12/11/2014 Gestão de qualidade é desafio para órgãos de saneamento

Santo André, 12 de novembro – No último dia do 8º Seminário de Tecnologia em Saneamento Ambiental, realizado em Santo André desde segunda-feira (10), o painel final abordou a importância do sistema de gestão da qualidade nos serviços de saneamento básico e seus desafios, demonstrando a prática do processo em três municípios distintos: Santo André, Campinas e Penápolis. 

No caso de Santo André, a encarregada de Gestão de Qualidade do Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André (Semasa), Isabel Cristina de Sousa, comentou sobre os instrumentos de gestão, o modo como foram implantados e os benefícios que o sistema tem gerado à autarquia. De acordo com Isabel, o desafio do processo é a busca pela melhora contínua dentro do órgão, com o objetivo de fazer com que o cliente esteja satisfeito.

“A implantação de um sistema traz benefícios para qualquer instituição. Ter a certificação (ISO 9000) é um benefício para a organização e também para a cidade. O serviço de atendimento ao usuário foi o setor em que mais sentimos os benefícios. A ISO melhorou todos os processos e completará 18 anos em 2014. É como costumo dizer: qualidade é feita todos os dias, por todos nós”, comenta Isabel.

Já a diretora – presidente do Departamento Autônomo de Água e Saneamento de Penápolis (DAEP), Silvia Maymi Shinkai de Oliveira, ressaltou que o maior desafio ao fazer a implantação do sistema de gestão de qualidade é administrar as pessoas. “Esse tipo de administração precisa quebrar paradigmas em prol de motivar a equipe em busca da melhora constante. Além disso, o sistema permite que o órgão tenha um norte, de curto, médio e longo prazo”, explicou Maymi.

Para o representante da Sociedade de Abastecimento de Água e Saneamento de Campinas (Sanasa), Alessandro Siqueira Tetzner, para que todo o processo saia do papel, os departamentos, assim como a alta direção, precisam concordar com o que será executado e também contribuir com a implantação. “O sistema de gestão é como uma corrente, que só é forte se todos os elos estiverem conectados”, falou Siqueira.

Os três debatedores deixaram claro quais são os passos para que o sistema funcione: comunicar a todo mundo que está dentro da empresa; fazer os controles de documentos, de produtos não conformes e ações; adotar indicadores de desempenho e procurar melhorá-los; e agir com transparência na gestão dos serviços públicos sempre com o objetivo de satisfazer o consumidor.
O 8º Seminário de Tecnologia em Saneamento Ambiental, promovido pela Associação Nacional dos Serviços Municipais de Saneamento (Assemae), em parceria com o Semasa, ocorreu entre os dias 10 a 12 de novembro, e teve como tema central Segurança Hídrica e a Gestão de Serviços de Saneamento Básico em São Paulo.

ImprimirGerar PDFEnvie para um amigo

NOTÍCIAS

Gestão de resíduos sólidos de Santo André é destaque em guia internacional para cidades sustentáveis

07/12/2022: Gestão de resíduos sólidos de Santo André é destaque em guia internacional para cidades sustentáveis

6 de dezembro de 2022 – A gestão de resíduos sólidos de Santo André obteve mais um reconhecimento por práticas inovadores e sustentáveis, que transformam a vida da população. A CAF (Banco de Desenvolvimento da América Latina) menciona obras e ações socioambientais desenvolvidas no município no ‘Guia para cidades mais saudáveis – princípios e instrumentos para promover a saúde através do planejamento e gestão urbana’, documento elaborado pela instituição financeira com o objetivo de retratar boas ideias e soluções...

Campanha de sensibilização sobre descarte correto e vandalismo em lixeiras públicas ganha ruas de Santo André

01/12/2022: Campanha de sensibilização sobre descarte correto e vandalismo em lixeiras públicas ganha ruas de Santo André

Ação do Semasa também tem abordagem educativa nas redes sociais Santo André, 1º de dezembro de 2022 – Quem anda pelas ruas de Santo André e precisa descartar algum resíduo tem a certeza de que em seu caminho encontrará uma ‘amarelinha’ para jogar o lixo. As lixeiras públicas, também conhecidas como papeleiras, são equipamentos fundamentais que garantem uma cidade mais limpa. O problema é que estes dispositivos são constantemente alvos de vandalismo e depredação, especialmente no fim do ano...

Semasa tem vagas abertas para oportunidades de estágio

30/11/2022: Semasa tem vagas abertas para oportunidades de estágio

Para início imediato, há disponibilidade aos estudantes dos cursos de gestão ambiental, direito, jornalismo e engenharia ambiental Santo André, 30 de novembro de 2022 – O Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André), por meio do CIEE (Centro de Integração Empresa Escola), está com diversas vagas abertas de estágio. No total, são 11 áreas de atuação disponíveis: administração de empresas, arquitetura, pedagogia, biologia, ciências sociais, economia, engenharia civil, além de gestão ambiental, direito, engenharia ambiental e jornalismo...

Prefeitura inicia construção de  segundo ecoponto no Jardim Santo André

25/11/2022: Prefeitura inicia construção de segundo ecoponto no Jardim Santo André

Santo André, 25 de novembro de 2022 – A Prefeitura de Santo André, por meio da Secretaria de Manutenção e Serviços Urbanos, está construindo mais um ecoponto no Jardim Santo André. O bairro é um dos que mais sofrem com descarte irregular de resíduos, o que agrava problemas de enchentes, alagamentos e a poluição do meio ambiente. As obras ocorrem na Rua da Visão e a nova unidade será batizada de Estação de Coleta Jardim Santo André. Com a...