24/04/2018 Moeda Verde chega ao Núcleo Capuava

Mobilização junto aos moradores foi feita desde o início do mês

Santo André, 24 de abril de 2018 – O Projeto Moeda Verde, iniciativa inédita da cidade que troca resíduos recicláveis por alimentos do tipo hortifrúti, está em expansão. Nesta terça-feira (24), famílias do Núcleo Capuava passaram a receber a ação quinzenal, que tem como objetivos sensibilizar os moradores da comunidade para a importância da separação dos resíduos, para práticas de consumo consciente, além de combater a fome e a disposição inadequada de lixo em pontos de descarte irregular próximos ao núcleo.

Os moradores que levaram recicláveis receberam batata doce e mexerica, além de verduras, e foram coletados quase 140 kg de recicláveis. O primeiro da fila para fazer a troca era o aposentado Raimundo José do Nascimento, de 72 anos, que reuniu  quase 20 kg de resíduos recicláveis e levou para casa em troca 4 kg de alimentos.  “Em uma semana eu e minha mulher coletamos isso tudo. Estou bem satisfeito, porque este ponto de descarte aqui é muito antigo e há muito tempo queríamos o fim dele”, afirmou.

A primeira troca do Moeda Verde no Capuava contou com a presença do prefeito Paulo Serra, que explicou que o principal critério para a escolha dos locais de implantação do projeto é a existência de um ponto de descarte irregular na região. “Nosso critério inicial é eliminação dos pontos de descarte irregular mais graves da cidade. No Ciganos [primeiro núcleo a receber o projeto] ficava o pior e agora este aqui no Capuava. O próximo será no Núcleo dos Ciprestes”, disse o prefeito.

O ponto de troca do Moeda Verde no assentamento Capuava fica no espaço que é, atualmente, o pior ponto de descarte irregular de lixo da cidade. Junto à avenida dos Estados, na altura do número 11.300 (próximo à rua Arraial do Cabo), o local recebe ações de limpeza semanais por parte do Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André). De janeiro a março, foram gastos cerca de R$ 200 mil para efetuar os serviços de remoção de 1.131 toneladas de lixo do espaço. A ação do Moeda Verde no local acontecerá a cada 15 dias, sempre às terças-feiras, a partir das 14h. Com o projeto, a expectativa da autarquia é, além de eliminar o ponto viciado, promover a revitalização da área.

Outros pontos – Além do ponto na avenida dos Estados, próximo ao Núcleo Capuava há outros três locais que sofrem com o despejo ilegal de lixo, que devem se beneficiar com o Moeda Verde. Um fica na rua Malaia, o segundo na rua Gasconha e o terceiro na travessa Gasconha. Nestes três locais já foram gastos mais de R$ 140 mil, desde o início do ano, para que fossem removidas cerca de 800 toneladas de lixo.

A ideia é que a própria comunidade se conscientize sobre a importância de manter os locais limpos, destinando corretamente os resíduos. Inicialmente, a previsão é ter a adesão do projeto de cerca de 100 famílias do núcleo. “O estímulo para as pessoas criarem esta consciência ambiental é poder levar o alimento para casa. Lixo virar alimento é só na cidade de Santo André”, afirmou o prefeito.

Iniciativa de sucesso – O Moeda Verde, realizado Semasa, em parceria com o Núcleo de Inovação Social, foi implantado de forma piloto em novembro do ano passado no Núcleo dos Ciganos, em Utinga, e se tornou um grande sucesso. A cada 5 kg de resíduos recicláveis, a família recebe 1 kg de alimento do tipo hortifrúti, como frutas, verduras e legumes. Desde então, cerca de 2.150 kg de resíduos foram coletados e entregues pelos moradores da comunidade, numa média de 200 kg de recicláveis recolhidos por dia de troca. Nesta quinta-feira (26), o projeto será lançado no Núcleo dos Ciprestes.

A ação é realizada sob coordenação do Semasa em parceria com Banco de Alimentos do Núcleo de Inovação Social da Prefeitura, Secretaria da Saúde, Secretaria de Cidadania e Assistência Social, Craisa, Agricultores Urbanos da Avenida das Nações e Capuava, Nupe (Núcleo de Projetos Especiais) de Santo André e Instituto Triângulo.

Veja a galeria de fotos do lançamento do projeto no Núcleo Capuava.

ImprimirGerar PDFEnvie para um amigo

NOTÍCIAS

Moeda Pet chega aos núcleos Sacadura Cabral, Missionários, Sorocaba e Cruzado

31/01/2023: Moeda Pet chega aos núcleos Sacadura Cabral, Missionários, Sorocaba e Cruzado

Programa que troca garrafas PET por ração ocorrerá junto ao Moeda Verde, que troca recicláveis por alimentos Santo André, 31 de janeiro de 2023 – Em fevereiro, o programa Moeda Pet chega a novas comunidades para beneficiar moradores que já participam do programa Moeda Verde. Nesta quarta-feira (1º), é a vez de os moradores do Núcleo Sacadura Cabral também trocarem garrafas PET por ração para cães e gatos, ao mesmo tempo em que podem trocar recicláveis por alimentos. As...

Melhorias de saneamento e mobilidade são principais marcos do Complexo Cassaquera

31/01/2023: Melhorias de saneamento e mobilidade são principais marcos do Complexo Cassaquera

Prefeitura de Santo André e Semasa comemoram nesta segunda-feira um ano de entrega das obras Santo André, 30 de janeiro de 2023 – Há exato um ano, Santo André celebrava a entrega do Complexo Viário Cassaquera, um pacote de obras de saneamento, infraestrutura e mobilidade que era aguardado há décadas pelos moradores que residem na região da Avenida Professor Luiz Ignácio de Anhaia Mello, entre a Vila Homero Thon e o bairro Centreville.   Passados 365 dias desde o...

Moeda Verde e Moeda Pet chegam às comunidades Lamartine, Eucaliptos e Vila Sá

23/01/2023: Moeda Verde e Moeda Pet chegam às comunidades Lamartine, Eucaliptos e Vila Sá

Trocas conjuntas ocorrerão a cada dois meses Santo André, 23 de janeiro de 2023 – Como parte do processo de expansão do Moeda Pet, nos próximos dias 25 (quarta-feira), 26 (quinta-feira) e 31/1 (terça-feira), a Prefeitura de Santo André, em parceria com o Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André), inicia as trocas conjuntas do Moeda Verde e Moeda Pet nos núcleos Lamartine, Eucaliptos e Vila Sá – respectivamente. Nestes locais, o Moeda Verde já acontece regularmente,...

Semasa retoma visitas ao Aterro Sanitário de Santo André

19/01/2023: Semasa retoma visitas ao Aterro Sanitário de Santo André

Agenda está aberta para todos os segmentos da sociedade Santo André, 19 de janeiro de 2023 – Um dos principais equipamentos de sensibilização ambiental sobre temáticas de resíduos sólidos, o Aterro Sanitário de Santo André retomou a agenda de 2023 para visitas monitoradas ao espaço. Administrado pelo Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André), o complexo do Centro de Tratamento de Resíduos abriga as cooperativas de reciclagem, o ecoponto especial para recolhimento de pneus, as lagoas de...