05/06/2018 Programa inovador, Moeda Verde completa 6 meses com quase 6,5ton de recicláveis recebidos

Iniciativa ocorre em três núcleos da cidade e conta com mais de 200 famílias cadastradas
Santo André, 5 de junho de 2018 – O programa Moeda Verde, que troca 5 quilos de resíduos recicláveis por 1 quilo de alimentos hortifrúti, completou seis meses de implantação. Desde 22 de novembro, quando teve início a ação no Núcleo dos Ciganos, em Utinga, foram quase 6,5 toneladas de resíduos recicláveis entregues pela população, que em troca recebe frutas, legumes e verduras. No final de abril, o projeto foi estendido também aos núcleos Capuava e Ciprestes, tendo atualmente mais de 200 famílias cadastradas.
“O projeto Moeda Verde é um sucesso, que conta com o envolvimento cada vez maior dos moradores. Traz cidadania e consciência ecológica. Outra vantagem é a redução do acúmulo de lixo nos locais onde o programa foi implantado”, afirma o prefeito Paulo Serra.
O Moeda Verde tem se destacado por causa da forma como integra uma necessidade urgente da cidade – a ampliação da reciclagem para a redução do volume de resíduos que seguem para o Aterro – com uma ação social que beneficia diretamente famílias vulneráveis. Mas o programa não é só isso. Ao atuar com educação ambiental, o Moeda Verde demonstra na prática os benefícios da reciclagem, quando, por exemplo, ajuda a reduzir o lixo jogado nas ruas por moradores dos núcleos atendidos e a eliminação de pontos viciados de descarte irregular.
Ao mesmo tempo, o interesse cada vez maior pelo projeto conscientiza a população em geral que, ao receber mais informação sobre o encaminhamento adequado dos recicláveis na cidade, passa a aderir melhor à coleta seletiva, separando com mais frequência os resíduos secos para a coleta seletiva porta a porta.
O Moeda Verde ainda tem como consequência outros benefícios indiretos, como o aumento da qualidade do material seco que chega para as cooperativas de reciclagem, ampliando sua possibilidade de ganho econômico, e a maior venda de verduras produzidas pelos agricultores urbanos de Santo André.
“O processo é transversal e atinge as duas pontas: gera mais oportunidades para quem produz o alimento e entrega mais material para as pessoas que sobrevivem da venda dos recicláveis. São duas pontas econômicas, de inclusão social e geração de renda, e no intermediário estamos nós, do Semasa, os moradores de núcleos e o resto da cidade, ganhando com a separação correta dos resíduos”, afirma José Elídio Moreira, diretor de Resíduos Sólidos do Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André), departamento que cuida da parte operacional do programa.
O Moeda Verde é realizado por meio de parceria entre Semasa, Banco de Alimentos do Núcleo de Inovação Social, Secretaria da Saúde, Secretaria de Cidadania e Assistência Social, Craisa (Companhia Regional de Abastecimento Integrado de Santo André), Agricultores Urbanos do Marajoara e do Capuava, Nupe (Núcleo de Projetos Especiais) de Santo André e Instituto Triângulo.
ImprimirGerar PDFEnvie para um amigo

NOTÍCIAS

Semasa retoma atendimento técnico de licenciamento ambiental de forma presencial

30/09/2022: Semasa retoma atendimento técnico de licenciamento ambiental de forma presencial

Interessados poderão tirar dúvidas sobre processos e pedidos ambientais em tramitação  Santo André, 30 de setembro de 2022 – Para facilitar o acesso à informação e sanar dúvidas dos interessados que ingressam com processos de licenciamento ambiental junto ao Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André), a autarquia vai retomar o Atendimento Técnico de Licenciamento Ambiental de forma presencial, a partir da próxima segunda-feira (3/10). O atendimento ocorrerá apenas com agendamento prévio e deverá ser diretamente com...

Santo André estreia Moeda Verde Itinerante para beneficiar novas comunidades

24/09/2022: Santo André estreia Moeda Verde Itinerante para beneficiar novas comunidades

Jardim Utinga recebeu neste sábado novo modelo da ação realizada pelo Fundo Social de Solidariedade e Semasa   Santo André, 24 de setembro de 2022 – Principal política pública socioambiental de Santo André, o programa Moeda Verde começou a ser realizado em um novo formato neste sábado (24) para fazer com que mais pessoas possam trocar recicláveis por frutas, legumes e verduras, ampliando a segurança alimentar e a reciclagem, ao mesmo tempo em que contribui para a limpeza da...

ProAr vistoria e aprova 98% da frota municipal de ônibus

21/09/2022: ProAr vistoria e aprova 98% da frota municipal de ônibus

Emissões dos veículos foram aferidas pelo Semasa Santo André, 21 de setembro de 2022 – As aferições do ProAr (Programa de Qualidade do Ar) realizadas nos ônibus que compõem a frota pública municipal chegaram ao fim e aprovaram 98% dos veículos em atividade. Os agentes da Fiscalização Ambiental do Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) vistoriaram 311 ônibus, sendo que 307 receberam o selo de aprovação, o que significa que as emissões estavam dentro dos padrões...

Doações nas Estações de Coleta de Santo André ultrapassam 95 mil itens no primeiro semestre

20/09/2022: Doações nas Estações de Coleta de Santo André ultrapassam 95 mil itens no primeiro semestre

Volume é 70% superior ao mesmo período de 2021 e demonstra o espírito de solidariedade da cidade Santo André, 20 de setembro de 2022 – Os andreenses seguem engajados em espalhar o bem e ajudar quem mais precisa. Demonstração disso é que as doações recebidas nas Estações de Coleta do Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) subiram 70% neste primeiro semestre de 2022, na comparação com o mesmo período do ano passado, com mais de 95...