18/09/2015 Obras no córrego Guaixaya melhoraram qualidade da água do curso d’água

Santo André, 18 de setembro de 2015 – As obras de canalização e recuperação do córrego Guaixaya, na Avenida das Nações, estão trazendo mais segurança e qualidade ambiental para os moradores do bairro e para todos que trafegam na via. Isso é nítido e visto por todos, mas o que pouca gente talvez se atente é para a mudança na qualidade da água do córrego, que já pode ser percebida pela cor.

Testes realizados pelo Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) indicam que a água do curso d’água apresentou bons níveis de oxigenação, que podem permitir o aparecimento de vida aquática no local. A análise levou em conta o parâmetro da Demanda Bioquímica de Oxigênio que mostra qual é a quantidade de oxigênio necessária para oxidar a matéria orgânica biodegradável presente na água. Este parâmetro é um dos utilizados pela Agência Nacional das Águas e pela Cetesb para determinar o Índice de Qualidade das Águas (IQA).

Essa melhora só foi possível porque, além das obras de canalização e recuperação hidráulica do córrego, foram retirados desta bacia os esgotos lançados “in natura” e que, agora, seguem para tratamento na ETE ABC.

Despoluição de córregos – A qualidade das águas nos rios e córregos do município é uma das preocupações do Semasa, que trabalha para ampliar os índices de tratamento de esgoto além de combater as ligações irregulares de esgoto e de águas pluviais, que também contribuem para a poluição da água.

Outro trabalho da autarquia neste sentido é realizado junto ao córrego Comprido, que por meio do Programa Caça Esgoto, já identificou mais de 300 ligações de esgoto irregulares. As inspeções constataram que a maioria das irregularidades nos imóveis está na falta de ligação de esgoto adequada, cujos lançamentos são feitos diretamente no rio ou na rede de água pluvial, o que é ilegal.

O Caça Esgoto é parte do programa de despoluição do córrego Comprido, e outras ações como limpezas por jato de alta pressão nas redes e a medição da qualidade da água do córrego, antes e depois dos serviços, fazem parte do processo.

População deve ser corresponsável – O poder público é responsável por realizar obras e intervenções que possam garantir a qualidade das águas do município, estado ou País. No entanto, a colaboração da população é indispensável para a manutenção da qualidade e salubridade ambiental das águas.

É papel de todas as pessoas colaborar para que as águas não sejam poluídas, dispensando o lixo em locais adequados e até mesmo fiscalizando e denunciando a prática de descartes irregulares de resíduos. Além disso, é responsabilidade de cada munícipe a realização da correta ligação de esgoto e de águas pluviais em seu imóvel.

ImprimirGerar PDFEnvie para um amigo

NOTÍCIAS

Santo André estreia Moeda Verde Itinerante para beneficiar novas comunidades

24/09/2022: Santo André estreia Moeda Verde Itinerante para beneficiar novas comunidades

Jardim Utinga recebeu neste sábado novo modelo da ação realizada pelo Fundo Social de Solidariedade e Semasa   Santo André, 24 de setembro de 2022 – Principal política pública socioambiental de Santo André, o programa Moeda Verde começou a ser realizado em um novo formato neste sábado (24) para fazer com que mais pessoas possam trocar recicláveis por frutas, legumes e verduras, ampliando a segurança alimentar e a reciclagem, ao mesmo tempo em que contribui para a limpeza da...

ProAr vistoria e aprova 98% da frota municipal de ônibus

21/09/2022: ProAr vistoria e aprova 98% da frota municipal de ônibus

Emissões dos veículos foram aferidas pelo Semasa Santo André, 21 de setembro de 2022 – As aferições do ProAr (Programa de Qualidade do Ar) realizadas nos ônibus que compõem a frota pública municipal chegaram ao fim e aprovaram 98% dos veículos em atividade. Os agentes da Fiscalização Ambiental do Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) vistoriaram 311 ônibus, sendo que 307 receberam o selo de aprovação, o que significa que as emissões estavam dentro dos padrões...

Doações nas Estações de Coleta de Santo André ultrapassam 95 mil itens no primeiro semestre

20/09/2022: Doações nas Estações de Coleta de Santo André ultrapassam 95 mil itens no primeiro semestre

Volume é 70% superior ao mesmo período de 2021 e demonstra o espírito de solidariedade da cidade Santo André, 20 de setembro de 2022 – Os andreenses seguem engajados em espalhar o bem e ajudar quem mais precisa. Demonstração disso é que as doações recebidas nas Estações de Coleta do Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) subiram 70% neste primeiro semestre de 2022, na comparação com o mesmo período do ano passado, com mais de 95...

Semasa inicia operação de Estações de Coleta nos bairros Jardim Ana Maria, Jardim e Bangu

12/09/2022: Semasa inicia operação de Estações de Coleta nos bairros Jardim Ana Maria, Jardim e Bangu

Novos equipamentos foram abertos nesta segunda-feira, com horário de funcionamento das 9h às 17h Santo André, 12 de setembro de 2022 – A partir desta segunda-feira (12), os moradores dos bairros Jardim Ana Maria, Jardim e Bangu podem fazer uso das novas Estações de Coleta que foram construídas para ampliar a reciclagem e o descarte correto de diversos tipos de materiais. O engenheiro aposentado Dario Tartarin, de 66 anos, foi o primeiro a utilizar a Estação de Coleta Bangu....