26/06/2018 Cidade do interior de São Paulo implanta projeto inspirado no Moeda Verde

Em Amparo, programa também espera reduzir volume de resíduos que são aterrados

Santo André, 26 de junho de 2018 – O exemplo do projeto Moeda Verde, implantado em novembro de 2017 em Santo André, já começa a dar frutos em outras cidades. Esta semana, a Prefeitura de Amparo, município do interior paulista com 70 mil habitantes localizado na região de Campinas, iniciou o projeto ViaVerde, programa inspirado na experiência andreense, que troca de resíduos secos por alimentos hortifrúti.

Assim como em Santo André, um dos principais objetivos do ViaVerde é reduzir o volume de resíduos gerados em Amparo que segue para o Aterro Sanitário. “Aqui temos 60 toneladas de lixo por dia. Se conseguirmos reduzir este volume vamos economizar recursos, porque pagamos R$ 170 por tonelada aterrada”, explicou José Scabora, diretor de Infraestrutura e Serviços Públicos de Amparo, área responsável pela gestão dos resíduos.

“O Moeda Verde é um programa inspirador e que deve ser multiplicado em outras cidades do País. A troca de recicláveis por itens de hortifrúti garante alimentos saudáveis, enriquecendo nutricionalmente a cesta básica de muitas famílias. A medida confere ainda dignidade, qualidade de vida e, de quebra, consciência ambiental, a partir da cultura de reaproveitamento de insumos e do combate ao descarte irregular de lixo, problemas que impactam outras áreas da cidade”, afirmou o prefeito Paulo Serra.

Dez toneladas já arrecadadas – Em Santo André, o Moeda Verde já está implantado em três núcleos – Ciganos, Capuava e Ciprestes – e arrecadou até este mês 10 toneladas de resíduos secos. A cada 5kg de material entregue, o morador recebe 1kg de alimento hortifrúti. As trocas acontecem a cada 15 dias. Todo material recebido é encaminhado para as cooperativas de reciclagem, que fazem a separação e a venda, gerando renda para os antigos catadores.

Em Amparo, o ViaVerde começa a atuar em quatro pontos da cidade, atingindo os cinco bairros com maior vulnerabilidade social, e os recicláveis também vão para uma cooperativa de reciclagem. “Seguindo a experiência de Santo André, também fizemos reuniões com os moradores antes da implantação do projeto”, explicou Hilário Piffer Júnior, diretor administrativo do Saae (Serviço Autônomo de Água e Esgoto). Também a cada duas semanas, os moradores podem entregar resíduos e recebem em troca frutas, legumes e verduras.

“Este projeto é maravilhoso. Já separava o reciclável para uma catadora, mas nem tudo era aproveitado. Aqui eles aproveitam tudo”, afirmou a dona de casa Helena Lourenço, primeira moradora de Amparo a realizar a troca na cidade. “Com ele a cidade fica mais limpa e o meio ambiente mais protegido”, disse a técnica em administração Marluci Silveira, que também aderiu ao projeto logo no primeiro dia de troca.

ImprimirGerar PDFEnvie para um amigo

NOTÍCIAS

Moradores de Santo André poderão descartar gesso na Estação de Coleta Antonina

05/08/2021: Moradores de Santo André poderão descartar gesso na Estação de Coleta Antonina

Resíduo será encaminhado à empresa parceira para destinação e reaproveitamento ambientalmente correto Santo André, 5 de agosto de 2021 – O Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) começa a receber nesta sexta-feira (6/8), na Estação de Coleta Antonina, resíduos de gesso descartados pela população andreense. Cada morador poderá levar até 1m³ de gesso, ou o equivalente a dez sacos de lixo de 100 litros. A iniciativa vai funcionar em caráter experimental por 30 dias, mas a...

Semasa realiza curso gratuito sobre Mata Atlântica

05/08/2021: Semasa realiza curso gratuito sobre Mata Atlântica

Interessados podem se inscrever até o dia 12 de agosto Santo André, 4 de agosto de 2021 – Começa no próximo dia 13 mais um minicurso online, promovido pela Educação Ambiental do Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André), sobre a Mata Atlântica. Interessados em participar da atividade podem realizar a inscrição pelo site www.semasa.sp.gov.br/minicursos até o dia 12. O pocket curso ‘Mata Atlântica: encantos, desafios e oportunidades’ trará informações sobre este bioma que compreende 12% do território do...

Mais de 50 edifícios de Santo André já aderiram ao Meu Condomínio Recicla

03/08/2021: Mais de 50 edifícios de Santo André já aderiram ao Meu Condomínio Recicla

Projeto do Semasa tem o objetivo de ampliar a coleta seletiva Santo André, 3 de agosto de 2021 – O projeto Meu Condomínio Recicla, realizado pelo Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André), já está presente em mais de 50 edifícios residenciais de Santo André. A iniciativa da autarquia visa ampliar o volume de resíduos destinados à Coleta Seletiva e, com isso, aumentar a reciclagem e a vida útil do Aterro Sanitário Municipal. Lançando em junho, o...

Semasa autua sete bares no final de semana por problemas de barulho

02/08/2021: Semasa autua sete bares no final de semana por problemas de barulho

Ações contaram com apoio da Polícia Militar e das GCMs de Santo André e São Bernardo Santo André, 2 de agosto de 2021 – A equipe de Fiscalização Ambiental do Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) segue vistoriando os bares e casas noturnas da cidade para coibir problemas relacionados a ruído acima do limite permitido. No último final de semana, entre sexta-feira e domingo (dias 30 e 31/7 e 1º/8), os agentes da autarquia autuaram sete...