18/09/2015 Obras no córrego Guaixaya melhoraram qualidade da água do curso d’água

Santo André, 18 de setembro de 2015 – As obras de canalização e recuperação do córrego Guaixaya, na Avenida das Nações, estão trazendo mais segurança e qualidade ambiental para os moradores do bairro e para todos que trafegam na via. Isso é nítido e visto por todos, mas o que pouca gente talvez se atente é para a mudança na qualidade da água do córrego, que já pode ser percebida pela cor.

Testes realizados pelo Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) indicam que a água do curso d’água apresentou bons níveis de oxigenação, que podem permitir o aparecimento de vida aquática no local. A análise levou em conta o parâmetro da Demanda Bioquímica de Oxigênio que mostra qual é a quantidade de oxigênio necessária para oxidar a matéria orgânica biodegradável presente na água. Este parâmetro é um dos utilizados pela Agência Nacional das Águas e pela Cetesb para determinar o Índice de Qualidade das Águas (IQA).

Essa melhora só foi possível porque, além das obras de canalização e recuperação hidráulica do córrego, foram retirados desta bacia os esgotos lançados “in natura” e que, agora, seguem para tratamento na ETE ABC.

Despoluição de córregos – A qualidade das águas nos rios e córregos do município é uma das preocupações do Semasa, que trabalha para ampliar os índices de tratamento de esgoto além de combater as ligações irregulares de esgoto e de águas pluviais, que também contribuem para a poluição da água.

Outro trabalho da autarquia neste sentido é realizado junto ao córrego Comprido, que por meio do Programa Caça Esgoto, já identificou mais de 300 ligações de esgoto irregulares. As inspeções constataram que a maioria das irregularidades nos imóveis está na falta de ligação de esgoto adequada, cujos lançamentos são feitos diretamente no rio ou na rede de água pluvial, o que é ilegal.

O Caça Esgoto é parte do programa de despoluição do córrego Comprido, e outras ações como limpezas por jato de alta pressão nas redes e a medição da qualidade da água do córrego, antes e depois dos serviços, fazem parte do processo.

População deve ser corresponsável – O poder público é responsável por realizar obras e intervenções que possam garantir a qualidade das águas do município, estado ou País. No entanto, a colaboração da população é indispensável para a manutenção da qualidade e salubridade ambiental das águas.

É papel de todas as pessoas colaborar para que as águas não sejam poluídas, dispensando o lixo em locais adequados e até mesmo fiscalizando e denunciando a prática de descartes irregulares de resíduos. Além disso, é responsabilidade de cada munícipe a realização da correta ligação de esgoto e de águas pluviais em seu imóvel.

ImprimirGerar PDFEnvie para um amigo

NOTÍCIAS

Coleta de resíduos porta a porta é o melhor serviço de Santo André, em pesquisa do Indsat

26/05/2022: Coleta de resíduos porta a porta é o melhor serviço de Santo André, em pesquisa do Indsat

  Levantamento aponta que 77% dos munícipes aprovam o serviço do Semasa   Santo André, 26 de maio de 2022 – Pesquisa recente divulgada pelo Indsat (Indicadores de Satisfação dos Serviços Públicos) mostrou que a coleta de resíduos de Santo André, realizada pelo Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André), é o melhor serviço público da cidade, na avaliação dos moradores.   A coleta porta a porta recebeu um total de 749 pontos, entre os 16 serviços...

Semasa abre inscrições para projeto ‘Do Sólido ao Gasoso’, que vai estudar reutilização do biogás do Aterro Sanitário

25/05/2022: Semasa abre inscrições para projeto ‘Do Sólido ao Gasoso’, que vai estudar reutilização do biogás do Aterro Sanitário

  Iniciativa também vai permitir a elaboração de uma política ambiental para redução dos gases do efeito estufa provenientes da decomposição dos resíduos   Santo André, 25 de maio de 2022 – O Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) está com inscrições abertas para interessados em participar do projeto ‘Do Sólido ao Gasoso – Descobrindo as rotas finais dos resíduos sólidos urbanos’, que vai estudar a viabilidade de reaproveitamento do biogás gerado no Aterro Sanitário municipal....

Pioneiro na região do ABC, Programa de Coleta Seletiva de Santo André celebra 25 anos com avanços importantes

23/05/2022: Pioneiro na região do ABC, Programa de Coleta Seletiva de Santo André celebra 25 anos com avanços importantes

Mais de 200 mil toneladas de recicláveis foram reaproveitadas pelas indústrias e deixaram de ter como destino o Aterro Sanitário Municipal Santo André 23 de maio de 2022 – Foi em 1997, na Vila Pires, que Santo André começou o projeto piloto para implantar o Programa de Coleta Seletiva. O município tornou-se o primeiro da região do ABC a ter o serviço de coleta de resíduos secos porta a porta, permitindo que mais de 200 mil toneladas de metal,...

Representantes de São Carlos visitam Santo André para conhecer programa Moeda Verde

16/05/2022: Representantes de São Carlos visitam Santo André para conhecer programa Moeda Verde

Equipe do interior paulista deseja implantar iniciativa semelhante na cidade   Santo André, 13 de maio de 2022 – Moradores do Núcleo Pintassilva receberam nesta sexta-feira (13) a visita de representantes da prefeitura e da Câmara Municipal de São Carlos, cidade do interior de São Paulo, que vieram conhecer mais sobre o programa Moeda Verde.   A comitiva era formada pelo secretário de Agricultura e Abastecimento, Wellington Fábio Cervini; por representante da Secretaria de Meio Ambiente, Ciência, Tecnologia e...