04/02/2019 Comunicado Importante

Atualizada em 5/2/19 às 17h50

Desde o último dia 17/1/19, a vazão de água da Sabesp para Santo André, nos horários de maior consumo, tem sido muito menor do que a necessidade da cidade.

É uma situação motivada pelo alto calor e consumo, sem relação com a dívida que o Semasa tem com a Sabesp, problema que está sendo negociado em outra esfera.

A baixa adução prejudicou, em princípio, as regiões mais altas e vulneráveis, mas depois, com a dificuldade de recuperação dos reservatórios e a necessidade da realização de manobras para atender a todos os munícipes, toda cidade passou a ter, em algum momento a  interrupção no fornecimento de água.

Um primeiro agravante ocorreu na madrugada de sexta-feira (1/2). O apagão que atingiu o ABC e a Zona Leste da capital na noite anterior refletiu no funcionamento de bombas da Sabesp, e Santo André recebeu pouca água mesmo durante a madrugada.

Neste último sábado (2/2), a vazão estava estável e os reservatórios caminhavam para a normalização quando uma bomba da Sabesp, na Estação Elevatória de Sapopemba que atende o sistema Rio Claro, queimou. A companhia estadual parou de enviar água para Santo André por este sistema entre as 15h de sábado e meio-dia de domingo (3/2).

Desde ontem (4/2) o Semasa está conseguindo normalizar o sistema, mas este processo é lento porque os reservatórios da cidade estão baixos e a água que chega é consumida imediatamente.

Na tarde desta terça-feira (5/2), a maior parte da cidade já está com o abastecimento normalizado. No entanto, os reservatórios Miami, Clube de Campo, Erasmo (Zonas Baixa e Alta), Vila Suíça (Zonas Baixa, Alta e Altíssima), Camilópolis (Zona Baixa) e Gonzaga (Zona Alta) ainda apresentam alguma deficiência, mas estão enviando água para as regiões que atendem.

Importante salientar que para que o abastecimento se normalize é necessário que a Sabesp mantenha a adução regular. Sem essa regularidade, também é difícil para o Semasa manter uma previsão de retorno de água precisa para seus usuários.

Quanto a isso, o prefeito Paulo Serra tem feito gestões pessoalmente junto ao Governo do Estado, enquanto os técnicos do Semasa também cobram da área técnica da Sabesp a normalização do abastecimento.

O Semasa também solicita a todos os munícipes para fazer uso racional da água, principalmente aqueles que moram em regiões mais baixas e que já estão com o fornecimento normalizado.

ImprimirGerar PDFEnvie para um amigo

NOTÍCIAS

Semasa realiza bate-papo virtual sobre soluções e caminhos para o turismo sustentável diante das mudanças climáticas

27/06/2022: Semasa realiza bate-papo virtual sobre soluções e caminhos para o turismo sustentável diante das mudanças climáticas

Transmissão ao vivo será pelo Youtube da autarquia na próxima terça-feira (28)   Santo André, 24 de junho de 2022 – A discussão sobre as mudanças climáticas, seus impactos aos ecossistemas e à saúde pública, bem como a análise das vulnerabilidades socioeconômicas e ambientais é uma temática cada vez mais necessária ao planejamento público para as cidades. Neste sentido, o Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André), por meio da Gerência de Educação e Mobilização Ambiental, realiza...

Fim de semana tem Arraiá no Parque do Pedroso e atividade de educação ambiental para crianças no Parque Ipiranguinha

23/06/2022: Fim de semana tem Arraiá no Parque do Pedroso e atividade de educação ambiental para crianças no Parque Ipiranguinha

Ações do Semasa integram a agenda em celebração ao Junho Verde   Santo André, 23 de junho de 2022 – Para agitar o próximo final de semana (dias 25 e 26/6), o Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) promove a primeira edição do Arraiá do Parque do Pedroso – no sábado e no domingo. Além disso, também no sábado, o Parque do Ipiranguinha recebe a atividade de educação ambiental para crianças “Vivenciando a nossa cidade”.  ...

Inscrições para o seminário ‘Um olhar integrado sobre os catadores de materiais recicláveis’

22/06/2022: Inscrições para o seminário ‘Um olhar integrado sobre os catadores de materiais recicláveis’

O seminário ‘Um olhar  integrado sobre os catadores de materiais recicláveis’, realizado no dia 30 de junho, no anfiteatro Heleny Guariba,  discutirá a importância da inserção dos catadores de materiais recicláveis na gestão de resíduos sólidos, bem como políticas públicas para esses trabalhadores, a partir das necessidades observadas no mapeamento realizado pelo Semasa. Serão quatro mesas com profissionais de diversos setores, como gestores públicos, técnicos, instituições acadêmicas, cooperativas, organizações sociais e o setor empresarial. Saiba mais e inscreva-se em...

Semasa oferece minicurso gratuito sobre fotografia e educação ambiental

22/06/2022: Semasa oferece minicurso gratuito sobre fotografia e educação ambiental

  Atividade inédita é totalmente gratuita e com direito a certificado   Santo André, 22 de junho de 2022 – Como parte das atividades do Junho Verde, o Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André), por meio da Gerência de Educação e Mobilização Ambiental, e a Escola Livre de Cinema e Vídeo (ELCV) oferecem o minicurso inédito e gratuito sobre ‘Fotografia e suas aplicações à Educação Ambiental’. As inscrições acontecem até o dia 28 de junho.  ...