17/04/2014 Prevenção e ação integrada evitam danos das chuvas de verão

Santo André, 17 de abril de 2014 – Um total de 1.314 ocorrências, envolvendo 169 pessoas, foram atendidas pelo Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André), através da Defesa Civil, durante as últimas chuvas de verão. Oito famílias ficaram desalojadas e apenas uma precisou de abrigo.

Os números fazem parte do balanço do Plano Operação Chuvas de Verão (POCV), que começou em 1º de dezembro de 2013 e se encerrou no último dia 15.

Em relação ao período 2012/2013, quando houve 1.662 atendimentos, a queda no número de ocorrências foi de 21%. Os dados também são positivos na comparação com o número de vítimas: no período anterior, foram 618 famílias desalojadas e 22 desabrigadas.

Para a diretora do Departamento de Defesa Civil, Débora Diogo, a redução no número de atendimentos em comparação com o período anterior foi uma consequência do planejamento realizado durante 2013, das ações preventivas e da integração das equipes envolvidas, que evitaram danos maiores.

“As equipes trabalharam todos os dias de forma integrada e durante todo o ano. Também recebemos equipamentos (pluviômetros) para monitoramento das chuvas, o que ajudou nas ações preventivas, além de material para dar assistência rápida às possíveis vítimas”, disse.

Trabalho constante

A prevenção foi feita antes, mas também durante o período de chuvas. Só nos meses de dezembro, janeiro e fevereiro, mais de 686 mil m² de córregos e piscinões foram capinados e roçados e 17.735 bocas-de-lobo foram limpas. Além disso, pela primeira vez, a Defesa Civil enviou alertas de chuva via SMS para moradores interessados. Foram mais de 16.600 alertas enviados.

A Defesa Civil também realizou 274 interdições preventivas em imóveis de áreas de risco muito alto, apontados em análise do IPT (Instituto de Pesquisas Tecnológicas). Desses, a Prefeitura já removeu 162 famílias, que estão recebendo aluguel social até que os projetos habitacionais previstos sejam realizados para atendê-las.

Isenção facilitada

Para facilitar a vida de quem teve o imóvel atingido por um alagamento, Prefeitura e Semasa também adotaram um requerimento único para solicitar desconto na conta de água e isenção de IPTU. Tais direitos já eram garantidos por lei municipal, mas as vítimas tinham de fazer o pedido com solicitações e lugares diferentes. O requerimento único atendeu a uma solicitação de moradores de áreas suscetíveis às inundações.

Janeiro chuvoso

Das ocorrências atendidas, 634 (48%) foram em janeiro, principalmente em decorrência de inundações, com 108 pessoas assistidas (64% do total do período).  Janeiro foi o mês que registrou o maior índice acumulado de chuvas na região (367,2 mm), mas uma tempestade no dia 28 dezembro também provocou inundação na Vila América e alagamento na Vila Palmares.

Deslizamentos e desabamentos também ocorreram em janeiro no Jardim Cipreste e no Jardim Santo André.A família desabrigada foi levada ao Cesa Cata Preta, onde ficou por dois dias.

Em março e abril também ocorreram mais chuvas que em anos anteriores, mas fevereiro foi mais seco e quente em comparação ao ano anterior.

Assistência Humanitária

Das 169 pessoas assistidas durante todo POCV, a maior parte é moradora da comunidade Maurício de Medeiros (81) e da Vila América (61). Foram entregues às famílias desalojadas pelas chuvas 34 cestas básicas, 86 colchões e 57 cobertores, além de lençóis e kits de limpeza e de higiene pessoal.

ImprimirGerar PDFEnvie para um amigo

NOTÍCIAS

Moeda Verde e Moeda Pet chegam às comunidades Lamartine, Eucaliptos e Vila Sá

23/01/2023: Moeda Verde e Moeda Pet chegam às comunidades Lamartine, Eucaliptos e Vila Sá

Trocas conjuntas ocorrerão a cada dois meses Santo André, 23 de janeiro de 2023 – Como parte do processo de expansão do Moeda Pet, nos próximos dias 25 (quarta-feira), 26 (quinta-feira) e 31/1 (terça-feira), a Prefeitura de Santo André, em parceria com o Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André), inicia as trocas conjuntas do Moeda Verde e Moeda Pet nos núcleos Lamartine, Eucaliptos e Vila Sá – respectivamente. Nestes locais, o Moeda Verde já acontece regularmente,...

Semasa retoma visitas ao Aterro Sanitário de Santo André

19/01/2023: Semasa retoma visitas ao Aterro Sanitário de Santo André

Agenda está aberta para todos os segmentos da sociedade Santo André, 19 de janeiro de 2023 – Um dos principais equipamentos de sensibilização ambiental sobre temáticas de resíduos sólidos, o Aterro Sanitário de Santo André retomou a agenda de 2023 para visitas monitoradas ao espaço. Administrado pelo Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André), o complexo do Centro de Tratamento de Resíduos abriga as cooperativas de reciclagem, o ecoponto especial para recolhimento de pneus, as lagoas de...

Comunidades Tamarutaca e Pintassilva recebem Moeda Pet e Moeda Verde nesta semana

16/01/2023: Comunidades Tamarutaca e Pintassilva recebem Moeda Pet e Moeda Verde nesta semana

Primeira ação conjunta nesses locais ocorrem, respectivamente, nos dias 18 e 20 de janeiro, das 13h30 às 14h30 Santo André, 16 de janeiro de 2022 – A Prefeitura de Santo André, com o apoio do Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André), segue levando o programa Moeda Pet para mais locais, com o objetivo de ampliar o número de famílias que têm a oportunidade de trocar garrafas PET por ração para cães e gatos.   Nesta quarta-feira...

Homem é preso por vandalismo e furto em ecoponto de Santo André

11/01/2023: Homem é preso por vandalismo e furto em ecoponto de Santo André

Indivíduo foi pego em flagrante na madrugada desta quarta na Estação de Coleta Ana Maria   Santo André, 11 de janeiro de 2023 – Um homem foi preso em flagrante pela PM (Polícia Militar) cometendo vandalismo e furto na Estação de Coleta Ana Maria, localizada na Avenida Cândido Camargo, no Jardim Ana Maria, em Santo André. O crime contra o patrimônio público ocorreu durante a madrugada desta quarta-feira (11) e o responsável foi conduzido à delegacia, onde foi lavrado...