22/10/2014 Semasa realizará diagnóstico sobre catadores de recicláveis em Santo André

Santo André, 15 de outubro de 2014 – Após a assinatura do termo de convênio com as cooperativas Coop Cidade Limpa (Cooperativa de Trabalho dos Coletores de Resíduos e Limpeza Urbana de Santo André) e Coopcicla (Cooperativa de Reciclagem de Santo André), para reciclagem de resíduos sólidos da coleta seletiva urbana de Santo André, o Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) realizará diagnóstico do número de catadores de recicláveis na cidade.

O estudo irá descrever, com auxílio de uma pesquisa de campo, o panorama dos catadores de Santo André, para possibilitar a atuação integrada de diversos setores da Administração Municipal na promoção de políticas públicas que busquem a qualificação do trabalho, economia solidária e organização de rede de comercialização entre os catadores organizados em cooperativas e associações, bem como os catadores individuais. Após o resultado, o objetivo é que estes catadores se integrem a uma das cooperativas existentes e/ou fomentem a criação de outras cooperativas.

“O contingente de pessoas inseridas em atividades informais, dentre as quais a de coleta de materiais recicláveis, representa expressivo percentual das atividades econômicas do país, principalmente nos centros urbanos”, afirma o superintendente do Semasa, Sebastião Ney Vaz Jr..

De acordo com o diretor do Departamento de Resíduos Sólidos do Semasa, Edi Ferreira dos Santos, “cabe ao poder público implantar a Política Nacional de Resíduos Sólidos por meio de Plano de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos que busque a inserção dos catadores formalizados ou não no sistema de coleta seletiva realizado pelo município”.

Diagnóstico de 2006 – O último diagnóstico do tipo feito em Santo André aconteceu em 2006 e foi realizado pela Fundação Santo André e pela Rede Mercocidades. Na época, foi estimada uma população de 1.933 catadores na cidade, sendo 83% homens, 63% entre 34 e 57 anos. A maioria (78%) trabalhava como catador por causa do desemprego, morava em Santo André (82%) e havia cursado pelo menos as duas primeiras séries do ensino fundamental (87,5%). Quanto às condições de moradia, 12% eram moradores de rua e 57,4% tinham casa própria. Apenas 46,7% declaravam ter companheiro e 65% afirmavam não ter filhos. Com relação ao material coletado, a maioria (73,2%) coletava papel, papelão, plásticos e metais.

Galpões – A partir de 2015, as duas cooperativas que assinam o convênio com o Semasa hoje poderão trabalhar nos novos galpões dentro do Aterro Sanitário. O Semasa está investindo cerca de R$ 980 mil nos novos espaços, garantindo infraestrutura adequada para o trabalho dos cooperados. Os galpões terão esteiras elevadas, prensas, balanças, empilhadeiras e carrinhos para transporte de resíduos recicláveis. Estas melhorias permitirão assegurar a eficiência do trabalho, com aumento de renda e da qualidade de vida dos cooperados.

No início de 2013, as duas cooperativas triavam juntas 2,5% de material reciclável recolhido em Santo André. No final do mesmo ano este percentual saltou para 5% e, em 2014, chegou a 8%. A meta é alcançar 20% nos próximos anos, ampliando significativamente os benefícios socioambientais para Santo André.

Campanha – A autarquia também lançará, em breve, uma nova campanha de sensibilização da população em relação à importância de separar os resíduos recicláveis e destiná-los corretamente à coleta seletiva do município.

O Semasa é pioneiro na coleta seletiva, com a implantação do serviço em 1997, e vem ao longo dos anos promovendo a destinação ambientalmente correta dos materiais recicláveis propiciando o seu retorno à cadeia produtiva e evitando o aterramento, o que aumenta a vida útil do aterro sanitário, melhora a qualidade de vida da população e gera trabalho e renda às cooperativas.

ImprimirGerar PDFEnvie para um amigo

NOTÍCIAS

Fiscalização Ambiental do Semasa interrompe evento com música ao vivo e aglomeração no Parque Miami

25/07/2021: Fiscalização Ambiental do Semasa interrompe evento com música ao vivo e aglomeração no Parque Miami

Ação em conjunto com a Polícia Militar e GCM também rendeu multa ao proprietário e apreensão dos equipamentos Santo André, 25 de julho de 2021 – A equipe de Fiscalização Ambiental do Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André), com apoio da Guarda Civil Municipal e Polícia Militar, flagrou na madrugada deste domingo (25) um bar no Parque Miami, que realizava evento com música ao vivo e aglomeração de mais de 100 pessoas, todas sem máscara. A...

Semasa autua em flagrante infrator que descartava terra e entulho em área de proteção ambiental

22/07/2021: Semasa autua em flagrante infrator que descartava terra e entulho em área de proteção ambiental

Crime ambiental ocorreu no Recreio da Borda do Campo e o responsável também teve o veículo apreendido. GCM apoiou a ação  Santo André, 22 de julho de 2021 – A equipe de Fiscalização Ambiental do Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) flagrou na noite desta quarta-feira (21) um caminhão que realizava continuamente descartes de terra e entulho em uma área pública de preservação permanente no Recreio da Borda do Campo, que havia sido invadida no início...

Infrator remove resíduos descartados em área pública e terá de participar de operações de limpeza

21/07/2021: Infrator remove resíduos descartados em área pública e terá de participar de operações de limpeza

Motorista de caminhão jogou irregularmente cerca de 18 toneladas de entulho às margens do córrego dos Meninos, em Santo André Santo André, 21 de julho de 2021 – Um motorista que foi pego em flagrante jogando cerca de 18 toneladas de entulho na avenida Lauro Gomes, na Vila Sacadura Cabral, efetuou a limpeza do local na tarde desta terça-feira (20). O Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) também exigirá que o responsável participe semanalmente de operações...

Reciclagem de óleo de cozinha é importante para o meio ambiente

19/07/2021: Reciclagem de óleo de cozinha é importante para o meio ambiente

Semasa recebe óleo usado em todas as Estações de Coleta de Santo André Santo André, 19 de julho de 2021 – Para garantir um destino ambiental correto ao óleo de cozinha usado, o Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) coleta este tipo de resíduo em todos os ecopontos da cidade, desde 2008. Atualmente, a autarquia recebe – em média – 1.067 kg de óleo mensalmente que são destinados à reciclagem e transformados em sabão ecológico. Qualquer...