24/06/2014 Semasa recebe permissão do Consema para realizar licenciamento ambiental

Até então, autarquia dependia de convênio com a Cetesb

 

Santo André, 24 de junho de 2014 – O Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) já está autorizado a conceder licenciamento ambiental para atividades e obras que causem impacto local, seja ele alto, médio ou baixo.  No dia 2 de junho, Santo André foi reconhecida como apta pelo Consema (Conselho Estadual do Meio Ambiente) para licenciar atividades de alto impacto. Como em 2003, a cidade é pioneira no licenciamento ambiental, obtendo junto com São Bernardo o primeiro documento de aptidão perante o Consema.

 

Até então, Santo André precisava de um convênio com a Cetesb (Companhia Ambiental do Estado de São Paulo) para fazer o licenciamento ambiental. Com a mudança, a cidade passa a ter autonomia de licenciamento ambiental para obras de transporte, como terminais rodoviários, corredores de ônibus e helipontos; obras hidráulicas, como adutoras e reservatórios de controle de cheias; e de turismo, como parques temáticos; além de hotéis, motéis e até linhas de transmissão. Também passa a ser atribuição do Semasa o licenciamento de mais de 100 tipos de atividades industriais.

 

Na análise, o Semasa deve levar em conta a natureza, o porte e o potencial poluidor do empreendimento. Tais empreendimentos devem ter área construída inferior a 10 mil m². O licenciamento de obras acima deste tamanho continua a ser uma atribuição da Cetesb. Áreas contaminadas também só podem ser licenciadas pela companhia estadual.

 

Para o diretor do Departamento de Gestão Ambiental (DGA) do Semasa, Carlos Pedro Bastos, a mudança vai facilitar principalmente a vida do pequeno empreendedor, que não precisará mais solicitar a licença para a Cetesb. O município também não dependerá mais da renovação do convênio com a Cetesb para realizar o licenciamento. A proximidade do corpo técnico do Semasa com os problemas do município também deve agilizar o processo de licenciamento, na opinião da assistente técnica de licenciamento do DGA, Debora Stefanelli.

 

A Deliberação Normativa do Consema 1/2014 atende a Lei Federal 140/2011, que determina que o licenciamento ambiental de empreendimentos que provoquem impacto local compete aos municípios.

ImprimirGerar PDFEnvie para um amigo

NOTÍCIAS

Semasa realiza bate-papo virtual sobre soluções e caminhos para o turismo sustentável diante das mudanças climáticas

27/06/2022: Semasa realiza bate-papo virtual sobre soluções e caminhos para o turismo sustentável diante das mudanças climáticas

Transmissão ao vivo será pelo Youtube da autarquia na próxima terça-feira (28)   Santo André, 24 de junho de 2022 – A discussão sobre as mudanças climáticas, seus impactos aos ecossistemas e à saúde pública, bem como a análise das vulnerabilidades socioeconômicas e ambientais é uma temática cada vez mais necessária ao planejamento público para as cidades. Neste sentido, o Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André), por meio da Gerência de Educação e Mobilização Ambiental, realiza...

Fim de semana tem Arraiá no Parque do Pedroso e atividade de educação ambiental para crianças no Parque Ipiranguinha

23/06/2022: Fim de semana tem Arraiá no Parque do Pedroso e atividade de educação ambiental para crianças no Parque Ipiranguinha

Ações do Semasa integram a agenda em celebração ao Junho Verde   Santo André, 23 de junho de 2022 – Para agitar o próximo final de semana (dias 25 e 26/6), o Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) promove a primeira edição do Arraiá do Parque do Pedroso – no sábado e no domingo. Além disso, também no sábado, o Parque do Ipiranguinha recebe a atividade de educação ambiental para crianças “Vivenciando a nossa cidade”.  ...

Inscrições para o seminário ‘Um olhar integrado sobre os catadores de materiais recicláveis’

22/06/2022: Inscrições para o seminário ‘Um olhar integrado sobre os catadores de materiais recicláveis’

O seminário ‘Um olhar  integrado sobre os catadores de materiais recicláveis’, realizado no dia 30 de junho, no anfiteatro Heleny Guariba,  discutirá a importância da inserção dos catadores de materiais recicláveis na gestão de resíduos sólidos, bem como políticas públicas para esses trabalhadores, a partir das necessidades observadas no mapeamento realizado pelo Semasa. Serão quatro mesas com profissionais de diversos setores, como gestores públicos, técnicos, instituições acadêmicas, cooperativas, organizações sociais e o setor empresarial. Saiba mais e inscreva-se em...

Semasa oferece minicurso gratuito sobre fotografia e educação ambiental

22/06/2022: Semasa oferece minicurso gratuito sobre fotografia e educação ambiental

  Atividade inédita é totalmente gratuita e com direito a certificado   Santo André, 22 de junho de 2022 – Como parte das atividades do Junho Verde, o Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André), por meio da Gerência de Educação e Mobilização Ambiental, e a Escola Livre de Cinema e Vídeo (ELCV) oferecem o minicurso inédito e gratuito sobre ‘Fotografia e suas aplicações à Educação Ambiental’. As inscrições acontecem até o dia 28 de junho.  ...