23/07/2019 Projetos levam cidadania ambiental para moradores de Santo André

Com apoio do Semasa e recursos do Fumgesan, MDDF e Instituto Siades realizam diversas ações para conscientizar a população

Santo André, 18 de julho de 2019 – Projetos ambientais de organizações da sociedade civil, realizados com o apoio do Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) e recursos do Fumgesan (Fundo Municipal de Gestão e Saneamento Ambiental de Santo André), têm transformado o pensamento e a realidade local de populações de bairros periféricos e de áreas de manancial da cidade.

O MDDF (Movimento de Defesa dos Direitos dos Moradores em Núcleos Habitacionais de Santo André) e o Instituto Siades (Sistema de Informações Ambientais para o Desenvolvimento Sustentável) realizam, desde abril, iniciativas para formar cidadãos sustentáveis e agentes comunitários.

Por meio do projeto ‘No meio da vila: sensibilizando pessoas para o cuidado com a cidade’, o MDDF fez diversas revitalizações de espaços degradados, principalmente onde há descarte irregular de resíduos. Com intervenções ambientais e artísticas, que ocorreram em várias comunidades, a organização e os participantes pintaram paredes, colocaram vasos, cones e mensagens contra o descarte de lixo.

Os espaços que receberam melhorias foram duas áreas no núcleo Tamarutaca (Vila Guiomar), próximas das ruas Garanhuns e Guarapari, além do Centro Comunitário; a escadaria da Rua Odilon Conceição, no núcleo Gonçalo Zarco (Vila Aquilino); uma calçada na avenida dos Estados e uma viela, que ficam, respectivamente, nos núcleos Ipiranga I e II (Parque João Ramalho); e uma calçada da rua Purús, no núcleo Piracanjuba (Parque João Ramalho).

Os materiais utilizados nas melhorias, como tintas e vasos, foram reaproveitados das Estações de Coleta do Semasa. Após as revitalizações, agentes ambientais e moradores passam a monitorar os locais, de forma a preservar as intervenções e verificar se há transferência de pontos de descarte para outros endereços.

O projeto do MDDF, que está previsto para acabar no fim de julho, também contou com formação prática sobre a temática ambiental e visitas ao Aterro Sanitário de Santo André, cooperativas de reciclagem, ecopontos, Parque do Pedroso e à Vila de Paranapiacaba, que são unidades de conservação.

Já o Instituto Siades, por meio do projeto ‘Conexões na mata atlântica: uma rede de oportunidades para a conservação’, busca sensibilizar e mobilizar a população que vive no entorno do Parque do Pedroso e do Parque Nascentes de Paranapiacaba sobre proteção da biodiversidade, desenvolvimento sustentável para os parques, disposição correta de resíduos sólidos, dentre outros.

A iniciativa pretende despertar o olhar dos participantes e moradores para a formação de coletivos ambientais, fortalecendo o protagonismo em ações de proteção, conservação e preservação dos recursos naturais. O projeto acontece por meio de várias oficinas. A partir de setembro, os participantes começam a formular projetos sustentáveis para cada parque, que serão avaliados e monitorados. O encerramento das atividades está previsto para novembro.

O Instituto Siades e o MDDF divulgam boletins e vídeos das ações dos projetos. Confira os materiais em > http://www.semasa.sp.gov.br/comugesan/fumgesan/projetos-fumgesan/.

ImprimirGerar PDFEnvie para um amigo

NOTÍCIAS

Projeto Água, Câmera e Ação começa as atividades em Santo André

19/10/2021: Projeto Água, Câmera e Ação começa as atividades em Santo André

Interessados em realizar cursos de audiovisual, percepção ambiental e empreendedorismo ainda podem se inscrever até 22 de outubro Santo André, 19 de outubro de 2021 – O Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) deu início ao Água, Câmera e Ação, projeto de educomunicação que visa à sensibilização e formação socioambiental de jovens da Vila de Paranapiacaba e da região do bairro Condomínio Maracanã. A iniciativa promove cursos gratuitos de audiovisual, percepção ambiental e empreendedorismo. A primeira...

Semasa inicia contação de histórias com tema ambiental de forma presencial

16/10/2021: Semasa inicia contação de histórias com tema ambiental de forma presencial

Com a melhora do cenário de pandemia, autarquia explora atividade em campo para sensibilizar e estimular a reflexão de crianças sobre diversos assuntos Santo André, 16 de outubro de 2021 – A Tuca, contadora de histórias do portal infantil Hendu, saiu de trás das telas e começou a realizar apresentações de forma presencial. Com a queda de contágios e de internações pelo coronavírus, o Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) vem retomando o trabalho em campo...

Semasa abre eleições para conselho gestor do Parque do Pedroso

14/10/2021: Semasa abre eleições para conselho gestor do Parque do Pedroso

Entidades interessadas em participar do processo eleitoral têm até 12 de novembro para se inscrever Santo André, 11 de outubro de 2021 – O Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André), por meio do Comugesan, inicia nesta segunda-feira (11) o processo de eleições para constituir o Conselho Gestor do Parque Natural Municipal do Pedroso. O processo de inscrição para as entidades interessadas ocorre até 12 de novembro, de forma online ou presencial. O conselho gestor será composto...

Semasa entrega centenas de brinquedos para crianças da comunidade Sacadura Cabral

14/10/2021: Semasa entrega centenas de brinquedos para crianças da comunidade Sacadura Cabral

Objetos foram doados nas Estações de Coleta e ganharam um destino nobre, levando alegria para famílias carentes Santo André, 8 de outubro de 2021 – O Dia das Crianças chegou mais cedo para moradores da comunidade da Vila Sacadura Cabral. O Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) distribuiu nesta sexta-feira (8) duzentos brinquedos para a população, durante o evento Gincanas Ecológicas, que promove brincadeiras com somatórias de pontos para os pequenos trocarem por objetos como carrinhos,...