18/01/2017 10 anos da Sabina serão comemorados com reabertura e aproveitamento total

Na tarde desta terça-feira, 17, o prefeito Paulo Serra vistoriou o equipamento público que ele considera símbolo da irresponsabilidade da gestão anterior: a Sabina Escola Parque do Conhecimento. O espaço, localizado na Vila Assunção, foi fechado para o público em dezembro de 2016 pela antiga administração, porém desde abril do ano passado já enfrentava sérios problemas estruturais e redução de quadro de funcionários, operando parcialmente. Em face à impossibilidade de funcionamento, a nova administração presenteará o município com a reabertura da Sabina, com data prevista para abril, reestruturada e com novidades para a população.

“Nesse momento, não podemos reabrir nestas condições e expor as crianças aos riscos que as atrações oferecem. O nosso plano é anexar esse espaço ao Parque Central e incluí-lo nas aulas regulares da rede de ensino municipal”. Entre os vários problemas encontrados na vistoria está o encerramento e a não renovação de contratos imprescindíveis para manter o atendimento. A equipe do Planetário e Teatro Digital Johannes Kepler, o mais moderno da América Latina, estava sem receber os dois últimos meses de 2016. Os funcionários contratados da empresa responsável pelo serviço, IPRODESC, já tinham sido cortados pela metade no meio do ano e agora restam apenas oito, que estão desempenhando suas funções voluntariamente.

“Foi feito um congelamento da dívida, mas a intenção é que as contas a partir de janeiro sejam pagas em dia. A comissão que foi criada para a revisão de contratos fará a negociação entre outras coisas da quitação desses salários atrasados”, esclareceu Serra. Além dos pagamentos, o planetário possui problemas em sua estrutura como cadeiras quebradas e vazamento no teto, o que prejudica e põe em risco a conservação dos equipamentos eletrônicos. Segundo a equipe gestora da Sabina, foi feito o orçamento para solucionar o problema de vazamento oito vezes no último ano, porém não foi aprovado em nenhuma delas.

Nem mesmo os reparos menores puderam ser feitos nas atrações, uma vez que a empresa  IFEC, responsável pela manutenção, também encerrou o contrato, em abril. Além dos serviços de conservação, a empresa era responsável também por toda a monitoria do espaço Ciências e Tecnologia, o que acabou fechando todo o andar onde os funcionários atuavam. A empresa Vitalis, responsável pela arte e comunicação e pelo trabalho de iniciação à orquestra nos CESAs, também encerrou o contrato e os funcionários ficaram sem receber os salários de novembro, dezembro e o 13º salário.

A única contratada que possuía dinheiro em caixa para pagar os funcionários é a Argonautas, que cuida do aquário e pinguinário, espaços que são monitorados 24 horas com acesso remoto ao ambiente dos animais, parte que não para nem aos finais de semana. Há uma equipe formada por veterinário, bióloga, tratadores, pessoal da  manutenção e estagiários responsáveis  pelo cuidado diário. Neste momento, a reestruturação foi iniciada com uma organização prévia dos ambientes que estavam com mobiliário e outros equipamentos abandonados. A nova equipe responsável pelo local fará a avaliação da quantia necessária para manter a Sabina funcionando, além do valor total da reestruturação.

ImprimirGerar PDFEnvie para um amigo

NOTÍCIAS

Representantes de São Carlos visitam Santo André para conhecer programa Moeda Verde

16/05/2022: Representantes de São Carlos visitam Santo André para conhecer programa Moeda Verde

Equipe do interior paulista deseja implantar iniciativa semelhante na cidade   Santo André, 13 de maio de 2022 – Moradores do Núcleo Pintassilva receberam nesta sexta-feira (13) a visita de representantes da prefeitura e da Câmara Municipal de São Carlos, cidade do interior de São Paulo, que vieram conhecer mais sobre o programa Moeda Verde.   A comitiva era formada pelo secretário de Agricultura e Abastecimento, Wellington Fábio Cervini; por representante da Secretaria de Meio Ambiente, Ciência, Tecnologia e...

Semasa, Cetesb e USP assinam protocolo de intenções para fortalecer logística reversa e ampliar reciclagem em Santo André

11/05/2022: Semasa, Cetesb e USP assinam protocolo de intenções para fortalecer logística reversa e ampliar reciclagem em Santo André

Parceria inédita na região pretende oferecer mais controle quanto à responsabilidade compartilhada pelo ciclo de vida e reaproveitamento de um produto   Santo André, 10 de maio de 2022 – Para ampliar os índices de reciclagem e fortalecer o processo de logística reversa em Santo André, o Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André), a Cetesb e a USP – por meio da Escola Politécnica – assinaram um protocolo de intenções para implantação de um projeto piloto...

Parque do Pedroso ganha brinquedos adaptados para crianças com deficiência

07/05/2022: Parque do Pedroso ganha brinquedos adaptados para crianças com deficiência

  Área do playground recebeu gira-gira e balanço frontal duplo para cadeirantes   Santo André, 7 de maio de 2022 – O Parque Natural Municipal do Pedroso ganhou novos equipamentos de lazer para proporcionar que crianças com deficiência possam brincar e se divertir no local. A Prefeitura de Santo André, por meio do Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) e da Secretaria da Pessoa com Deficiência, instalou um gira-gira e balanço frontal duplo para cadeirantes, além...

Caminhão é flagrado efetuando descarte irregular de entulho às margens do Córrego dos Meninos

04/05/2022: Caminhão é flagrado efetuando descarte irregular de entulho às margens do Córrego dos Meninos

Ação do Semasa e da GCM, contou apoio da PM e resultou em multa e apreensão do veículo do infrator pelo crime ambiental   Santo André, 4 de maio de 2022 – Durante a noite desta última terça-feira (3), a equipe de Fiscalização Ambiental do Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André), com apoio da Guarda Civil Municipal, flagrou um caminhão realizando descarte irregular de entulho e restos de construção junto à Avenida Lauro Gomes, nas margens...