14/04/2015 Índice já foi uma realidade na cidade

Santo André, 14 de abril de 2015 – O índice de reciclagem de Santo André diminuiu em 12 pontos percentuais nos últimos cinco anos. Os dados, obtidos a partir de estudos gravimétricos (análises sobre o material que compõem o volume de resíduos coletados) conduzidos em 2008 e novamente em 2013, apontam uma desmobilização da população andreense, que poderia, atualmente, separar e descartar corretamente pelo menos 25% do lixo que vai para o Aterro Sanitário da cidade diariamente.

O estudo realizado em 2013 constatou que apenas 50,81% do material descartado corresponde a lixo orgânico (alimentos e produtos sanitários). Os 49,19% restantes são uma mistura de lixo seco a outros materiais, como tecido, madeira, entulho e resíduos tecnológicos, que poderiam ter um descarte diferenciado pela população. Atualmente, a cidade recicla apenas 8% de seu lixo.

O índice é inferior ao ano de 2008, quando o aterro de Santo André recebia mais orgânicos (56,25%) e conseguia reciclar cerca de 20% dos resíduos sólidos – atual meta da Prefeitura e do Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André), a ser impulsionada pela nova campanha de coleta seletiva.

Os dados de 2013 correspondem a mais de 160 toneladas de material que poderiam ser reaproveitadas na cadeia de consumo diariamente. Se isso ocorresse, o aterro andreense poderia ter sua vida útil ampliada em no mínimo dois anos. Atualmente, Santo André gera 650 toneladas de lixo por dia e a vida útil do aterro municipal está estimada em oito anos.

Ainda de acordo com o estudo, dentre os materiais passíveis de reciclagem encontrados na mistura de matéria orgânica, o plástico se destaca, com uma incidência de 15,26%: são quase 99 toneladas diárias. O segundo item mais encontrado com o lixo comum é o papelão (7,13%), seguido pelo tecido e roupas em geral (6,20%).

Principais itens recicláveis encontrados no lixo comum em Santo André

SECOS 2006 2008 2013
Plásticos 31,47 18,57 15,26
Papelão 2,58% 4,13 7,13
Tecido 3,82 4,26 6,2
Papel branco 4,97 8,55 1,89
Alumínio 0,46 0,41 1,21
ImprimirGerar PDFEnvie para um amigo

NOTÍCIAS

Moeda Pet chega aos núcleos Sacadura Cabral, Missionários, Sorocaba e Cruzado

31/01/2023: Moeda Pet chega aos núcleos Sacadura Cabral, Missionários, Sorocaba e Cruzado

Programa que troca garrafas PET por ração ocorrerá junto ao Moeda Verde, que troca recicláveis por alimentos Santo André, 31 de janeiro de 2023 – Em fevereiro, o programa Moeda Pet chega a novas comunidades para beneficiar moradores que já participam do programa Moeda Verde. Nesta quarta-feira (1º), é a vez de os moradores do Núcleo Sacadura Cabral também trocarem garrafas PET por ração para cães e gatos, ao mesmo tempo em que podem trocar recicláveis por alimentos. As...

Melhorias de saneamento e mobilidade são principais marcos do Complexo Cassaquera

31/01/2023: Melhorias de saneamento e mobilidade são principais marcos do Complexo Cassaquera

Prefeitura de Santo André e Semasa comemoram nesta segunda-feira um ano de entrega das obras Santo André, 30 de janeiro de 2023 – Há exato um ano, Santo André celebrava a entrega do Complexo Viário Cassaquera, um pacote de obras de saneamento, infraestrutura e mobilidade que era aguardado há décadas pelos moradores que residem na região da Avenida Professor Luiz Ignácio de Anhaia Mello, entre a Vila Homero Thon e o bairro Centreville.   Passados 365 dias desde o...

Moeda Verde e Moeda Pet chegam às comunidades Lamartine, Eucaliptos e Vila Sá

23/01/2023: Moeda Verde e Moeda Pet chegam às comunidades Lamartine, Eucaliptos e Vila Sá

Trocas conjuntas ocorrerão a cada dois meses Santo André, 23 de janeiro de 2023 – Como parte do processo de expansão do Moeda Pet, nos próximos dias 25 (quarta-feira), 26 (quinta-feira) e 31/1 (terça-feira), a Prefeitura de Santo André, em parceria com o Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André), inicia as trocas conjuntas do Moeda Verde e Moeda Pet nos núcleos Lamartine, Eucaliptos e Vila Sá – respectivamente. Nestes locais, o Moeda Verde já acontece regularmente,...

Semasa retoma visitas ao Aterro Sanitário de Santo André

19/01/2023: Semasa retoma visitas ao Aterro Sanitário de Santo André

Agenda está aberta para todos os segmentos da sociedade Santo André, 19 de janeiro de 2023 – Um dos principais equipamentos de sensibilização ambiental sobre temáticas de resíduos sólidos, o Aterro Sanitário de Santo André retomou a agenda de 2023 para visitas monitoradas ao espaço. Administrado pelo Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André), o complexo do Centro de Tratamento de Resíduos abriga as cooperativas de reciclagem, o ecoponto especial para recolhimento de pneus, as lagoas de...