26/03/2014 Reabertura do Aterro traz economia de R$ 12 milhões a Santo André

Voltar a destinar 100% de resíduos domiciliares gerados na cidade para o Aterro Municipal era um dos 17 desafios do Governo Carlos Grana

 

Santo André, 17 de março de 2014 – Após seis anos fechado e cinco meses em obras, o Aterro Municipal de Santo André, em Cidade São Jorge, volta a operar com 100% de sua capacidade, recebendo todo lixo domiciliar produzido pela cidade.

 

O Semasa recebeu na última semana da Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental (Cetesb) a Licença de Operação (LO) do local. Com a LO, Santo André passa a ser a única cidade da região a coletar e dar destinação final na própria área do município a 100% do lixo gerado por seus moradores.

 

Medida prevista entre os 17 desafios estabelecidos pelo Plano Plurianual (PPA) Participativo do prefeito Carlos Grana, a destinação de 100% do lixo de Santo André ao Aterro, agora cumprida, também traz uma economia de R$ 12 milhões por ano à cidade, dinheiro até então gasto para destinar a maior parte do lixo da cidade para um aterro privado em Mauá.

 

Desde 2012, o Aterro Municipal só recebe cerca de 8% do lixo andreense, ou 60 das 750 toneladas geradas diariamente pelos moradores da cidade. Antes disso, entre 2010 e 2011, o espaço chegou a ficar interditado por nove meses, por receber resíduos além da capacidade permitida pela Cetesb. Ele estava há quatro anos com sua capacidade esgotada.

 

Em 2013, após a obtenção da Licença de Instalação junto à Cetesb, o Semasa iniciou as obras de ampliação. O projeto prevê que a área poderá ter uma ampliação total de 40 mil m² e foi dividido em duas etapas. A primeira delas é a que está concluída agora, com 12 mil m² prontos para receber os resíduos sólidos.  Este espaço dá ao Aterro de Santo André mais três anos de vida útil, tempo que pode ser ampliado para seis anos caso aumente a adesão da população à coleta seletiva do lixo.

 

A intervenção na segunda etapa da ampliação se dará paralelamente à operação da primeira etapa. O cronograma de obras será finalizado e apresentado à Cetesb.  As duas fases de operação darão uma vida útil total de até nove anos ao aterro. Após a conclusão de todo projeto de ampliação, o aterro terá aumento de 18,5% em relação à sua área atual, de 217 mil m².

 

Sobre o Semasa

O Serviço Municipal de Saneamento Ambiental (Semasa) é uma autarquia criada em 1969 para cuidar do fornecimento de água e coleta de esgoto em Santo André. A partir de 1997, se torna o primeiro do país a adotar o modelo de saneamento ambiental a integrar todas as dimensões de saneamento: água, esgoto, drenagem urbana, gestão de resíduos sólidos, gestão ambiental e gestão de riscos ambientais, por meio da Defesa Civil. A integração dos serviços agilizou e qualificou as ações da autarquia, além de permitir a articulação estratégica com a Política Municipal de Gestão e Saneamento Ambiental. Os serviços prestados pelo Semasa têm o certificado NBR ISO 9001/2008.

 

A respeito de Santo André

O município foi fundado oficialmente em 8 de abril de 1553. Com área de 174,38 km², está localizado no Grande ABC (Região Metropolitana de São Paulo), distante 18 km da Capital. A cidade é estratégica para o setor logístico, pois está inserida no principal polo econômico brasileiro, próxima a algumas das principais rodovias estaduais e federais, as quais dão acesso ao Porto de Santos e aos aeroportos de Cumbica e de Congonhas. Conforme último censo, divulgado em 2011, Santo André possui 678.486 habitantes. No mesmo ano, o PIB (Produto Interno Bruto) foi de R$ 16,9 bilhões, sendo o 29º maior do País e o 10º maior entre as cidades do Estado de São Paulo. O orçamento de 2014 é de R$ 3,2 bilhões.

 

Coordenadoria de Comunicação Social

Semasa – Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André

Telefones: 4433-9959 / 9659

 

ImprimirGerar PDFEnvie para um amigo

NOTÍCIAS

Santo André estreia Moeda Verde Itinerante para beneficiar novas comunidades

24/09/2022: Santo André estreia Moeda Verde Itinerante para beneficiar novas comunidades

Jardim Utinga recebeu neste sábado novo modelo da ação realizada pelo Fundo Social de Solidariedade e Semasa   Santo André, 24 de setembro de 2022 – Principal política pública socioambiental de Santo André, o programa Moeda Verde começou a ser realizado em um novo formato neste sábado (24) para fazer com que mais pessoas possam trocar recicláveis por frutas, legumes e verduras, ampliando a segurança alimentar e a reciclagem, ao mesmo tempo em que contribui para a limpeza da...

ProAr vistoria e aprova 98% da frota municipal de ônibus

21/09/2022: ProAr vistoria e aprova 98% da frota municipal de ônibus

Emissões dos veículos foram aferidas pelo Semasa Santo André, 21 de setembro de 2022 – As aferições do ProAr (Programa de Qualidade do Ar) realizadas nos ônibus que compõem a frota pública municipal chegaram ao fim e aprovaram 98% dos veículos em atividade. Os agentes da Fiscalização Ambiental do Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) vistoriaram 311 ônibus, sendo que 307 receberam o selo de aprovação, o que significa que as emissões estavam dentro dos padrões...

Doações nas Estações de Coleta de Santo André ultrapassam 95 mil itens no primeiro semestre

20/09/2022: Doações nas Estações de Coleta de Santo André ultrapassam 95 mil itens no primeiro semestre

Volume é 70% superior ao mesmo período de 2021 e demonstra o espírito de solidariedade da cidade Santo André, 20 de setembro de 2022 – Os andreenses seguem engajados em espalhar o bem e ajudar quem mais precisa. Demonstração disso é que as doações recebidas nas Estações de Coleta do Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) subiram 70% neste primeiro semestre de 2022, na comparação com o mesmo período do ano passado, com mais de 95...

Semasa inicia operação de Estações de Coleta nos bairros Jardim Ana Maria, Jardim e Bangu

12/09/2022: Semasa inicia operação de Estações de Coleta nos bairros Jardim Ana Maria, Jardim e Bangu

Novos equipamentos foram abertos nesta segunda-feira, com horário de funcionamento das 9h às 17h Santo André, 12 de setembro de 2022 – A partir desta segunda-feira (12), os moradores dos bairros Jardim Ana Maria, Jardim e Bangu podem fazer uso das novas Estações de Coleta que foram construídas para ampliar a reciclagem e o descarte correto de diversos tipos de materiais. O engenheiro aposentado Dario Tartarin, de 66 anos, foi o primeiro a utilizar a Estação de Coleta Bangu....