01/12/2017 Projeto Livro Vivo leva literatura para parques e outros 40 pontos de Santo André

Publicações que são deixadas nas Estações de Coleta do Semasa voltam gratuitamente para mão de leitores

Santo André, 1º de dezembro de 2017 – Livros deixados nas Estações de Coleta do Semasa têm, agora, um novo destino, que os devolve para mãos de leitores. Em vez de seguirem para as cooperativas como resíduo reciclável, as publicações descartadas pela população passaram a fazer parte do projeto Livro Vivo, uma ação do Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) e da Secretaria do Meio Ambiente da Prefeitura de Santo André que estimula o cidadão à prática da leitura, e isso sem pagar nada.

 O projeto Livro Vivo foi lançado hoje no Parque Celso Daniel e será levado a mais de 40 pontos de acesso da população, entre eles todos os parques da cidade, portarias e postos de atendimento do Semasa. Nos parques, os livros ficarão expostos em geladeiras também descartadas nas Estações de Coleta, transformadas em estantes e grafitadas. Nos demais pontos, os livros ficarão à disposição em caixotes.

 “Quando o morador deixa o livro na Estação de Coleta é porque o considera um resíduo. Este projeto devolve o livro para o seu lugar de essência, que é a cultura”, explicou o diretor de Resíduos Sólidos do Semasa, José Elídio Rosa Moreira.

 Além de ofertar leitura gratuita, o projeto integra Santo André no movimento mundial conhecido bookcrossing, que incentiva a troca voluntária de livros – o morador também pode depositar nas “estantes” publicações que deseja doar, evitando o descarte e permitindo a leitura por mais pessoas.

 O vice-prefeito de Santo André Luiz Zacarias, afirmou que o Livro Vivo ajuda a resgatar a importância da leitura. “O projeto mostra que objetos como geladeiras, caixas e livros podem ser reaproveitados. E trazê-los para os parques também é muito importante porque muitas vezes as pessoas estão caminhando, param para descansar e aproveitar o parque, e a leitura é mais um atrativo”, disse.

 “É um projeto muito bonito. O livro está caro e aqui podemos levar e trazer, sem pagar nada. Estou levando dois: um pra mim e outro para a minha filha”, disse Alirio Fechio, frequentador do Parque Celso Daniel há 10 anos.

 Para participar basta retirar ou entregar os livros nos pontos de troca. Não é necessário cadastro e nem mesmo identificação. A reposição de livros nestes pontos será efetuada pela Casa da Joanna, entidade parceira da ação que desenvolve o projeto Livre-se há 3 anos, tendo mais de 4.500 livros cadastrados e 45 pontos fixos de troca.

ImprimirGerar PDFEnvie para um amigo

NOTÍCIAS

Pioneiro na região do ABC, Programa de Coleta Seletiva de Santo André celebra 25 anos com avanços importantes

23/05/2022: Pioneiro na região do ABC, Programa de Coleta Seletiva de Santo André celebra 25 anos com avanços importantes

Mais de 200 mil toneladas de recicláveis foram reaproveitadas pelas indústrias e deixaram de ter como destino o Aterro Sanitário Municipal Santo André 23 de maio de 2022 – Foi em 1997, na Vila Pires, que Santo André começou o projeto piloto para implantar o Programa de Coleta Seletiva. O município tornou-se o primeiro da região do ABC a ter o serviço de coleta de resíduos secos porta a porta, permitindo que mais de 200 mil toneladas de metal,...

Representantes de São Carlos visitam Santo André para conhecer programa Moeda Verde

16/05/2022: Representantes de São Carlos visitam Santo André para conhecer programa Moeda Verde

Equipe do interior paulista deseja implantar iniciativa semelhante na cidade   Santo André, 13 de maio de 2022 – Moradores do Núcleo Pintassilva receberam nesta sexta-feira (13) a visita de representantes da prefeitura e da Câmara Municipal de São Carlos, cidade do interior de São Paulo, que vieram conhecer mais sobre o programa Moeda Verde.   A comitiva era formada pelo secretário de Agricultura e Abastecimento, Wellington Fábio Cervini; por representante da Secretaria de Meio Ambiente, Ciência, Tecnologia e...

Semasa, Cetesb e USP assinam protocolo de intenções para fortalecer logística reversa e ampliar reciclagem em Santo André

11/05/2022: Semasa, Cetesb e USP assinam protocolo de intenções para fortalecer logística reversa e ampliar reciclagem em Santo André

Parceria inédita na região pretende oferecer mais controle quanto à responsabilidade compartilhada pelo ciclo de vida e reaproveitamento de um produto   Santo André, 10 de maio de 2022 – Para ampliar os índices de reciclagem e fortalecer o processo de logística reversa em Santo André, o Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André), a Cetesb e a USP – por meio da Escola Politécnica – assinaram um protocolo de intenções para implantação de um projeto piloto...

Parque do Pedroso ganha brinquedos adaptados para crianças com deficiência

07/05/2022: Parque do Pedroso ganha brinquedos adaptados para crianças com deficiência

  Área do playground recebeu gira-gira e balanço frontal duplo para cadeirantes   Santo André, 7 de maio de 2022 – O Parque Natural Municipal do Pedroso ganhou novos equipamentos de lazer para proporcionar que crianças com deficiência possam brincar e se divertir no local. A Prefeitura de Santo André, por meio do Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) e da Secretaria da Pessoa com Deficiência, instalou um gira-gira e balanço frontal duplo para cadeirantes, além...