03/06/2015 Semasa fiscaliza a preservação da vegetação no entorno da Billings para evitar as secas e o assoreamento 

Santo André, 03 de junho de 2015 – As matas ciliares, vegetação nativa localizada às margens de rios, lagos e represas, possuem esta denominação por serem essenciais para a proteção das águas, como são os cílios para os olhos humanos. Essas florestas têm como principal função regular o fluxo de água e filtrar substâncias que, em excesso, comprometem a qualidade do recurso e podem gerar sedimentos depositados pelo homem – em razão da urbanização e agricultura.

Os órgãos públicos têm grande compromisso na conservação dessas áreas. Em Santo André, além da fiscalização e controle ambiental da região, o Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental) também é responsável pela elaboração e gestão de leis municipais que visam preservar essas matas, educação ambiental para a população ribeirinha, além da reposição florestal obrigatória para cortes de árvores isoladas.

Segundo a definição do Novo Código Florestal, a metragem ideal para as margens dos rios, lagos e nascentes consta na tabela abaixo.

tablea_matasciliares

“Nosso dever é proteger e recuperar as áreas mais sensíveis, especialmente em córregos e nascentes nesse período delicado de crise hídrica. O município de Santo André tem uma legislação específica que regulamenta e monitora ações de plantios em áreas deterioradas ambientalmente”, confirma Sebastião Ney Vaz Junior, superintendente do Semasa. Além da legislação municipal, a Lei de Billings, aprovada pelo governo estadual em 2010, também prevê a proteção da represa que fornece aproximadamente de sete metros cúbicos de água por segundo para abastecer a região do ABC e capital, sendo cerca de 80% da vazão para o ABC (braço Rio Grande) e os 20% restante para o sistema Guarapiranga (via braço Taquacetuba e braço Rio Grande).

Outra finalidade das matas ciliares é evitar processos de desgaste ou erosão do solo, pois funcionam como uma barreira natural nas margens dos rios e suas raízes garantem estabilidade ao solo. O crescimento acelerado das cidades contribui para a redução dessa vegetação fazendo com que haja acúmulo de materiais no fundo da água e provocando assoreamentos, altos níveis de poluição nos rios e outros impactos ambientais irreversíveis.

“As matas ciliares possuem uma importância imensa no ecossistema das bacias hidrográficas, pois, além de contribuírem para a solidez dos terrenos e filtro dos sedimentos, absorvem os raios solares, o que reduz a evaporação das águas. Isso comprova que a vegetação é essencial para um volume de águas mais puras e abundantes”, finaliza Elena Maria Rezende, Coordenadora Programa Mananciais do Semasa.

ImprimirGerar PDFEnvie para um amigo

NOTÍCIAS

Semasa abre inscrições para projeto de educação ambiental, audiovisual e empreendedorismo

16/09/2021: Semasa abre inscrições para projeto de educação ambiental, audiovisual e empreendedorismo

Água, Câmera e Ação é destinado a jovens de 15 a 29 anos que moram na Vila de Paranapiacaba e na região do bairro Condomínio Maracanã Santo André, 16 de setembro de 2021 – Jovens de Santo André que possuem entre 15 e 29 anos, residentes na Vila de Paranapiacaba e na região do bairro Condomínio Maracanã, podem participar gratuitamente do projeto Água, Câmera e Ação, uma iniciativa do Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) para...

Vereadores de Santo André vistoriam obras de ampliação do Aterro Sanitário Municipal

15/09/2021: Vereadores de Santo André vistoriam obras de ampliação do Aterro Sanitário Municipal

Equipamento ganhará 40 mil m² de área, o que garante ao local uma vida útil de mais cerca de cinco anos Santo André, 15 de setembro de 2021 – As obras de ampliação do Aterro Sanitário Municipal de Santo André continuam sendo realizadas para que o equipamento possa ganhar mais 40 mil m² de área de operação. Durante esta quarta-feira (15), vereadores da cidade e o superintendente do Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) vistoriaram as...

Novo minicurso do Semasa discute o tema ‘educação de qualidade’

13/09/2021: Novo minicurso do Semasa discute o tema ‘educação de qualidade’

Inscrições para a atividade on-line podem ser realizadas até 22 de setembro Santo André, 13 de setembro de 2021 – Em continuidade à série de minicursos sobre os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODSs), o Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) realiza neste mês de setembro o pocket curso ‘Educação de qualidade’, que é o tema do quarto objetivo estabelecido pela Organização das Nações Unidas (ONU). A atividade abordará qual o panorama da educação brasileira, os desafios...

Bate-papo online discute participação social e gestão do Parque Nascentes de Paranapiacaba

24/08/2021: Bate-papo online discute participação social e gestão do Parque Nascentes de Paranapiacaba

                                                                                                              Encontro realizado em parceria com a Prefeitura faz parte do projeto Tardes Interativas, desenvolvido pelo Semasa Santo André, 24 de agosto de 2021 –...