03/06/2019 Moeda Verde supera marca de 100 toneladas de resíduos recebidos

Programa completou um ano e meio este mês e já beneficia mais de 47 mil moradores

Santo André, 31 de maio de 2019 – O Programa Moeda Verde, que troca 5 kg de lixo reciclável por 1 kg de alimento do tipo hortifrúti, já coletou mais de 100 toneladas de resíduos desde o seu lançamento, em novembro de 2017. Em troca, a iniciativa do Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) e da Prefeitura de Santo André, entregou 20 toneladas de frutas, legumes e hortaliças.

A importante marca foi atingida poucos dias após o programa completar um ano e meio e demonstra o sucesso da ação e a aderência dos moradores de núcleos e comunidades que tem participado cada vez mais das trocas.“Este é um grande marco da nossa gestão. O programa gera consciência ambiental e incentiva todos os moradores a cuidarem da comunidade, mantendo-a limpa. Não a toa outras cidades estão vindo para Santo André para aprender e também utilizar o projeto. É a dignidade de volta para a população andreense”, disse o prefeito Paulo Serra.

“O Moeda Verde é um orgulho para Santo André. Com ele, o Semasa tem diminuído os pontos de descarte irregular da cidade e mantido as vias das comunidades mais limpas. Sem contar a alimentação saudável que o programa, através do Banco de Alimentos, oferece aos moradores. A marca de 100 toneladas é só mais uma provas de quanto estamos no caminho certo”, afirma o superintendente do Semasa, Almir Cicote.

Histórico – O Moeda Verde foi estruturado dentro de algumas propostas principais que visam a ampliação da vida útil do Aterro Sanitário, a redução dos pontos de descarte de lixo irregular e a melhora da coleta seletiva em comunidades carentes do município. Assim, surgiu o programa de Santo André que também objetiva combater à fome e a miséria, já que os pontos de troca são sempre dentro de núcleos habitacionais; sensibilizar moradores sobre a importância da separação dos resíduos; proporcionar um sentimento de pertencimento em relação ao ambiente em que vivem; e estimular a economia circular, já que todas as hortaliças ofertadas nas trocas são adquiridas dos agricultores urbanos de Santo André.

Além das trocas, o programa já trouxe também algumas melhorias estruturais como a eliminação do pior ponto de despejo ilegal de lixo, junto ao Núcleo dos Ciganos, na região de Utinga/Vila Metalúrgica, e a criação de um estacionamento para carros. Na rua Malaia e na Av. dos Estados, próximo ao Núcleo Capuava, também foram feitas duas intervenções para criação de áreas verdes e estacionamento, eliminando outros dois pontos de acúmulo.

Atualmente, o Moeda Verde está presente em 9 comunidades da cidade – Ciganos, Capuava, Cipreste, Eucaliptos, Vista Alegre, Santa Cristina, Jardim Cristiane, Sítio dos Vianas e Cruzado. Até o fim do ano, a iniciativa será ampliada para outros cinco locais – Pintassilgo, Tamarutaca, Sorocaba, Espírito Santo e Missionários. Todas as informações sobre as trocas realizadas estão disponíveis em www.semasa.sp.gov.br/moedaverde.

ImprimirGerar PDFEnvie para um amigo

NOTÍCIAS

Com aumento de casos de coronavírus, Semasa reforça desinfecção de ruas e avenidas

27/02/2021: Com aumento de casos de coronavírus, Semasa reforça desinfecção de ruas e avenidas

Serviço de limpeza é feito principalmente próximo a unidades de saúde, hospitais de campanha e locais onde há maior fluxo de pessoas Santo André, 27 de fevereiro de 2021 – Em meio ao aumento de diagnósticos positivos do novo coronavírus, as equipes do setor de drenagem do Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) intensificaram os trabalhos de desinfecção de ruas e avenidas do município, o que ajuda a prevenir novos casos de contágio. A limpeza das...

Santo André intensifica diálogo social para promover maior transparência sobre o Complexo Viário Cassaquera

26/02/2021: Santo André intensifica diálogo social para promover maior transparência sobre o Complexo Viário Cassaquera

Santo André, 26 de fevereiro de 2021 – Com o objetivo de promover uma maior aproximação dos moradores de Santo André com as obras do Complexo Viário Cassaquera, o Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) voltou a realizar reuniões com a população. Nesta semana, nos dias 23 e 25, profissionais da autarquia se reuniram com pessoas que residem nos bairros Centreville, Parque Gerassi, Vila Guarani e Vila Homero Thon para apresentar informações sobre as obras de canalização...

Semasa abre licitação para construção de dez Estações de Coleta

24/02/2021: Semasa abre licitação para construção de dez Estações de Coleta

Expectativa é entregar os novos equipamentos ainda neste ano Santo André, 24 de fevereiro – O Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) abriu nesta quarta-feira (24) licitação internacional para contratar empresa para construir mais dez Estações de Coleta na cidade. A execução do projeto executivo dos novos equipamentos e as obras fazem parte do Programa Sanear Santo André, cujas intervenções são financiadas parcialmente pela CAF – Banco de Desenvolvimento da América Latina. A previsão da autarquia...

Semasa e GCM firmam parceria para coibir furto de equipamentos de drenagem na Vila Luzita

19/02/2021: Semasa e GCM firmam parceria para coibir furto de equipamentos de drenagem na Vila Luzita

Desde janeiro, 19 ralos grelhas sumiram do calçadão na rua Alcides Maia; falta de dispositivos pode ocasionar acidentes e alagamentos Santo André, 19 de fevereiro de 2021 – O Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) e a GCM (Guarda Civil Municipal) estão trabalhando juntos para coibir um problema que vem ocorrendo no calçadão da rua Alcides Maia, na Vila Luzita: o furto de ralos grelhas. Desde janeiro, 19 dispositivos – que são fundamentais para captar a...