26/06/2018 Cidade do interior de São Paulo implanta projeto inspirado no Moeda Verde

Em Amparo, programa também espera reduzir volume de resíduos que são aterrados

Santo André, 26 de junho de 2018 – O exemplo do projeto Moeda Verde, implantado em novembro de 2017 em Santo André, já começa a dar frutos em outras cidades. Esta semana, a Prefeitura de Amparo, município do interior paulista com 70 mil habitantes localizado na região de Campinas, iniciou o projeto ViaVerde, programa inspirado na experiência andreense, que troca de resíduos secos por alimentos hortifrúti.

Assim como em Santo André, um dos principais objetivos do ViaVerde é reduzir o volume de resíduos gerados em Amparo que segue para o Aterro Sanitário. “Aqui temos 60 toneladas de lixo por dia. Se conseguirmos reduzir este volume vamos economizar recursos, porque pagamos R$ 170 por tonelada aterrada”, explicou José Scabora, diretor de Infraestrutura e Serviços Públicos de Amparo, área responsável pela gestão dos resíduos.

“O Moeda Verde é um programa inspirador e que deve ser multiplicado em outras cidades do País. A troca de recicláveis por itens de hortifrúti garante alimentos saudáveis, enriquecendo nutricionalmente a cesta básica de muitas famílias. A medida confere ainda dignidade, qualidade de vida e, de quebra, consciência ambiental, a partir da cultura de reaproveitamento de insumos e do combate ao descarte irregular de lixo, problemas que impactam outras áreas da cidade”, afirmou o prefeito Paulo Serra.

Dez toneladas já arrecadadas – Em Santo André, o Moeda Verde já está implantado em três núcleos – Ciganos, Capuava e Ciprestes – e arrecadou até este mês 10 toneladas de resíduos secos. A cada 5kg de material entregue, o morador recebe 1kg de alimento hortifrúti. As trocas acontecem a cada 15 dias. Todo material recebido é encaminhado para as cooperativas de reciclagem, que fazem a separação e a venda, gerando renda para os antigos catadores.

Em Amparo, o ViaVerde começa a atuar em quatro pontos da cidade, atingindo os cinco bairros com maior vulnerabilidade social, e os recicláveis também vão para uma cooperativa de reciclagem. “Seguindo a experiência de Santo André, também fizemos reuniões com os moradores antes da implantação do projeto”, explicou Hilário Piffer Júnior, diretor administrativo do Saae (Serviço Autônomo de Água e Esgoto). Também a cada duas semanas, os moradores podem entregar resíduos e recebem em troca frutas, legumes e verduras.

“Este projeto é maravilhoso. Já separava o reciclável para uma catadora, mas nem tudo era aproveitado. Aqui eles aproveitam tudo”, afirmou a dona de casa Helena Lourenço, primeira moradora de Amparo a realizar a troca na cidade. “Com ele a cidade fica mais limpa e o meio ambiente mais protegido”, disse a técnica em administração Marluci Silveira, que também aderiu ao projeto logo no primeiro dia de troca.

ImprimirGerar PDFEnvie para um amigo

NOTÍCIAS

Semasa, Cetesb e USP assinam protocolo de intenções para fortalecer logística reversa e ampliar reciclagem em Santo André

11/05/2022: Semasa, Cetesb e USP assinam protocolo de intenções para fortalecer logística reversa e ampliar reciclagem em Santo André

Parceria inédita na região pretende oferecer mais controle quanto à responsabilidade compartilhada pelo ciclo de vida e reaproveitamento de um produto   Santo André, 10 de maio de 2022 – Para ampliar os índices de reciclagem e fortalecer o processo de logística reversa em Santo André, o Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André), a Cetesb e a USP – por meio da Escola Politécnica – assinaram um protocolo de intenções para implantação de um projeto piloto...

Parque do Pedroso ganha brinquedos adaptados para crianças com deficiência

07/05/2022: Parque do Pedroso ganha brinquedos adaptados para crianças com deficiência

  Área do playground recebeu gira-gira e balanço frontal duplo para cadeirantes   Santo André, 7 de maio de 2022 – O Parque Natural Municipal do Pedroso ganhou novos equipamentos de lazer para proporcionar que crianças com deficiência possam brincar e se divertir no local. A Prefeitura de Santo André, por meio do Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) e da Secretaria da Pessoa com Deficiência, instalou um gira-gira e balanço frontal duplo para cadeirantes, além...

Caminhão é flagrado efetuando descarte irregular de entulho às margens do Córrego dos Meninos

04/05/2022: Caminhão é flagrado efetuando descarte irregular de entulho às margens do Córrego dos Meninos

Ação do Semasa e da GCM, contou apoio da PM e resultou em multa e apreensão do veículo do infrator pelo crime ambiental   Santo André, 4 de maio de 2022 – Durante a noite desta última terça-feira (3), a equipe de Fiscalização Ambiental do Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André), com apoio da Guarda Civil Municipal, flagrou um caminhão realizando descarte irregular de entulho e restos de construção junto à Avenida Lauro Gomes, nas margens...

Polícia Militar e Semasa autuam 30 bares por problemas de ruído e interrompem festa no Jardim Santo André

03/05/2022: Polícia Militar e Semasa autuam 30 bares por problemas de ruído e interrompem festa no Jardim Santo André

  Realizada entre sexta-feira e domingo, operação conjunta percorreu 20 bairros   Santo André, 2 de maio de 2022 – A Fiscalização Ambiental do Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) e a Polícia Militar realizaram operação conjunta entre a última sexta-feira (29) e domingo (1º) para coibir problemas relacionados a barulho em bares e casas noturnas, especialmente em regiões mais periféricas. A ação faz parte do esforço da administração e das forças policias para garantir o...