02/08/2018 Com fiscalização mais eficiente, número de fraudes detectadas pelo Semasa aumenta 40%

No primeiro semestre de 2018, foram descobertas 503 fraudes contra 362 no mesmo período do ano passado

Santo André, 2 de agosto de 2018 – O número de fraudes detectadas pelo Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) aumentou 40% na comparação do primeiro semestre de 2017 com os seis primeiros meses de 2018. O trabalho intenso da autarquia no sentido de coibir ligações clandestinas e furtos de água resultou, entre janeiro e junho deste ano, na descoberta de 503 fraudes, contra 362 no mesmo período do ano passado.

O combate às fraudes é uma das principais ferramentas adotadas pelo Semasa para reduzir o desperdício e eliminar perdas de água em Santo André. Além disso, ligações de água fraudulentas podem comprometer o abastecimento de uma região e, dependendo do caso, até provocar a contaminação da rede de água.

As fraudes flagradas até junho de 2018 correspondem a um desvio estimado de água de 78.264 m³, suficientes para abastecer cerca de 5,6 mil famílias de quatro pessoas em um mês. Em 2017, a fiscalização do Semasa também foi muito atuante, identificando 768 fraudes, 34% a mais do que o registrado em 2016.

As principais fraudes são manipulação da ligação através de cavalete (49%) ou do lacre (37%), mas também ocorrem vários casos de violação do corte feito na calçada (7%), fraude no hidrômetro, inserindo no equipamento objetos como imãs, ou perfurando a cúpula (7%), e também ligação clandestina (1%). Palmares e Valparaíso estão entre os bairros com maior incidência de casos.

O Semasa conta com uma equipe com 25 agentes de fiscalização, que atuam em todo município. Além de checar denúncias feitas diretamente à autarquia, a equipe realiza vistorias em casos que geram suspeitas de fraude, como divergências na leitura do consumo de água, ligações fechadas (cortadas) e imóveis com consumo abaixo da média padrão.

Quando constatada a fraude, o morador é notificado e tem 30 dias para para recurso. Caso não faça a defesa, ele receberá, à revelia, multa pela violação, no valor mínimo de 1.000 (FMPs), o que corresponde hoje a R$ 3.852,70.

ImprimirGerar PDFEnvie para um amigo

NOTÍCIAS

Pioneiro na região do ABC, Programa de Coleta Seletiva de Santo André celebra 25 anos com avanços importantes

23/05/2022: Pioneiro na região do ABC, Programa de Coleta Seletiva de Santo André celebra 25 anos com avanços importantes

Mais de 200 mil toneladas de recicláveis foram reaproveitadas pelas indústrias e deixaram de ter como destino o Aterro Sanitário Municipal Santo André 23 de maio de 2022 – Foi em 1997, na Vila Pires, que Santo André começou o projeto piloto para implantar o Programa de Coleta Seletiva. O município tornou-se o primeiro da região do ABC a ter o serviço de coleta de resíduos secos porta a porta, permitindo que mais de 200 mil toneladas de metal,...

Representantes de São Carlos visitam Santo André para conhecer programa Moeda Verde

16/05/2022: Representantes de São Carlos visitam Santo André para conhecer programa Moeda Verde

Equipe do interior paulista deseja implantar iniciativa semelhante na cidade   Santo André, 13 de maio de 2022 – Moradores do Núcleo Pintassilva receberam nesta sexta-feira (13) a visita de representantes da prefeitura e da Câmara Municipal de São Carlos, cidade do interior de São Paulo, que vieram conhecer mais sobre o programa Moeda Verde.   A comitiva era formada pelo secretário de Agricultura e Abastecimento, Wellington Fábio Cervini; por representante da Secretaria de Meio Ambiente, Ciência, Tecnologia e...

Semasa, Cetesb e USP assinam protocolo de intenções para fortalecer logística reversa e ampliar reciclagem em Santo André

11/05/2022: Semasa, Cetesb e USP assinam protocolo de intenções para fortalecer logística reversa e ampliar reciclagem em Santo André

Parceria inédita na região pretende oferecer mais controle quanto à responsabilidade compartilhada pelo ciclo de vida e reaproveitamento de um produto   Santo André, 10 de maio de 2022 – Para ampliar os índices de reciclagem e fortalecer o processo de logística reversa em Santo André, o Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André), a Cetesb e a USP – por meio da Escola Politécnica – assinaram um protocolo de intenções para implantação de um projeto piloto...

Parque do Pedroso ganha brinquedos adaptados para crianças com deficiência

07/05/2022: Parque do Pedroso ganha brinquedos adaptados para crianças com deficiência

  Área do playground recebeu gira-gira e balanço frontal duplo para cadeirantes   Santo André, 7 de maio de 2022 – O Parque Natural Municipal do Pedroso ganhou novos equipamentos de lazer para proporcionar que crianças com deficiência possam brincar e se divertir no local. A Prefeitura de Santo André, por meio do Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) e da Secretaria da Pessoa com Deficiência, instalou um gira-gira e balanço frontal duplo para cadeirantes, além...