04/03/2015 Padaria muda hábitos, reduz consumo de água em 25% e vira inspiração

Estabelecimentos comerciais também devem ser exemplo de boas práticas em prol do bom uso e economia de água. Afinal, eles lidam com público e podem, sim, inspirar seus clientes e funcionários.

DSC_0099

Funcionário mostra máquina de lavar louça

A padaria Bella Vitória, da Vila Floresta, é um desses exemplos. A direção do local empreendeu desde o ano passado uma série de adaptações para reduzir o consumo da água, que inclui compra de máquinas de lavar louça, ampliação da caixa de água e uso de redutores de pressão em todas as torneiras.
Mas, além do investimento, o dono da padaria, Fortunato José de Queiróz, explica que o importante também foi conversar e mudar os hábitos de seus funcionários. Afinal, são 123 pessoas que trabalho local.

“Tenho essa preocupação (de economia de água) desde 2008. Porque o gasto de água em uma padaria e restaurante é muito alto e tem muito desperdício. Sempre fui, por exemplo, conversando com funcionários e colocando na cabeça deles que tem de ensaboar xícaras com a torneira fechada, ou só lavar quando a pia está mais cheia”, contou.

DSC_0096

Talheres ficam de molho antes de entrarem na máquina

Sujeira no molho – Em 2014, o empresário resolveu investir mais e adquiriu duas máquinas de lavar louças. Uma delas, de balcão, gasta 18 litros de água durante 6 horas de operação lavando principalmente xícaras. Uma outra, industrial, gasta 100 litros a cada duas horas quando está operando e é utilizada para as louças das refeições. “Antes, porém, retiramos os resíduos e deixamos os talheres de molho, porque assim a sujeira amolece e fica mais fácil para lavar”, explica Queiroz. O investimento, segundo ele, foi alto, mas compensou por causa da economia alcançada ao longo de 2014.
“Com tudo, a economia de água foi de 25%”, disse.

DSC_0111

Luiz Cortez toma conta dos recicláveis

Reciclagem – A preocupação da padaria com o meio ambiente não se restringe à economia de água. O estabelcimento tem também uma área de descarte de resíduos recicláveis bem limpa e organizada.

Todo material é separado e fica em gaiolas suspensas enquanto não é vendido ou doado. Cada gaiola tem um tipo de produto: papelão, alumínio, plástico, vidros. A ideia foi do manobrista Luiz Cortez, de 54 anos, que também se incumbiu de fazer a separação dos materiais e dar a destinação correta a eles.
“Valorizo todas essas ações porque sei que estou fazendo a minha parte. E são nossos filhos que vão colher o que estamos plantando hoje”, diz Queiroz.

ImprimirGerar PDFEnvie para um amigo

NOTÍCIAS

Gestão de resíduos sólidos de Santo André é destaque em guia internacional para cidades sustentáveis

07/12/2022: Gestão de resíduos sólidos de Santo André é destaque em guia internacional para cidades sustentáveis

6 de dezembro de 2022 – A gestão de resíduos sólidos de Santo André obteve mais um reconhecimento por práticas inovadores e sustentáveis, que transformam a vida da população. A CAF (Banco de Desenvolvimento da América Latina) menciona obras e ações socioambientais desenvolvidas no município no ‘Guia para cidades mais saudáveis – princípios e instrumentos para promover a saúde através do planejamento e gestão urbana’, documento elaborado pela instituição financeira com o objetivo de retratar boas ideias e soluções...

Campanha de sensibilização sobre descarte correto e vandalismo em lixeiras públicas ganha ruas de Santo André

01/12/2022: Campanha de sensibilização sobre descarte correto e vandalismo em lixeiras públicas ganha ruas de Santo André

Ação do Semasa também tem abordagem educativa nas redes sociais Santo André, 1º de dezembro de 2022 – Quem anda pelas ruas de Santo André e precisa descartar algum resíduo tem a certeza de que em seu caminho encontrará uma ‘amarelinha’ para jogar o lixo. As lixeiras públicas, também conhecidas como papeleiras, são equipamentos fundamentais que garantem uma cidade mais limpa. O problema é que estes dispositivos são constantemente alvos de vandalismo e depredação, especialmente no fim do ano...

Semasa tem vagas abertas para oportunidades de estágio

30/11/2022: Semasa tem vagas abertas para oportunidades de estágio

Para início imediato, há disponibilidade aos estudantes dos cursos de gestão ambiental, direito, jornalismo e engenharia ambiental Santo André, 30 de novembro de 2022 – O Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André), por meio do CIEE (Centro de Integração Empresa Escola), está com diversas vagas abertas de estágio. No total, são 11 áreas de atuação disponíveis: administração de empresas, arquitetura, pedagogia, biologia, ciências sociais, economia, engenharia civil, além de gestão ambiental, direito, engenharia ambiental e jornalismo...

Prefeitura inicia construção de  segundo ecoponto no Jardim Santo André

25/11/2022: Prefeitura inicia construção de segundo ecoponto no Jardim Santo André

Santo André, 25 de novembro de 2022 – A Prefeitura de Santo André, por meio da Secretaria de Manutenção e Serviços Urbanos, está construindo mais um ecoponto no Jardim Santo André. O bairro é um dos que mais sofrem com descarte irregular de resíduos, o que agrava problemas de enchentes, alagamentos e a poluição do meio ambiente. As obras ocorrem na Rua da Visão e a nova unidade será batizada de Estação de Coleta Jardim Santo André. Com a...