03/06/2019 Moeda Verde supera marca de 100 toneladas de resíduos recebidos

Programa completou um ano e meio este mês e já beneficia mais de 47 mil moradores

Santo André, 31 de maio de 2019 – O Programa Moeda Verde, que troca 5 kg de lixo reciclável por 1 kg de alimento do tipo hortifrúti, já coletou mais de 100 toneladas de resíduos desde o seu lançamento, em novembro de 2017. Em troca, a iniciativa do Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) e da Prefeitura de Santo André, entregou 20 toneladas de frutas, legumes e hortaliças.

A importante marca foi atingida poucos dias após o programa completar um ano e meio e demonstra o sucesso da ação e a aderência dos moradores de núcleos e comunidades que tem participado cada vez mais das trocas.“Este é um grande marco da nossa gestão. O programa gera consciência ambiental e incentiva todos os moradores a cuidarem da comunidade, mantendo-a limpa. Não a toa outras cidades estão vindo para Santo André para aprender e também utilizar o projeto. É a dignidade de volta para a população andreense”, disse o prefeito Paulo Serra.

“O Moeda Verde é um orgulho para Santo André. Com ele, o Semasa tem diminuído os pontos de descarte irregular da cidade e mantido as vias das comunidades mais limpas. Sem contar a alimentação saudável que o programa, através do Banco de Alimentos, oferece aos moradores. A marca de 100 toneladas é só mais uma provas de quanto estamos no caminho certo”, afirma o superintendente do Semasa, Almir Cicote.

Histórico – O Moeda Verde foi estruturado dentro de algumas propostas principais que visam a ampliação da vida útil do Aterro Sanitário, a redução dos pontos de descarte de lixo irregular e a melhora da coleta seletiva em comunidades carentes do município. Assim, surgiu o programa de Santo André que também objetiva combater à fome e a miséria, já que os pontos de troca são sempre dentro de núcleos habitacionais; sensibilizar moradores sobre a importância da separação dos resíduos; proporcionar um sentimento de pertencimento em relação ao ambiente em que vivem; e estimular a economia circular, já que todas as hortaliças ofertadas nas trocas são adquiridas dos agricultores urbanos de Santo André.

Além das trocas, o programa já trouxe também algumas melhorias estruturais como a eliminação do pior ponto de despejo ilegal de lixo, junto ao Núcleo dos Ciganos, na região de Utinga/Vila Metalúrgica, e a criação de um estacionamento para carros. Na rua Malaia e na Av. dos Estados, próximo ao Núcleo Capuava, também foram feitas duas intervenções para criação de áreas verdes e estacionamento, eliminando outros dois pontos de acúmulo.

Atualmente, o Moeda Verde está presente em 9 comunidades da cidade – Ciganos, Capuava, Cipreste, Eucaliptos, Vista Alegre, Santa Cristina, Jardim Cristiane, Sítio dos Vianas e Cruzado. Até o fim do ano, a iniciativa será ampliada para outros cinco locais – Pintassilgo, Tamarutaca, Sorocaba, Espírito Santo e Missionários. Todas as informações sobre as trocas realizadas estão disponíveis em www.semasa.sp.gov.br/moedaverde.

ImprimirGerar PDFEnvie para um amigo

NOTÍCIAS

CAF abre chamamento internacional para contratação de projetos executivos de obras antienchente em Santo André

11/05/2021: CAF abre chamamento internacional para contratação de projetos executivos de obras antienchente em Santo André

Banco internacional financiará estudos de canalização dos córregos Taióca e Maurício de Medeiros, além de outras intervenções; verba investida não precisará ser devolvida pelo município Santo André, 11 de maio de 2021 – A  CAF (Banco de Desenvolvimento da América Latina) abriu chamamento internacional para a contratação de projetos executivos de obras de drenagem e controle de enchentes na região dos córregos Maurício de Medeiros (Jardim Irene), Taióca (próximo ao Parque Estadual da Chácara Baronesa, na divisa com São Bernardo do...

Parquedo Pedroso vai ganhar wi-fi e câmeras de monitoramento

10/05/2021: Parquedo Pedroso vai ganhar wi-fi e câmeras de monitoramento

Melhorias fazem parte do pacote de compensação ambiental que a área verde tem recebido Santo André, 10 de maio de 2021 – O Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) inicia este mês serviços e obras para implantação de wi-fi e câmeras de monitoramento no Parque Natural do Pedroso.Os novos serviços fazem parte do pacote de melhorias que a área verde tem recebido desde o ano passado, por meio de compensação ambiental, e integram o plano de...

Superintendente do Semasa e assessor do prefeito Paulo Serra visitam Aterro Sanitário

06/05/2021: Superintendente do Semasa e assessor do prefeito Paulo Serra visitam Aterro Sanitário

Durante a vistoria, também foi possível acompanhar o trabalho das cooperativas de reciclagem Santo André, 6 de maio de 2021 – O superintendente do Semasa, Gilvan Junior, e o assessor especial do prefeito, João Veríssimo Fernandes, visitaram na tarde desta quinta-feira (6) o Aterro Sanitário Municipal de Santo André. Acompanhando de outros assessores da autarquia, o grupo foi recebido pelo diretor de resíduos sólidos, Ednilson Ferreira dos Santos, e pelo gerente do aterro, Eudes Farina Grandolpho. O Aterro Sanitário...

Curso on-line do Semasa discute a relação entre a tecnologia e o meio ambiente

05/05/2021: Curso on-line do Semasa discute a relação entre a tecnologia e o meio ambiente

Iniciativa abordará quais são as alternativas de tecnologias ambientais sustentáveis diante do esgotamento de recursos naturais Santo André, 5 de maio de 2021 – Para discutir mais sobre os caminhos e a relação entre a tecnologia e o meio ambiente, a Educação Ambiental do Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) oferece em maio o minicurso on-line ‘Tecnologia e Meio Ambiente: uma relação possível?’. A formação faz parte do Programa Sensibilizando Olhares, Compartilhando Saberes e integra também...