17/04/2014 Prevenção e ação integrada evitam danos das chuvas de verão

Santo André, 17 de abril de 2014 – Um total de 1.314 ocorrências, envolvendo 169 pessoas, foram atendidas pelo Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André), através da Defesa Civil, durante as últimas chuvas de verão. Oito famílias ficaram desalojadas e apenas uma precisou de abrigo.

Os números fazem parte do balanço do Plano Operação Chuvas de Verão (POCV), que começou em 1º de dezembro de 2013 e se encerrou no último dia 15.

Em relação ao período 2012/2013, quando houve 1.662 atendimentos, a queda no número de ocorrências foi de 21%. Os dados também são positivos na comparação com o número de vítimas: no período anterior, foram 618 famílias desalojadas e 22 desabrigadas.

Para a diretora do Departamento de Defesa Civil, Débora Diogo, a redução no número de atendimentos em comparação com o período anterior foi uma consequência do planejamento realizado durante 2013, das ações preventivas e da integração das equipes envolvidas, que evitaram danos maiores.

“As equipes trabalharam todos os dias de forma integrada e durante todo o ano. Também recebemos equipamentos (pluviômetros) para monitoramento das chuvas, o que ajudou nas ações preventivas, além de material para dar assistência rápida às possíveis vítimas”, disse.

Trabalho constante

A prevenção foi feita antes, mas também durante o período de chuvas. Só nos meses de dezembro, janeiro e fevereiro, mais de 686 mil m² de córregos e piscinões foram capinados e roçados e 17.735 bocas-de-lobo foram limpas. Além disso, pela primeira vez, a Defesa Civil enviou alertas de chuva via SMS para moradores interessados. Foram mais de 16.600 alertas enviados.

A Defesa Civil também realizou 274 interdições preventivas em imóveis de áreas de risco muito alto, apontados em análise do IPT (Instituto de Pesquisas Tecnológicas). Desses, a Prefeitura já removeu 162 famílias, que estão recebendo aluguel social até que os projetos habitacionais previstos sejam realizados para atendê-las.

Isenção facilitada

Para facilitar a vida de quem teve o imóvel atingido por um alagamento, Prefeitura e Semasa também adotaram um requerimento único para solicitar desconto na conta de água e isenção de IPTU. Tais direitos já eram garantidos por lei municipal, mas as vítimas tinham de fazer o pedido com solicitações e lugares diferentes. O requerimento único atendeu a uma solicitação de moradores de áreas suscetíveis às inundações.

Janeiro chuvoso

Das ocorrências atendidas, 634 (48%) foram em janeiro, principalmente em decorrência de inundações, com 108 pessoas assistidas (64% do total do período).  Janeiro foi o mês que registrou o maior índice acumulado de chuvas na região (367,2 mm), mas uma tempestade no dia 28 dezembro também provocou inundação na Vila América e alagamento na Vila Palmares.

Deslizamentos e desabamentos também ocorreram em janeiro no Jardim Cipreste e no Jardim Santo André.A família desabrigada foi levada ao Cesa Cata Preta, onde ficou por dois dias.

Em março e abril também ocorreram mais chuvas que em anos anteriores, mas fevereiro foi mais seco e quente em comparação ao ano anterior.

Assistência Humanitária

Das 169 pessoas assistidas durante todo POCV, a maior parte é moradora da comunidade Maurício de Medeiros (81) e da Vila América (61). Foram entregues às famílias desalojadas pelas chuvas 34 cestas básicas, 86 colchões e 57 cobertores, além de lençóis e kits de limpeza e de higiene pessoal.

ImprimirGerar PDFEnvie para um amigo

NOTÍCIAS

CAF abre chamamento internacional para contratação de projetos executivos de obras antienchente em Santo André

11/05/2021: CAF abre chamamento internacional para contratação de projetos executivos de obras antienchente em Santo André

Banco internacional financiará estudos de canalização dos córregos Taióca e Maurício de Medeiros, além de outras intervenções; verba investida não precisará ser devolvida pelo município Santo André, 11 de maio de 2021 – A  CAF (Banco de Desenvolvimento da América Latina) abriu chamamento internacional para a contratação de projetos executivos de obras de drenagem e controle de enchentes na região dos córregos Maurício de Medeiros (Jardim Irene), Taióca (próximo ao Parque Estadual da Chácara Baronesa, na divisa com São Bernardo do...

Parquedo Pedroso vai ganhar wi-fi e câmeras de monitoramento

10/05/2021: Parquedo Pedroso vai ganhar wi-fi e câmeras de monitoramento

Melhorias fazem parte do pacote de compensação ambiental que a área verde tem recebido Santo André, 10 de maio de 2021 – O Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) inicia este mês serviços e obras para implantação de wi-fi e câmeras de monitoramento no Parque Natural do Pedroso.Os novos serviços fazem parte do pacote de melhorias que a área verde tem recebido desde o ano passado, por meio de compensação ambiental, e integram o plano de...

Superintendente do Semasa e assessor do prefeito Paulo Serra visitam Aterro Sanitário

06/05/2021: Superintendente do Semasa e assessor do prefeito Paulo Serra visitam Aterro Sanitário

Durante a vistoria, também foi possível acompanhar o trabalho das cooperativas de reciclagem Santo André, 6 de maio de 2021 – O superintendente do Semasa, Gilvan Junior, e o assessor especial do prefeito, João Veríssimo Fernandes, visitaram na tarde desta quinta-feira (6) o Aterro Sanitário Municipal de Santo André. Acompanhando de outros assessores da autarquia, o grupo foi recebido pelo diretor de resíduos sólidos, Ednilson Ferreira dos Santos, e pelo gerente do aterro, Eudes Farina Grandolpho. O Aterro Sanitário...

Curso on-line do Semasa discute a relação entre a tecnologia e o meio ambiente

05/05/2021: Curso on-line do Semasa discute a relação entre a tecnologia e o meio ambiente

Iniciativa abordará quais são as alternativas de tecnologias ambientais sustentáveis diante do esgotamento de recursos naturais Santo André, 5 de maio de 2021 – Para discutir mais sobre os caminhos e a relação entre a tecnologia e o meio ambiente, a Educação Ambiental do Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) oferece em maio o minicurso on-line ‘Tecnologia e Meio Ambiente: uma relação possível?’. A formação faz parte do Programa Sensibilizando Olhares, Compartilhando Saberes e integra também...