da ação realizada pelo Fundo Social de Solidariedade e Semasa   Santo André, 24 de setembro de 2022 – Principal política pública socioambiental de Santo André, o programa Moeda Verde começou a ser realizado em um novo formato neste sábado (24) para fazer com que mais pessoas possam trocar recicláveis por frutas, legumes e verduras, ampliando a segurança alimentar e a reciclagem, ao mesmo tempo em que contribui para a limpeza da...

ProAr vistoria e aprova 98% da frota municipal de ônibus

21/09/2022: ProAr vistoria e aprova 98% da frota municipal de ônibus

Emissões dos veículos foram aferidas pelo Semasa Santo André, 21 de setembro de 2022 – As aferições do ProAr (Programa de Qualidade do Ar) realizadas nos ônibus que compõem a frota pública municipal chegaram ao fim e aprovaram 98% dos veículos em atividade. Os agentes da Fiscalização Ambiental do Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) vistoriaram 311 ônibus, sendo que 307 receberam o selo de aprovação, o que significa que as emissões estavam dentro dos padrões...

Doações nas Estações de Coleta de Santo André ultrapassam 95 mil itens no primeiro semestre

20/09/2022: Doações nas Estações de Coleta de Santo André ultrapassam 95 mil itens no primeiro semestre

Volume é 70% superior ao mesmo período de 2021 e demonstra o espírito de solidariedade da cidade Santo André, 20 de setembro de 2022 – Os andreenses seguem engajados em espalhar o bem e ajudar quem mais precisa. Demonstração disso é que as doações recebidas nas Estações de Coleta do Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) subiram 70% neste primeiro semestre de 2022, na comparação com o mesmo período do ano passado, com mais de 95...

Semasa inicia operação de Estações de Coleta nos bairros Jardim Ana Maria, Jardim e Bangu

12/09/2022: Semasa inicia operação de Estações de Coleta nos bairros Jardim Ana Maria, Jardim e Bangu

Novos equipamentos foram abertos nesta segunda-feira, com horário de funcionamento das 9h às 17h Santo André, 12 de setembro de 2022 – A partir desta segunda-feira (12), os moradores dos bairros Jardim Ana Maria, Jardim e Bangu podem fazer uso das novas Estações de Coleta que foram construídas para ampliar a reciclagem e o descarte correto de diversos tipos de materiais. O engenheiro aposentado Dario Tartarin, de 66 anos, foi o primeiro a utilizar a Estação de Coleta Bangu....