24/04/2019 Moeda Verde chega ao Sítio dos Vianas para beneficiar mais 8,3 mil pessoas

Núcleo é o primeiro desta nova fase de expansão do programa em Santo André; nesta quinta-feira a ação chega aos núcleos Cruzado I e II

Santo André, 24 de abril de 2019 – O programa Moeda Verde, realizado pela Prefeitura de Santo André e pelo Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André), entrou em sua terceira fase de expansão nesta quarta-feira (24). A comunidade do Sítio dos Vianas passa a ser a oitava da cidade a receber as ações quinzenais que trocam resíduos recicláveis por alimentos hortifrúti, beneficiando mais de 8,3 mil pessoas direta e indiretamente. Nesta quinta-feira (25), o prefeito Paulo Serra acompanha a implantação do programa nos núcleos Cruzado I e II, no Jardim Santo André.

Durante a primeira ação do programa no Sítio dos Vianas, o destaque ficou por conta da participação de dezenas de alunos da Emeief (Escola Municipal de Educação Infantil e Ensino Fundamental) Cândido Portinari que, como forma de mobilizar e conscientizar a população local, levaram recicláveis para trocar.

As crianças assistiram a uma contação de história, oferecida pela equipe de educação ambiental do Semasa, que teve como objetivo sensibilizá-las sobre a importância da preservação do meio ambiente e do descarte correto do lixo. Em seguida, com muita animação, os alunos trocaram garrafas PET por 1 kg de frutas e legumes oferecidos pelo Moeda Verde para levar para suas famílias.

O superintendente do Semasa, Almir Cicote, elogiou o programa e fez um pedido às crianças. “Agora é a hora de vocês chegarem em casa e contarem para os pais de vocês como é importante separar os resíduos e participar do Moeda Verde”.

Os moradores da comunidade trocaram, neste primeiro dia, 252,4 kg de lixo reciclável por 50 kg de laranja, abobrinha, berinjela, batata-doce e carambola. As trocas, que tiveram início nesta quarta-feira, às 10h30, passarão a ocorrer sempre às sextas-feiras, às 14h, a partir de maio. O ponto de encontro é a praça Maria Mariano – próximo à rua das Minas.

Márcia Nascimento, de 46 anos, todos vividos na comunidade, foi a primeira da fila e espera que o programa auxilie a população a se conscientizar para não colocar o lixo de forma errada. “No mesmo imóvel que eu, moram mais 3 famílias e nós todos vamos nos beneficiar com a troca pelos alimentos”, afirmou. Márcia levou pra casa quatro quilos de frutas e legumes pois encaminhou 21 kg de resíduos para reciclagem.

Até o final do ano, o Moeda Verde vai chegar a outras sete comunidades da cidade, ampliando a abrangência do programa e beneficiando, direta e indiretamente, cerca de 78% dos residentes de núcleos e assentamentos de Santo André. Nos núcleos Cruzado I e II (Jardim Santo André), a primeira troca será feita nesta quinta-feira, às 11h, no cruzamento da rua Gamboa com a rua Descampado.

“Pedi ajuda dos vizinhos que não queriam separar os resíduos, para me doarem o material. Assim, mesmo quem não quer participar, ajuda o outro. Espero que o Moeda Verde ‘pegue’ aqui no bairro”, disse Rosangela Maria de Almeida, que vive há 30 anos no local e já conhecia o programa porque a irmã participava das trocas no Jardim Cipreste.

Em quase um ano e meio, a população participante dos núcleos em que o Moeda Verde está presente já encaminhou mais de 86 toneladas de lixo para a reciclagem. Em troca, já foram doadas mais de 17 toneladas de frutas, verduras e legumes. Vale lembrar que a cada 5 kg de material reciclado, o munícipe recebe 1 kg de alimento hortifrúti.

O material recebido nas trocas do Moeda Verde é encaminhado às cooperativas de reciclagem parceiras do Semasa. Os alimentos doados aos moradores são adquiridos por meio do Banco de Alimentos e também dos produtores rurais urbanos de Santo André, que fornecem todas as hortaliças distribuídas, gerando riqueza para a cidade no formato de economia circular.

O programa possui um hotsite (www.semasa.sp.gov.br/moedaverde) em que é possível acessar as principais informações sobre as ações. A plataforma permite verificar a agenda de trocas, balanço de resíduos recolhidos (por núcleo), fotos, entre outras informações.

Veja as fotos no Flickr do Semasa

ImprimirGerar PDFEnvie para um amigo

NOTÍCIAS

CAF abre chamamento internacional para contratação de projetos executivos de obras antienchente em Santo André

11/05/2021: CAF abre chamamento internacional para contratação de projetos executivos de obras antienchente em Santo André

Banco internacional financiará estudos de canalização dos córregos Taióca e Maurício de Medeiros, além de outras intervenções; verba investida não precisará ser devolvida pelo município Santo André, 11 de maio de 2021 – A  CAF (Banco de Desenvolvimento da América Latina) abriu chamamento internacional para a contratação de projetos executivos de obras de drenagem e controle de enchentes na região dos córregos Maurício de Medeiros (Jardim Irene), Taióca (próximo ao Parque Estadual da Chácara Baronesa, na divisa com São Bernardo do...

Parquedo Pedroso vai ganhar wi-fi e câmeras de monitoramento

10/05/2021: Parquedo Pedroso vai ganhar wi-fi e câmeras de monitoramento

Melhorias fazem parte do pacote de compensação ambiental que a área verde tem recebido Santo André, 10 de maio de 2021 – O Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) inicia este mês serviços e obras para implantação de wi-fi e câmeras de monitoramento no Parque Natural do Pedroso.Os novos serviços fazem parte do pacote de melhorias que a área verde tem recebido desde o ano passado, por meio de compensação ambiental, e integram o plano de...

Superintendente do Semasa e assessor do prefeito Paulo Serra visitam Aterro Sanitário

06/05/2021: Superintendente do Semasa e assessor do prefeito Paulo Serra visitam Aterro Sanitário

Durante a vistoria, também foi possível acompanhar o trabalho das cooperativas de reciclagem Santo André, 6 de maio de 2021 – O superintendente do Semasa, Gilvan Junior, e o assessor especial do prefeito, João Veríssimo Fernandes, visitaram na tarde desta quinta-feira (6) o Aterro Sanitário Municipal de Santo André. Acompanhando de outros assessores da autarquia, o grupo foi recebido pelo diretor de resíduos sólidos, Ednilson Ferreira dos Santos, e pelo gerente do aterro, Eudes Farina Grandolpho. O Aterro Sanitário...

Curso on-line do Semasa discute a relação entre a tecnologia e o meio ambiente

05/05/2021: Curso on-line do Semasa discute a relação entre a tecnologia e o meio ambiente

Iniciativa abordará quais são as alternativas de tecnologias ambientais sustentáveis diante do esgotamento de recursos naturais Santo André, 5 de maio de 2021 – Para discutir mais sobre os caminhos e a relação entre a tecnologia e o meio ambiente, a Educação Ambiental do Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) oferece em maio o minicurso on-line ‘Tecnologia e Meio Ambiente: uma relação possível?’. A formação faz parte do Programa Sensibilizando Olhares, Compartilhando Saberes e integra também...